Segurança

Governo do Espírito Santo lança Programa Cerco Inteligente

Publicados

em


O governador do Estado, Renato Casagrande, lançou, nesta quinta-feira (13), o Programa Cerco Inteligente, um sistema integrado de monitoramento e combate aos crimes de trânsito, ambientais, fiscais e de segurança pública. Com equipamentos de alta tecnologia que geram informações em tempo real, o Cerco Inteligente é mais uma ação do Programa Estado Presente em Defesa da Vida para garantir a segurança dos capixabas e evitar a evasão de recursos e fraudes fiscais.

A primeira fase do programa já entrou em funcionamento a partir do lançamento, nesta quinta-feira, com 17 pontos localizados na Região Metropolitana da Grande Vitória. A segunda fase será implantada nos próximos meses em todo o Estado. O Cerco Inteligente consiste em uma Plataforma Tecnológica Integrada de Monitoramento Veicular, com a finalidade de otimizar as fiscalizações fazendárias, ambientais, de trânsito e de segurança pública nas rodovias estaduais e demais vias públicas do Estado do Espírito Santo.

Durante a solenidade de lançamento do programa, realizada no Palácio Anchieta, em Vitória, o governador Renato Casagrande destacou a importância desse investimento. “A inovação vem para melhorar a vida das pessoas com a prestação de um serviço mais adequado a todos. Um investimento deste tipo dificilmente é visto em algum lugar do Brasil. Nosso desafio na segurança pública exige ações tradicionais, como a contratação de policiais, obras de infraestrutura, compra de novas viaturas, armamentos e coletes, porque não adianta falar de inovação se você não tem o básico para nossas forças de segurança atuarem. Dada essas condições adequadas de trabalho, vamos avançando nas ações inovadoras” disse.

Casagrande prosseguiu: “nós precisamos de fato ter esses instrumentos tecnológicos à nossa disposição, como, por exemplo, o Centro de Inteligência e Análise Telemática (Ciat) da Polícia Civil, criado na nossa gestão. O Cerco será muito importante, sendo uma plataforma de inteligência artificial que temos a partir de agora e que poderá ser demandada e aperfeiçoada a cada dia, fazendo com que as informações sejam processadas e, como consequência, melhoram a nossa resposta, trazendo mais segurança à toda sociedade capixaba. Segurança com relação ao crime, segurança em relação à violência nas estradas. Além disso, essas informações também vão subsidiar o trabalho fazendário e ambiental.”

O programa é composto por três módulos principais, que trabalham de maneira integrada para entregar relatórios, dashboards, ferramentas de pesquisa de imagens e vídeos, além de ferramentas de investigação. São eles: software de big data com inteligência artificial implantado no datacenter do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) – CAM/Datacenter; pontos de coleta de imagens (PCLs), com câmeras de leitura de placas de veículos; e pontos de coleta de imagens (PCLs) com câmeras de leitura de placas de veículos e balanças de pesagem em movimento (WIN).

Ao todo, são 290 pontos de fiscalização nas divisas do Estado e nas rodovias que cortam o Espírito Santo, onde estão sendo instaladas 90 balanças móveis e 1.650 câmeras. A tecnologia é desenvolvida por um consórcio de multinacionais de tecnologia.

“Esta é uma iniciativa inovadora no País, que vai integrar vários órgãos para fazer um monitoramento mais eficiente das nossas vias em várias frentes de atuação. Esse investimento em tecnologia que o Governo do Estado está fazendo vai resultar em mais segurança pública e possibilitar o acompanhamento das diversas esferas envolvidas no tráfego de veículos, como fazendária, ambiental e de controle do transporte de rochas ornamentais pelas vias do Estado, por exemplo”, afrimou o diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira.

Vieira destacou ainda que, na área de trânsito, o Cerco Inteligente também vai possibilitar, por meio de uma tecnologia avançada, o cruzamento de dados e informações fidedignas sobre estatísticas do trânsito. “O objetivo é a criação do Observatório Estadual do Trânsito, contribuindo para o planejamento de políticas públicas para um trânsito mais seguro, com menos acidentes e mortes”, acrescentou.

O sistema consiste em captar, por meio dos equipamentos instalados nas rodovias, o peso total, por eixo e por roda, de veículos que trafegam no Estado, sem a necessidade de o veículo se deslocar da via, podendo trafegar a até 100 quilômetros por hora; a placa, por meio de uma câmera de leitura; e outras características do veículo – cor, marca, modelo, velocidade, adesivos e outras marcas –, por meio de uma câmera de contexto.

A ação integrada atende às necessidades das Secretarias da Fazenda (Sefaz), do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama) e da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp); além do Detran|ES; Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo (Ipem-ES); e Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES).

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, ressaltou o uso da tecnologia como importante ferramenta de combate ao crime. “Essa entrega mostra toda a dedicação do governador Renato Casagrande em colocar o Espírito Santo no caminho mais moderno em relação à Segurança Pública. Será uma tecnologia com diversas funcionalidades, inteligente, auxiliando na elucidação e prevenção de crimes. Esses 17 aparelhos que serão testados vão nos dar uma ideia de todos os recursos que poderão ser aproveitados pelos nossos agentes de segurança. Assim é o Programa Estado Presente: reestruturando e melhorando a Segurança Pública capixaba”, declarou.

Já o secretário de Estado da Fazenda, Marcelo Altoé, explicou que a Sefaz contribuirá com o sistema enviando informações econômico/fiscais e, assim, como cada veículo que transporta mercadoria tem sua placa ligada ao respectivo transporte, por meio dos documentos fiscais de transporte, as informações desses documentos podem, desde que atendidos os critérios legais, ser fornecidas ao webservice do Cerco Inteligente e, com isso, melhorar a qualidade da informação para que o trânsito de mercadorias possa ser monitorado de maneira mais efetiva.

“O Cerco Inteligente será uma ferramenta muito importante para o Fisco Estadual, pois por meio dele conseguirá, junto com os outros órgãos, fiscalizar e monitorar o trânsito das mercadorias de forma a se evitar a evasão fiscal, a concorrência desleal, a sonegação, o contrabando e outras atividades ilegais”, pontuou Altoé.

A partir da captura das informações, os dados são enviados, simultaneamente e em tempo real, para cada Secretaria e Órgão envolvido que terão sua própria central de monitoramento, um equipamento capaz de receber todas as informações geradas e repassadas por área de interesse.

Para o secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos em exercício, Anderson Ferrari, ampliar o controle e a fiscalização ambiental no território capixaba faz parte das prioridades da política ambiental do Estado. “É preciso garantir maior eficiência e eficácia no monitoramento do desmatamento, no transporte de cargas e na repressão aos incêndios florestais ilegais. Essas assertividades fazem parte dos objetivos do Cerco Inteligente, porque une estratégia e planejamento com inteligência, tecnologia e inovação”, ponderou.

Entre as vantagens do novo sistema, estão o auxílio ao combate e à evasão fiscal, com o controle de veículos de carga; a utilização de Inteligência Artificial para análise dos dados e criação de informações com valor agregado; a captação e transmissão de metadados entre pontos de coletas e centrais de monitoramento, em tempo real; além do incremento da Inteligência para a estratégia da atuação das secretarias envolvidas; a identificação do perfil de tráfego de veículos do Estado (origem, destino, tempo médio de percurso etc); e a fiscalização do excesso de carga de veículo, contribuindo com a durabilidade do pavimento e aumentando a segurança nas rodovias.

Para o coordenador geral de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico do Governo do Estado, Victor Murad, o Cerco Inteligente traz a tecnologia à serviço da segurança e do desenvolvimento para o Estado, com agilidade nas ações e mais rigor nas fiscalizações em todo o Espírito Santo.

“A tecnologia vai nos propiciar maior eficácia na fiscalização e no combate ao crime organizado em todas as vias públicas do Estado, porque vai fazer um Raio X, em tempo real, com todo tipo de informações sobre os veículos que trafegam nas vias públicas estaduais. Com isso, o Estado fecha as portas para o crime e abre as portas para os investimentos de empresas e pessoas que queiram vir para cá”, frisou Murad.


Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Raphael Marques
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação do Detran|ES
Rhayan Esteves / Fabricia Borges / Zu Coelho 
[email protected]

Leia Também:  Polícia Militar apreende arma e drogas em Piúma e Anchieta durante o final de semana

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Operação Graúna cumpre mandados de busca e apreensão em Itapemirim

Publicados

em


A 9ª Delegacia Regional de Itapemirim deflagrou, na última sexta-feira (14), a Operação Graúna, que cumpriu seis mandados de busca e apreensão na localidade de Graúna, em Itapemirim, local de reiteradas ocorrências de trocas de tiros e tráfico de entorpecentes. Um homem de 24 anos foi preso e uma arma, drogas e munições foram apreendidas.

As diligências contaram com a participação de policiais civis das delegacias de Polícia de Rio Novo do Sul, Itapemirim, Marataízes e do Plantão da 9ª Delegacia Regional de Itapemirim, além de agentes das Guardas Civis de Marataízes e de Itapemirim.

“Os mandados de busca e apreensão são fruto da investigação em andamento na Delegacia Regional de Itapemirim, na qual apuramos os crimes de tentativa de homicídio, tráfico de entorpecentes e porte de arma de fogo”, relatou o titular, delegado Djalma Pereira Lemos.

Em um dos alvos, a equipe prendeu um homem de 24 anos em flagrante. Assim que entraram na residência, os policiais encontraram um revólver calibre 38, munições e dinheiro. Depois, com o apoio do cão Baruck, agentes da Guarda Municipal de Marataízes localizaram crack, maconha e cocaína em um matagal em frente à casa do suspeito. O homem foi autuado pelos crimes de posse de arma de fogo e tráfico de drogas e encaminhado para o Sistema Prisional.

Em outro alvo, a equipe localizou munições e entorpecentes, mas ninguém foi preso. As investigações seguem em andamento e a população pode contribuir com informações de forma anônima, por meio do Disque-Denúncia 181, ou pelo site disquedenuncia181.es.gov.br.

Texto: Camila Ferreira


Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected]

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini / Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27) 99231-5157
[email protected]

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Departamento de Narcóticos prende suspeito de guardar drogas em Vila Velha
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA