Carros e Motos

Flagra aponta que HR-V vai se tornar o Nivus da Honda

Publicados

em


source
Novo Honda HR-V
Reprodução/Twitter

Novo Honda HR-V com ares de cupê é visto camuflado antes da estreia, que no Brasil deverá acontecer apenas em 2022


O Honda HR-V irá se tornar um SUV com jeito de cupê, assim como o rival VW Nivus. Com apresentação prevista no exterior para 2021, a nova geração do modelo foi flagrada em testes no Japão e teve as imagens publicadas no perfil “Date_aHikarin” do Twitter.


A camuflagem leve deixa evidente que o SUV compacto HR-V terá linhas bem semelhantes às do brasileiro Volkswagen Nivus. Detalhes marcantes do carro atual, como os faróis finos e as maçanetas das portas traseiras próximas à coluna “C” também estão presentes no protótipo da nova geração.

De acordo com o site japonês Creative 311 , o novo HR-V tem 4,350 m de comprimento, 1,785 m de largura e 1,600 m de altura, sendo um pouco mais longo, largo e mais baixo que o atual. O SUV deixou de lado a plataforma do Fit e passa a ser feito sobre uma nova base.


Com estas medidas, o novo HR-V ficará posicionado em tamanho abaixo do Toyota Corolla Cross, modelo que será produzido no Brasil a partir de 2021 e que tem 4,46 m de comprimento.

Leia Também:  Chevrolet poderá apostar no Monza para substituir o Cruze

Lançado no mercado brasileiro em 2015, o Honda HR-V  chegou por aqui em sua segunda geração. Entre 1998 e 2006, o nome foi empregado em um SUV fabricado sobre a mesma base do hatch Logo, modelo compacto voltado para o mercado japonês.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, os lançamentos de várias fabricantes estão sendo adiados e o mesmo deve acontecer com o o novo Honda HR-V . Portanto, o SUV deverá chegar no Brasil apenas em 2021, já que primeiro devem estrear as novas gerações de Fit e City, no ano que vem.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Volkswagen lança o SUV ID.4, que deve ser vendido no Brasil

Publicados

em


source
VW ID.4
Divulgação

VW ID.4, o primeiro SUV 100% elétrico da marca

A Volkswagen apresentou o novo SUV ID.4 , modelo 100% elétrico que está sendo cotado para o mercado brasileiro. Ele será vendido a partir de US$ 39 mil nos Estados Unidos (R$ 180 mil em conversão simples), onde lutará por uma fatia do segmento dominado pela Tesla. No Brasil, será o elétrico de entrada da Volkswagen, uma vez que o ID.3 é muito baixo para as nossas ruas.

O utilitário esportivo tem bateria capaz de armazenar até 77 kWh de energia, proporcionando autonomia máxima de 520 km. O motor elétrico posicionado no eixo traseiro gera força equivalente a 204 cv de potência. Dessa forma, o ID.4 poderá acelerar de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos, com velocidade máxima de 160 km/h. 

Apesar de ser um veículo urbano, a Volkswagen garante que o modelo tem bom desempenho em off-roads suaves. A fabricante também divulga que o proprietário poderá recarregar até 320 km de autonomia em uma unidade rápida em até 30 minutos. No carregador convencional, o ID.4 pode retomar 85 km na autonomia em cerca de uma hora.

Leia Também:  Câmara aprova mudanças na CNH e nas leis de trânsito

Seu design preserva as características do ID.3, primeiro veículo elétrico da Volkswagen. Há faróis totalmente em LED com regulagem automática e pintura no estilo “saia e blusa”. Feito sob a plataforma MEB, exclusiva para veículos elétricos, o ID.4 mede 4,58 metros e tem espaço suficiente para cinco adultos. O porta-malas tem 543 litros e pode triplicar de tamanho com os bancos traseiros rebatidos. 

Todos os componentes do ID.4 estão disponíveis em duas telas. O motorista tem um cluster 100% digital onde poderá reproduzir funções de navegação, mídia e conforto. A Volkswagen também preparou um sistema operacional exclusivo para sua linha de elétricos, onde os clientes poderão fazer atualizações e baixar novos recursos, como nos smartphones. 

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA