Esporte

Fla de Jesus e Gabigol estabelece marcas com título da Recopa

Publicados

em

 

A vitória por 3 a 0 sobre o Independiente del Valle, do Equador, garantiu ao Flamengo o título da Recopa Sul-Americana. A conquista de quarta-feira (26) foi a primeira, em nível internacional, dentro do Maracanã, no Rio de Janeiro – nas demais, como as Libertadores de 1981 e 2019, o Rubro-Negro levantou a taça fora de casa.

Gabriel e Gerson (duas vezes) balançaram as redes diante de 64,5 mil torcedores, maior público do ano no futebol brasileiro. Aliás, com o gol que abriu caminho para a vitória, Gabigol empatou com Fred, hoje no Cruzeiro, como maior artilheiro do Maracanã após a reinauguração do estádio, em 2013, com 30 gols. Foram 27 pelo Flamengo e três pelo Santos.

O técnico Jorge Jesus também atingiu uma marca significativa: cinco títulos em nove meses: Recopa, Supercopa do Brasil, Taça Guanabara, Brasileirão e Libertadores. São mais taças do que derrotas (quatro) no comando rubro-negro. “Essas decisões em 10, 15 dias eu nunca tive na minha carreira desportiva. Fomos vencedores em todas. Também pelo fato de estarmos nas decisões, estamos habituados a conviver com pressão”, destacou Jesus, em entrevista coletiva após a partida.

Leia Também:  Covid-19: Atlético de Madrid revela quais atletas testaram positivo

Dessas cinco conquistas, três (Supercopa, Guanabara e Recopa) vieram em apenas 10 dias. Curiosamente, e guardadas as proporções, intervalo menor que a trinca de taças alcançada pela equipe de 1981, de Zico e companhia, que em cerca de 20 dias foi campeã carioca, da Libertadores e Mundial.

“Quando cheguei ao Flamengo, logo tive a noção do que era o Flamengo, que é um dos três maiores clubes do mundo em termos de torcedores. Mas não uma das maiores do mundo por não ganhar títulos. Agora, com a maior torcida e com títulos, o Flamengo caminha para ser um dos maiores do mundo”, encerrou o técnico rubro-negro.

Edição: Valéria Aguiar

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Covid-19: Atlético de Madrid revela quais atletas testaram positivo

Publicados

em


.
O Atlético de Madrid divulgou, nesta segunda-feira (10), em nota oficial, que Ángel Correa e Sime Vrsalijko são os dois jogadores que testaram positivo para o novo coronavírus (covid-19). De acordo com o clube, Ángel Correa está isolado, em casa, e não apresenta sintomas. Vrsalijko que já se recuperava de uma lesão, vai ficar em casa por decisão dos médicos, embora, segundo o Atlético, seu caso seja considerado resolvido pelas autoridades de saúde, por ele já apresentar anticorpos para covid-19 há vários meses. 

O clube revelou que todos os jogadores do elenco principal e os membros da comissão técnica realizaram novos testes ontem (9), com nenhum resultado positivo. Os familiares de Ángel Correa e Sime Vrsalijko também testaram negativo.

 

Os dois jogadores estão fora do confronto da próxima quinta-feira (13), contra o Red Bull Leipzig, pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Será um confronto único que garantirá a vaga em uma das semifinais da competição. O jogo terá início às 16h (horário de Brasília), no Estádio José Alvalade, que pertence ao Sporting, na capital Lisboa.

Leia Também:  STJD aceita pedido do Goiás e partida contra o São Paulo é adiada

O Atlético de Madrid informou que a equipe principal retorna aos treinos na tarde desta segunda-feira e, amanhã (11), viaja para Portugal com o elenco de 21 jogadores, e outros quatro atletas do time B:  Manu Sánchez, Riquelme e Toni Moya, além do brasileiro Alex dos Santos.

Ouça na Rádio Nacional

O vencedor do confronto entre Atlético de Madrid e RB Leipzig enfrenta, na semifinal, quem passar entre Atalanta e Paris Saint-Germain, que medem forças na quarta-feira (12), no Estádio da Luz, em Lisboa, às 16h (horário de Brasília).

O Atlético de Madrid nunca conquistou uma Liga dos Campeões da Europa, mas ficou com o vice em três ocasiões. As duas últimas vezes que chegou à final, perdeu para o maior rival, o Real Madrid, nas temporadas de 2013-14 e 2015-16. Na atual edição, os colchoneros eliminaram o último campeão, Liverpool, vencendo por 1 a 0, no Estádio Metropolitano, e por 3 a 2, em Anfield Road.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA