Estado

Governo do Espírito Santo realiza curso inédito de Análise Criminal

Publicados

em


O Governo do Espírito Santo vai realizar o primeiro curso de Análise Criminal do Estado. A formação será direcionada aos agentes de segurança pública e tem o objetivo de transformar a análise de dados e estatísticas em ferramenta operacional, de forma a contribuir para a tomada de decisão e gestão das atividades policiais. A aula inaugural acontece, nesta quinta-feira (14), e contará com a participação dos secretários de Estado da Segurança Pública, Alexandre Ramalho, e de Economia Planejamento, Álvaro Duboc.

A iniciativa do curso partiu do Observatório da Segurança Cidadã (OSC/ES), no âmbito do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, e prevê a formação de 50 analistas criminais em sua primeira edição. As vagas foram preenchidas por policiais civis e militares das Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) e das Regiões Integradas de Segurança Pública (RISP) do Estado.

Segundo a coordenadora do OSC/ES, Bárbara Caballero, os policiais serão capacitados para trabalhar com informações sobre crimes, como os tipos de delitos, dias, horários e locais de maior ocorrência. O resultado na análise criminal poderá ajudar o Governo na adoção de políticas públicas ainda mais eficientes no campo da segurança.

“O curso oferece instrumentais teóricos e práticos para a construção do conhecimento na segurança pública. Os alunos aprenderão noções de estatística e interpretação de dados, permitindo a análise e o cruzamentos de informações. Isso trará um ganho significativo no campo estratégico de combate à violência no Estado”, afirmou a coordenadora.

Leia Também:  Vice-governadora participa do Congresso de Artesãos Capixabas em Guarapari

Para o diretor-presidente do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), Daniel Cerqueira, a iniciativa vem se somar aos esforços de inteligência já implantados no âmbito do Programa Estado Presente em Defesa da Vida.

“A experiência nos ensina que, na segurança pública, não existe um modelo acabado. Uma política na área de segurança já nasce sabendo que, mais adiante, terá que sofrer alterações para que novos desafios sejam contemplados. O Poder Público tem que estar sempre em evolução. Por isso, existe sempre a necessidade de se aprimorar as ferramentas e as políticas. A reinvenção deve estar presente”, explicou Daniel Cerqueira.

O curso de Análise Criminal será realizado de forma híbrida, com aulas virtuais e presenciais. Além da formação teórica, os alunos poderão conhecer de perto o Centro Integrado Operacional de Defesa Social (CIODES), localizado na Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SESP); e a Central de Teleflagrante e o Centro de Inteligência e Análise Telemática (CIAT), da Polícia Civil do Espírito Santo (PC-ES).

O programa será ministrado por especialistas reconhecidos nacionalmente no campo da segurança pública, como o próprio Daniel Cerqueira, que é doutor em Economia e coordenador do Atlas da Violência; a mestre em Economia pela PUC-Rio e coordenadora do OSC/ES, Bárbara Caballero; o doutor em Geografia e pesquisador do IJSN, Pablo Lira; e o professor da PUC/Minas, Lauro Soares de Freitas.

Leia Também:  Atleta de embaixadinhas realiza sonho no Kleber Andrade

A formação será semanal, com aulas às terças e às quintas-feiras, e tem previsão de término em dezembro deste ano. A intenção é de que o curso seja ofertado semestralmente, tendo como público-alvo agentes de segurança pública do Estado do Espírito Santo, como servidores da Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Guardas Municipais e demais gestores da área.

Observatório da Segurança Cidadã

O Observatório da Segurança Cidadã do Espírito Santo (OSC/ES), criado em 2019, com estrutura transversal e sob coordenação executiva do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), tem por objetivo subsidiar ações estratégicas de controle e prevenção à criminalidade, a partir de dados e informações de fontes públicas e/ou privadas. Algumas de suas competências são: contribuir com a gestão das informações, proporcionar transparência às informações obtidas, democratizar o acesso às informações e incentivar o acesso às informações.

Para conhecer o OSC/ES, acesse: http://www.ijsn.es.gov.br/observatorio-da-seguranca-cidada.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do IJSN
Eduardo Rabello
(27) 3636-8066 / 99892-5291
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Governador anuncia oferta de mais de 15 mil procedimentos oftalmológicos na região sul do Estado

Publicados

em


O governador do Estado, Renato Casagrande, esteve, neste sábado (16), nos municípios de Alegre e Marataízes, para anunciar a oferta de mais de 15 mil procedimentos oftalmológicos na região sul. A previsão é que sejam realizadas 4.056 consultas, 8.970 exames e 2.946 cirurgias nos próximos três meses, com investimento do Governo do Estado na ordem de R$ 2,57 milhões. Serão contemplados os 26 municípios que compõem a macrorregião Sul, representando aproximadamente 670 mil pessoas assistidas.

A ação faz parte do Programa Saúde Fácil, que tem o objetivo de reduzir a demanda reprimida, dando celeridade aos atendimentos especializados e descentralizando os serviços da Região Metropolitana.

Em sua fala, o governador ressaltou a importância da disponibilização dos procedimentos na área da saúde. “Estou feliz, pois esse tipo de serviço é o que mais gosto de realizar, atendendo as pessoas que mais precisam. Estamos fazendo 30 mil procedimentos oftalmológicos. Pessoas que esperavam anos por uma consulta e que não enxergavam por causa de uma simples cirurgia. Todas as cidades da região sul e do Caparaó vão poder fazer os procedimentos aqui no Alegre. Em Marataízes, também estamos iniciando os serviços para suprir a demanda reprimida de procedimentos oftalmológicos na cidade”, afirmou Casagrande.

Para colocar os procedimentos em prática, a Secretaria da Saúde (Sesa) credenciou duas empresas que atuam na área por meio dos Editais 003/2019, 003/2021 e 004/2021. A demanda será atendida nas sedes de cada instituição, sendo uma em Alegre e a outra em Marataízes. O Estado já disponibiliza serviços de oftalmologia mediante contratualização da Sesa com o Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI).

Leia Também:  Governador anuncia oferta de mais de 15 mil procedimentos oftalmológicos na região sul do Estado

De acordo com o superintendente regional da Saúde da Região Sul, José Maria Justo, a iniciativa garantirá maior conforto aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e agilizará o atendimento. “Essa contratação permite que todos os pacientes sejam atendidos na nossa região, evitando o deslocamento para locais distantes. Além disso, garantiremos resolutividade para toda carteira de oftalmologia. Com isso, incorporando, integrando e planejando uma oferta suficiente para as demandas do sul capixaba”, observou.

O prefeito de Alegre, Nemrod Emerick, o Nirrô, agradeceu por mais essa ação do Governo do Estado. “O Saúde Fácil é uma conquista que o senhor traz para Alegre. O governador escolheu Alegre para ser referência em cirurgias oftalmológicas da região sul e agradeço muito por essa escolha. Precisamos da união de todos os alegrenses para fortalecer a nossa cidade. Hoje quem ganha é todo o povo do Alegre”, declarou.

Estiveram presentes nas agendas, o senador da República, Fabiano Contarato; o deputado federal Neucimar Fraga; os deputados estaduais Vandinho Leite, Bruno Lamas, Coronel Alexandre Quintino, Emilio Mameri, Marcos Mansur e Luciano Machado; os prefeitos Cacalo (Muqui), Ninho (Dores do Rio Preto), Antônio Galhano (Bom Jesus do Norte), Dito (Muniz Freire), Tininho Batista (Marataízes), Tiago Peçanha (Itapemirim) e Dorlei Fontão (Presidente Kennedy); além de secretários municipais, vereadores e lideranças da região.

Leia Também:  Governador anuncia oferta de mais de 15 mil procedimentos oftalmológicos na região sul do Estado

Como acessar aos procedimentos

Para ter acesso aos procedimentos oftalmológicos ofertados pelo Governo do Estado na Região Sul de Saúde, o cidadão deve procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua residência para ser avaliado pelo médico, que poderá, no ato da consulta, encaminhar o paciente em conformidade com a Autorregulação Formativa Territorial (ARTF) para a especialidade pretendida. Já os pacientes que possuem a solicitação e aguardam o agendamento, serão contatados nos próximos dias e receberão mais informações sobre o seu procedimento.

A ação faz parte do “Mutirão de Cirurgias Eletivas” anunciado pelo governador Renato Casagrande e pelo secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, no mês de julho. O objetivo é reduzir a demanda reprimida ocasionada durante a pandemia do novo Coronavírus (Covid -19) e assegurar que o tempo de espera seja de acordo com a necessidade de cada paciente.

O mutirão é realizado em 26 unidades hospitalares de norte a sul do Estado, sendo 13 hospitais da rede própria e 13 hospitais contratualizados. A expectativa é que sejam feitos até dezembro deste ano 250 mil exames, 150 mil consultas e 50 mil cirurgias.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais/ Ana Cláudia dos Santos
[email protected]  

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA