Carros e Motos

Ford EcoSport já desvaloriza mais do que os concorrentes, aponta pesquisa

Publicados

em


source
Ford EcoSport: depois que deixou de ser fabricado no Brasil, índice de desvalorização do SUV aumentou
Divulgação

Ford EcoSport: depois que deixou de ser fabricado no Brasil, índice de desvalorização do SUV aumentou

O anúncio feito pela Ford em janeiro do fechamento das suas fábricas no Brasil já reflete nos preços do EcoSport no mercado de usados. De acordo com um levantamento feito pela startup de venda de veículos Mobiauto , o SUV compacto da marca americna já apresenta uma desvalorização de 8,94% em um ano de uso.

Na pesquisa, um Ford EcoSport Freestyle 1.5 com um ano de uso é oferecido atualmente pelo valor médio de R$ 80.742, ante os R$ 88.868 pedidos por um exemplar zero km remanescente. Enquanto isso, concorrentes como o Chevrolet Tracker LT e o Jeep Renegade Longitude desvalorizaram 2,99% e 3,08%, respectivamente.

Leia Também:  Honda lança primeiro carro autônomo de nível 3 no Japão

Você viu?

De acordo com o CEO da Mobiauto, Sant Clair Castro Jr., a queda abrupta de preços do EcoSport revela o excesso repentino de ofertas após a divulgação de encerramento da produção do modelo, que contrasta com a fraca procura no mercado de seminovos. “Na pressa de vender o carro, o consumidor reduz o preço e isso aparece nos cálculos de depreciação. Como parte dos compradores se desinteressou pelo carro, as cotações caem ainda mais”, explica.

Vendas em baixa

Modelo somou apenas 324 emplacamentos na 1ª quinzena de fevereiro
Divulgação

Modelo somou apenas 324 emplacamentos na 1ª quinzena de fevereiro

O EcoSport liderou por vários anos o segmento de SUVs compactos no mercado brasileiro. Mas desde a onda de novidades que se seguiu ao lançamento do Jeep Renegade em 2015, o modelo caiu na preferência do público, embora ainda mantivesse números relativamente altos de vendas.

O Ford EcoSport fechou 2020 com 24.031 unidades emplacadas e a 8ª colocação no ranking de SUVs. Com o anúncio do fim da produção dso modelo no Brasil, o SUV fechou janeiro com 3.241 unidades e perdeu uma posição na tabela de utilitários.

Leia Também:  GM, Fiat, Honda e Renault são afetadas pela falta de insumos para produção

O resultado negativo acabou se acentuando ainda mais na parcial de fevereiro, quando foram emplacadas na 1ª quinzena apenas 324 unidades do modelo. Os números do Renavam foram divulgados pela Fenabrave.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Yamaha mostra edição de 20 anos do scooter TMAX da linha 2021

Publicados

em


source
Yamaha TMAX 560 Edição de 20 anos vem com detalhes amarelos e plaqueta do número de cada unidade produzida
Divulgação

Yamaha TMAX 560 Edição de 20 anos vem com detalhes amarelos e plaqueta do número de cada unidade produzida

A Yamaha mostra a edição comemorativa dos 20 anos do TMAX. Criado em meados dos anos 90, quando a marca japonesa tinha o objetivo de lançar o modelo mais rápido do segmento, o scooter acabou redefinindo a categoria e chegou a ter 300 mil unidades vendidas na Europa, tornando-se um dos grandes sucessos da fabricante.

A edição limitada do Yamaha TMAX 560 vem com motor de 560 cc de cilindrada, capaz de gerar 45 cv e de atender às cada vez mais rígidas normas antopoluição Euro 5. Além do visual exclusivo, o modelo é fabricado com materiais diferenciados, entre os quais fibra de carbono, que é leve e resistente e bastante usado no automobilismo, mais notadamente na Fórmula 1.

Leia Também:  Yamaha mostra edição de 20 anos do scooter TMAX da linha 2021

Não é à toa que a Yamaha escolheu tons de cinza para a edição de 20 anos do scooter TMAX 560, que também conta com vários equipamentos, como guidão aquecido, pintura com detalhes amarelos e plaqueta que identifica o número de série de cada unidade que sai da linha de montagem, entre outras novidades.

Também fazem parte da lista de equipamentos da série limitada do TMAX 560 os seguintes itens: controle de velocidade de cruzeiro (“piloto automático”), parabrisa dianteiro ajustável eletronicamente, assento aquecido e um aplicativo onde o piloto acessa o sistema GPS e funções como relatórios de viagem, alarme de velocidade e ainda pode acessar o telefone celular.

Você viu?

Os preços da edição comemorativa dos 20 anos do scooter Yamaha TMAX 560 ainda não foram divulgados, já que a apresentação completa do modelo está marcada para o próximo dia 31 de março. Assista a seguir ao vídeo do modelo da marca japonesa.



Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA