Mulher

Filhas de Zuzu Angel receberão indenização da União pelo assassinato da mãe

Publicados

em


source

Na última segunda-feira, (15), Ancelmo Gois deu em seu blog no jornal O Globo a notícia de que a União terá que pagar indenização de R$ 500 mil para Ana Cristina e Hildegard Angel, filhas de Zuzu Angel. Reconhecendo, assim, que a estilista foi morta pela ditadura em um acidente de carro na estrada da Gávea, no Rio de Janeiro.

Leia também:

zuzu angel e hildegar
Divulgação

Zuzu Angel, estilista morta pela Ditadura Militar e sua filha, Hildegard, jornalista que receberá parte da indenização pelo assassinato da mãe


Hildegard, que é jornalista,  postou em seu blog um texto comentando a notícia. “Sabemos que indenização alguma paga uma vida, compensa a ausência do afeto, da compreensão e dos cuidados que só podem ser proporcionados por uma mãe”, pontuou no post.

Filho de Zuzu Angel, Stuart Edgar Angel Jones foi perseguido e dado como desaparecido pela Ditadura Militar. O ocorrido fez com que Zuzu se tornasse militante e denunciasse o regime à imprensa, o que levou ao seu próprio perseguimento cinco anos depois.

Leia Também:  Horóscopo do dia: previsão para o dia 17 de junho de 2020

“A grande imprensa sabia, os jornalistas sabiam, os formadores de opinião sabiam, os artistas, os políticos, os empresários, os juristas, todos sabiam. […] Até mesmo no atestado de óbito de Zuleika Angel Jones já consta, como causa mortis, o assassinato pelo Estado brasileiro. Todavia, basta ligeira pesquisa no Google, e lá está, na Wikipedia e em inúmeras outras referências à morte de Zuzu Angel, a frase: ‘acidente por causas desconhecidas’”, continuou Hildegard em sua publicação.

A filha de Zuzu também comentou a indenização em seu perfil no Twitter:


No fim de seu texto ainda disse: “Aproveito aqui para informar aos que inadvertidamente negarem o assassinato de Zuzu Angel, acontecido numa emboscada covarde pelos agentes da ditadura, que não se trata mais de simples omissão ou negligência, mas de um crime contra a memória de nosso país”.

Leia Também:  Bombril é acusada de racismo por "esponja krespinha"
Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher

3 truques que vão dar uma cara nova a seu suéter ou moletom neste inverno

Publicados

em


source

O TikTok está recheado de vídeos de pessoas dançando, fazendo desafios e alguns com o conteúdo humorísticos. A rede social também é uma bela fonte para dicas práticas para o dia a dia como estas, que vão te dar muito estilo neste inverno. 

tiktok
Reprodução/TikTok

Josie Sanders e Jess Less mostram as dicas no Tiktok


Separamos três truques que vão facilitar a sua vida e dar uma cara nova para aquela roupa de inverno.

Leia também: 

1. Suéter +  vestido

A combinação já um clássico de outras temporadas, mas nem sempre o suéter – ou mesmo moleton – fica no lugar. Um cinto vai te ajudar: 

@jesswithless

How crop a regular sweater over a dress ##sustainablestyle ##stylehack ##fashionhacks

♬ original sound – jesswithless

2. Mangas arregaçadas e no lugar

Usar a manga do suéter, do casaco ou do moletom arregaçadas dá um charme a mais ao visual. Se gosta do estilo, mas as mangas insistem em cair, veja este truque:

@hannahwarling

tag someone who needs this ? ##tiktokfashion ##whattowear ##diyhacks ##outfittips ##clothinghacks ##lifehack ##styletips ##stylehack

♬ Blueberry Faygo X Savage – rapidsongs


3. Moleton no tamanho certo

Você tem aquele moletom que está em um comprimento maior que o normal ou quer roubar o blusão do namorado para compor o look? Não tem problema, você só vai precisar de um cadarço para se arrumar: 

@josiesanders_

Style hack for awkward length sweatshirts/shirts? ##fyp ##foryoupage ##foryou ##clothinghack ##stylehack

♬ original sound – josiesanders_

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Filha encontra e-mail do pai que já morreu com instruções para festa para a mãe
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA