Tecnologia

Google é bloqueado por regiões separatistas da Ucrânia

Publicado em

Regiões pró-Rússia bloqueiam acesso ao Google
Unsplash/Kai Wenzel

Regiões pró-Rússia bloqueiam acesso ao Google

As autoridades das regiões separatistas pró-Rússia no leste da Ucrânia bloquearam o mecanismo de busca do Google em seus territórios.

Denis Pushilin, um dos líderes separatistas, afirmou em um comunicado que a empresa norte-americana “promove o terrorismo e a violência contra os russos, especialmente a população do Donbass”.

“Tomamos a decisão de bloquear o Google no território da República Popular de Donetsk”, informou Pushilin, que seguiu os mesmos passos de Leonid Pasechnik, um dos líderes em Lugansk, que anunciou a mesma medida.

Pushilin acusou o Google de trabalhar “abertamente sob as ordens de seus curadores no governo norte-americano”. Além disso, afirmou que o Ocidente e a Ucrânia estavam “criando uma pressão sem precedentes sobre a segurança física e psicológica” da república, com o objetivo de “quebrar” seu povo.

“Não podemos mais tolerar isso, é assim que você lida com criminosos em qualquer sociedade: eles estão isolados das pessoas”, finalizou o líder separatista.

As medidas foram anunciadas pelos líderes separatistas cinco meses após a ofensiva militar da Rússia na Ucrânia.

As tropas russas assumiram o controle total da região de Lugansk, na Ucrânia, e disseram que pretendem capturar toda a região de Donetsk.

Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tecnologia

Google Meet terá compartilhamento de Spotify e YouTube durante chamada

Published

on

Google Meet ganhará novos recursos
Tecnoblog

Google Meet ganhará novos recursos

O Google Meet ganhou muito destaque nos últimos anos, e vai receber alguns recursos extras para deixar suas reuniões mais legais. Com um novo recurso de compartilhamento ao vivo, dá para ouvir músicas no Spotify, ver vídeos no YouTube ou jogar com outros participantes da chamada. É bem parecido com o SharePlay, da Apple.

O recurso faz parte da fusão do Meet com o Duo, o app de videochamadas do Google (que não tem a mesma fama do irmão profissional).

Esse é um processo bem confuso, aliás: o app do Duo vai virar Meet e ganhar os recursos dele, enquanto o Meet vai ser renomeado para Meet Original e posteriormente descontinuado.

Jogos e streaming no Google Meet

Bagunça à parte, alguns novos recursos foram acrescentados. Um deles é este recurso de compartilhamento ao vivo. Ele ainda está em fase beta.

Durante uma chamada, basta tocar nos três pontos, escolher “Atividades” e selecionar uma das opções. Dá para iniciar uma sessão em grupo no Spotify, por exemplo, jogar Uno! Mobile ou Kahoot!, entre outras possibilidades.

Leia Também:  Telegram Premium sai um pouco mais caro para quem usa iPhone

SharePlay da Apple funciona com produtos diferentes

Compartilhar conteúdo de streaming em uma chamada não é inédito. É isso que o SharePlay da Apple faz.

Ele permite usar o FaceTime para compartilhar conteúdos de apps de streaming. Dentre as opções, estão a Apple TV+, o Disney+ e o HBO Max.

Spotify e YouTube não estão nessa lista, o que conta como um diferencial para o serviço do Google Meet.

O compartilhamento ao vivo teria sido bem interessante durante a fase mais crítica da pandemia de Covid-19, quando regras restritas de circulação estavam em vigor.

Mesmo assim, pode ser útil para empresas que adotaram o trabalho remoto ou para quem tem amigos espalhados pelo país ou pelo mundo.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA