Economia

GOL receberá mais uma aeronave Boeing 737-700

Publicados

em

 

 

source

Contato Radar

undefined
Calebe Murilo

GOL receberá mais uma aeronave Boeing 737-700

Acompanhando o retorno gradual da demanda por voos, a GOL Linhas Aéreas receberá em breve mais uma aeronave Boeing 737-700. O jato norte-americano é o menor modelo da frota da companhia brasileira, utilizado nas operações em cidades menores.

Com isso, ao chegar a casa de seu novo operador, o Boeing de 15,3 anos de idade deverá receber a matrícula PR-GEU. Anteriormente, a aeronave fazia parte da frota da companhia mexicana AeroMexico, onde operava sob registro XA-VAM e tinha configuração para até 124 assentos.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Aeronave quando operava na AeroMexico durante uma decolagem de San Jose, Costa Rica. Foto por Rafael Fernandez © via JetPhotos.

Fabricado em 2005, o avião passou a operar na companhia mexicana em agosto do mesmo ano, onde permaneceu até janeiro de 2020, quando foi armazenado no aeroporto de Tucson (TUS), Arizona. Sendo assim, a aeronave somará a outros 22 Boeings 737-700 que atualmente operam na GOL.

Ademais, em seu caminho rumo ao Brasil, o jato voou dos Estados Unidos para San Jose (SJO), na Costa Rica, onde realizou uma parada técnica. A previsão é que o mesmo chegue ao aeroporto de Confins (CNF) ainda hoje.

Leia Também:  Alaska Airlines recebe seu primeiro Boeing 737 MAX

O post GOL receberá mais uma aeronave Boeing 737-700 apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Guedes vê queda branda na arrecadação de impostos em 2020

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Arrecadação de impostos apresentou queda de 6,91%, a maior desde 2010
Luciano Rocha

Arrecadação de impostos apresentou queda de 6,91%, a maior desde 2010

O ministro da economia, Paulo Guedes , analisou como branda a queda nominal de 3% na arrecadação de impostos em 2020, ante os números registrados em 2019. De acordo com a pasta, o país arrecadou 1,479 trilhão, no entanto, se considerado o número real, o recuo é de 6,91% de arrecadação, a menor desde 2010 .

Guedes ainda ressaltou o trabalho do Ministério da Economia e diminuiu os efeitos causados pela Covid-19 no setor econômico. Para o chefe da pasta, a economia está se recuperando e está se consolidando com a recuperação em V.

“A queda de arrecadação foi branda. Você terminar o ano com pouco mais de 3%, em relação ao impacto inicial de 30%, mostra o vigor da recuperação. Nós fizemos uma recuperação econômica em V”, afirmou.

Você viu?

A declaração foi dada em coletiva realizada na tarde desta segunda-feira (25) para apresentar os dados de arrecadação da Receita Federal em 2020. O levantamento feito pelo Fisco mostra que, em dezembro, o país arrecadou 159 bilhões em impostos, o que representa um crescimento de 3,18 se comparado ao mesmo mês de 2019.

Leia Também:  Força Aérea Grega adquire 18 unidades do caça Rafale

O fechamento anual é maior que o esperado por instituições financeiras, que aguardavam arrecadação de 1,46 trilhão em 2020.

Na apresentação dos dados, a Receita Federal listou a crise econômica decorrente da pandemia do novo coronavírus, aumento do desemprego e queda nas vendas de bens para justificar o recuo na arrecadação no ano passado. O Fisco informou que impostos importantes, como o PIS, Cofins e IPI , apresentaram dados negativos nos últimos 12 meses. A receita de IPI caiu 7,01%; e a de PIS/Cofins, 11,92%, no ano passado, descontado a inflação.

O aumento do desemprego reduziu em 7,16% a arrecadação da Previdência Social em 2020, também descontada a inflação.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA