Entretenimento

Globo enfrenta processo por racismo por causa de programa antigo do Multishow

Publicados

em


source

A globo ainda enfrenta um processo nos dias de hoje por conta de um programa veiculado em 2013 no Multishow. Na época, estava no ar o humorístico “Sensacionalista” e a atração foi denunciada por racismo após uma piada relacionando uma cachorra com o candomblé. Segundo o site Notícias da TV, o processo ainda corre na Justiça e a Globo pode pagar uma multa de quase R$ 100 mil.

Globo enfrenta processo por racismo por piada com candomblé
Reprodução/Youtube

Globo enfrenta processo por racismo por piada com candomblé

O “Sensacionalista” foi um programa inspirado em um site de mesmo nome, que cria notícias falsas absurdas para fazer sátiras e críticas sociais. Em 2013, a atração do Multishow criou um esquete de uma cachorra que sabia ler búzios e criou uma nova religião chamada “cãodomblé”.

Na ocasião, a CPPNI (Coordenação de Políticas para a População Negra e Indígena) denunciou a Globo por discriminação racial à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo. Com isso, foi instaurado um processo contra a emissora. 

A Globo argumentou na Justiça que se tratava de um programa humorístico, sem a intenção de ofender os seguidores da religião de matriz africana. O canal de televisão perdeu o processo e foi multado em R$ 88.803,75. Mesmo assim, a empresa recorreu e entrou com o pedido para não pagar a multa até o final do julgamento. No último dia 16, o juiz José Eduardo Cordeiro Rocha, da 14ª Vara de Fazenda Pública de São Paulo, determinou que a Globo deve pagar a multa. A emissora ainda pode recorrer.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Dira Paes comenta cenas quentes com atriz em “As Five”: “Me envaidece”

Publicados

em


source
Dira Paes
Reprodução/Instagram

Dira Paes comenta cenas quentes com Manoela Aliperti em “As Five”

Dira Paes gravou uma participação em “As Five”, spin-off de “Malhação- Viva a Diferença”. Na série do Globoplay, a atriz interpreta a jornalista Alice que se relaciona com Lica, personagem de Manoela Aliperti. Em um determinado momento,  as duas vivem cenas bem quentes e que deram o que falar nas redes sociais.

Em entrevista a colunista Patrícia Kogut, Dira Paes contou que gostou bastante da repercussão que a cena teve. A atriz disse que ficou envaidecida e comentou o fato de mulheres como ela, que já passaram dos 50, serem consideradas sensuais nos dias de hoje.

“Esses comentários são muito bem-vindos. Eu acho que faz parte já desse olhar contemporâneo de que mulher é atemporal. Nós somos mulheres até o final da vida, então receber esses elogios só me envaidece e me deixa muito feliz e achando que as pessoas gostam de mim do jeito que eu sou. Tenho meus cuidados sem grandes exageros. Mas eu me sinto uma atriz disposta tanto para ir para esse lado da beleza como para o lado da simplicidade, onde a beleza não é importante”, contou.

Leia Também:  Ex-amante do cantor Tiee desabafa: "Fui enganada, fui vítima de um abusador"

A artista também contou como foi a preparação para as gravações com Manoela Aliperti. “Nós nos conhecemos um pouco antes de entrar em cena e eu acho que essa falta de intimidade entre as personagens foi boa. Isso fez com que as cenas ficassem até mais reais. E nessa mais íntima, é a evolução das duas personagens. Achei muito linda essa abordagem entre uma jovem mulher e uma mulher mais madura se encontrando. Fluiu de uma maneira muito orgânica, que fez com que as pessoas gostassem muito. A Manu é uma grande atriz e ela está de parabéns por todo esse trabalho. Todas elas são muito talentosas, mas eu tive contato com a Manu e realmente ela é uma atriz muito concentrada e muito precisa”, disse Dira.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA