Entretenimento

Filha de Anderson do Molejo vira empresária e comenta acusações contra o pai

Publicados

em


source
Anderson Leonardo e Alessa Cristyne
Reprodução Instagram

Anderson Leonardo e Alessa Cristyne

Primogênita do vocalista Anderson Leonardo , do grupo Molejo, Alessa Cristyne, de 27 anos, tirou um espaço em sua agenda de trabalho com o pai cantor para se dedicar ao empreendedorismo.

Há seis anos ela se divide entre ajudar com a administração do Molejo e trabalhar com decoração de festas. A empresa dela é uma homenagem ao pai e aos colegas de grupo. Alessa batizou seu empreendimento com o nome de uma das músicas de maior sucesso do Molejo: ‘Brincadeira de Criança’.

Em entrevista à coluna, Alessa não fugiu da raia e comentou a acusação de estupro contra o pai , demonstrou total confiança nele e ressaltou algumas das qualidades do cantor que poucos conhecem: “tem uma alma nobre”, disse a empresária, que classificou as acusações como “contraditórias à personalidade e ao caráter de Anderson Leonardo”.

  • Por que decidiu investir no mercado de decoração de festas? Já sabia que independente do nome do seu empreendimento ele seria uma homenagem ao teu pai e ao molejo?

“Estou no ramo de festas e eventos já tem 6 anos. Sempre tive outros trabalhos paralelos à empresa. De início era um hobby, pois sempre fui apaixonada por essa área, mas no decorrer do tempo comecei a fazer cursos e me aprofundar mais sobre e vi que essa é a minha vocação. No começo tinha outro nome, mas com o tempo a empresa foi expandindo e tive que reformular algumas coisas, e uma delas foi a mudança de nome, pois como meu público alvo era infantil, atribuí o nome da música ‘Brincadeira de Criança’ ao negócio. Além de ser uma homenagem ao meu pai, tem tudo a ver com a empresa! Quando dei início ao projeto, não passava de um sonho, a gente sempre acha que não vai engatar, mas hoje em dia já tenho um ateliê e as coisas vão caminhando. Aos poucos as pessoas estão conhecendo os serviços prestados pela empresa, fazendo com que cresça cada vez mais e de forma orgânica!”.

Leia Também:  Thayse Teixeira ironiza lockdown e imita pessoa com deficiência auditiva

Você viu?

  • O trabalho com o seu pai no Molejo ficou para segundo plano por conta dessa função de se dedicar ao empreendedorismo?

“Ainda trabalho com ele. Em relação ao empreendedorismo, me organizo e sempre concílio as coisas do escritório com o Brincadeira de Criança. É uma correria, mas graças a Deus tenho uma equipe sensacional ao meu lado para me ajudar em tudo. O Brincadeira de Criança é como se fosse meu filho e minha equipe é como se fosse os padrinhos do meu ‘filho'”.

  • Essa semana foi seu aniversário. Como foi comemorar a data depois de toda essa turbulência? Como foi a sua comemoração? Seu pai foi?

“Não comemorei do jeito que queria, primeiro porque estamos em uma pandemia, segundo que não estamos em clima de fazer uma comemoração maior. Foi bem intimista, apenas com a família e amigos mais próximos. Como foi algo bem reservado, fiz no próprio ateliê do Brincadeira de Criança, e como Decoradora de festas, qualquer comemoração tem que ter uma decoração, nem que seja só um bolo. Como disse anteriormente, tenho uma equipe maravilhosa e muitos parceiros na empresa, com isso tive alguns recebidos, mas não foi festa, bem longe disso! Aproveitei o momento para ficar cercada das pessoas que sempre estão comigo, como a minha mãe, meu pai, meu marido e alguns amigos bem próximos”.

  • Como lidou com a bissexualidade do seu pai? Já sabia antes de explodir essas acusações ou descobriu através da imprensa?

“Sobre as questões que envolvem meu pai, a única coisa que eu afirmo é que ele é um homem, com caráter e digno de todo respeito. Eu posso falar do Anderson pai e ser humano, pois as pessoas que conhecem apenas Anderson Leonardo ou Anderson vocalista do Molejo, às vezes confundem que ali tem uma pessoa com família, amigos, trabalho e por aí vai! É o que eu sempre digo: o Anderson também é pai, amigo, filho, irmão, avô e além de tudo isso, é um ser humano incrível. Quem o conhece sabe. É um pai que move montanhas pelos filhos. Poderia citar as inúmeras vezes em que meu pai, com pequenos gestos, mostra a sua personalidade e o quanto tem uma alma nobre, mas não posso influenciar ninguém pela minha visão de filha, então prefiro dizer que cabe ao público analisar os 34 anos de carreira artística que ele tem e nunca teve seu nome exposto de maneira negativa”.

  • Está confiante de que teu pai vai conseguir provar a inocência dele nessa acusação de estupro?

“Dentro de toda essa confusão, eu só fiquei pensando o quanto isso é contraditório à personalidade e ao caráter do meu pai. Dinheiro e fama não compram dignidade e caráter, isso nasce com a pessoa e tenho certeza que meu pai tem de sobra! Em 27 anos de vida sempre fomos uma família de verdade. Muitas pessoas até acham engraçado, pois minha mãe e meu pai, mesmo separados, são amigos até hoje. Isso só mostra o quanto ele é um cara do bem. Espero que tudo isso fique esclarecido, pois acredito na justiça de Deus. Ela não falha nunca!”.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Produtora da Globo e da Record morre de Covid-19

Publicados

em


source
Danny Scatena
Reprodução

Danny Scatena

Um das produtoras de plateias mais conhecida da Globo e da Record, Danny Scatena, de 36 anos, foi mais uma vítima da Covid-19. Ela começou a sentir os primeiros sintomas da doença na quarta-feira (3) e três dias depois, procurou atendimento Unidade de Pronto Atendimento do Parque das Laranjeiras em Sorocaba com fortes dores de cabeça, coriza e diarreia. Danny chegou a fazer teste de Covid-19 e recebeu medicação antes de ser liberada. Neste domingo (7), ela piorou, foi internada às pressas e depois de sete paradas cardíacas, morreu na madrugada desta segunda-feira.

Edilene Scatena Rodrigues, mãe de Danny, que se identificava como gênero neutro, contou em entrevista ao G1, que resultado do exame de coronavírus não saiu, mas que os médicos colocaram no atestado de óbito, insuficiência cardíaca, pressão alta e diabetes, e que tudo levava a crer se a Covid-19 mesmo. Não sei onde ele pegou. Neste ano, fazia um mês que ele estava voltando ao trabalho. Essa doença matou meu filho em quatro dias.”

Ana Paula Minerato foi uma das famosas que fizeram questão de prestar uma homenagem à produtora. “Que Deus te receba bem meu amigo. Estou em estado de choque com essa notícia, essa praga da Covid-19 devastando nossas vidas. Para sempre no meu coração, amigo. Te amei e vou te amar muito. Descansa em paz”, escreveu a musa.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA