Estado

Governo do Espírito Santo divulga 66º Mapa de Risco Covid-19

Publicados

em


O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (30), o 66º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência desta segunda-feira (02) até o próximo domingo (08). Dos 78 municípios capixabas, 73 estão classificados em Risco Baixo e apenas cinco em Risco Moderado. Não há municípios classificados em Risco Alto.

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade considera a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença. A estratégia de mapeamento de risco teve início em abril do ano passado.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Leia Também:  Governo do Estado lança portal que reúne informações de todos serviços públicos ofertados à população

Confira a classificação de todos os municípios capixabas.

RISCO BAIXO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Colatina, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Ecoporanga, Fundão, Guaçuí, Guarapari, Ibatiba, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Muniz Freire, Muqui, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Pavão, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

RISCO MODERADO: Alto Rio Novo, Governador Lindenberg, Ibiraçu, Rio Novo do Sul e Santa Teresa.

Leia Também:  Academia Espírito-santense de Letras comemora centenário
Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Espírito Santo recebe primeiro lote da Coronavac adquiridas com recursos próprios

Publicados

em


O Governo do Espírito Santo recebeu, neste sábado (18), o primeiro lote das 500 mil doses de Coronavac, adquiridas pelo Estado diretamente junto ao Instituto Butantan. Foram entregues 200 mil doses de vacinas contra o novo Coronavírus (Covid-19), que foram armazenadas na Central da Rede de Frio Estadual. A previsão é de que o restante das doses chegue ao Estado até o final da próxima semana.

O valor total investido na aquisição dos imunizantes é de R$ 26,5 milhões, sendo esta mais uma ação do Governo do Estado para garantir a imunização de toda população contra a doença.

As doses serão encaminhadas para as Regionais de Saúde até este domingo (19), e a partir desta segunda-feira (20) os municípios poderão iniciar o agendamento para vacinação. O imunizante será utilizado para dar celeridade à vacinação da população acima de 18 anos no Espírito Santo, juntamente com as doses enviadas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI).

O governador Renato Casagrande acompanhou a chegada das doses e destacou que o Espírito Santo é o primeiro Estado a comprar e receber vacinas contra a Covid-19. “Esse é um dia de muito alegria para nós. Estamos adquirindo essas doses para que as vacinas possam chegar mais rápido à população. A cada dia que antecipamos a vacinação, a gente salva vidas. Cada vida salva não tem preço”, afirmou.

Leia Também:  57% dos brasileiros dizem nunca confiar no que Bolsonaro fala, aponta Datafolha

Em relação à vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades, o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, ressaltou que eles serão imunizados com as doses da vacina da Pfizer. “Essas doses que compramos serão utilizadas para otimizar a vacinação dos adultos com mais de 18 anos. As doses que chegarem da Pfizer e Astrazeneca serão utilizadas para os idosos com segunda dose e antecipação da Astrazeneca. Avançando e sobrando doses, também utilizaremos a Pfizer nos adolescentes, já que os demais imunizantes não têm autorização no Brasil para serem utilizadas em crianças e adolescentes”, explicou.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais / Ana Cláudia dos Santos
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA