Notícias em Geral

Famílias atingidas pela chuva em Cachoeiro já podem sacar o FGTS. Veja o calendário!

Publicado em

As famílias de 500 residências atingidas pelo temporal, que causou diversos estragos e um prejuízo em torno de R$ 12 milhões, em Cachoeiro de Itapemirim, no dia 1º de junho deste ano, já podem sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O saque foi liberado nesta segunda-feira (22) e segue até o dia 2 de setembro.

Segundo o coordenador Executivo da Defesa Civil de Cachoeiro, Alex Leandro de Souza, os moradores precisam ir à sede da Defesa Civil Municipal, na Ilha da Luz, das 8h às 15h, nos dias determinados no calendário de atendimento, com os documentos solicitados, para emitir a declaração que deve ser apresentada à Caixa Econômica Federal para a liberação do FGTS. O limite de saque é de R$ 6.200,00 por pessoa. 

A Defesa Civil está ligando para as residências cadastradas para avisar sobre a retirada da declaração. É necessário apresentar os seguintes documentos: Carteira de Identidade, Registro de Identidade Civil (Se houver), Carteira Nacional de Habilitação (Se houver), Carteira de Trabalho (Se houver), Carteira Funcional (Se houver), Identidade Militar (Se houver), passaporte brasileiro, comprovante de residência em nome do trabalhador, emitidos nos últimos 120 dias anteriores à decretação de emergência, ou seja, do dia 9 de fevereiro de 2016 a 7 de junho de 2016.

Leia Também:  Mercado de trabalho capixaba começa 2019 com mais 2.608 postos de trabalho

Além desses, se for filho é preciso comprovar parentesco com identidade. No caso de cônjuge, é necessário apresentar a certidão de casamento; companheiro (a), a escrita pública de união estável anterior a 1º de junho de 2016. Se a casa for alugada, o morador deverá apresentar o contrato de aluguel com firma registrada em cartório e uma conta de água ou energia em nome do proprietário do imóvel.

Calendário de atendimento por bairros:

Segunda-feira – 22/8
Abelardo Machado; Alto Independência; Aquidaban; Bom Pastor; Fé e Raça; Ibitiquara; Independência; Nossa Senhora Aparecida; Nossa Senhora da Penha; Novo Parque; Rubem Braga; Santa Cecília; Village da Luz.

Terça-feira – 23/8
Elpidio Volpini (Valão); Ilha da Luz; Teixeira Leite; Vila Rica.

Quarta-feira – 24/8
Aeroporto; Boa Vista; Marbrasa.

Quinta-feira – 25/8
Agostinho Simonato; Monte Cristo; Alto Monte Cristo; Gilson Carone; IBC; Jardim Itapemirim.

Sexta-feira – 26/8
São Lucas; KM 90; São Francisco de Assis; Parque Laranjeiras.

Segunda-feira – 29/8
Alto Coramara; Coramara.

Leia Também:  Médico terá de indenizar paciente de Marechal Floriano por cirurgia plástica mal sucedida

Terça-feira – 30/8
Zumbi

Quarta-feira – 31/8
Basiléia; Nova Brasília; Otton Marins.

Quinta-feira – 1/9
Luiz Tinoco da Fonseca; Ruy Pinto Bandeira; Waldir Furtado Amorim.

Sexta-feira – 2/9
Alto Bela Vista; Baiminas; Bela Vista; Campo Leopoldina; Coronel Borges; Guandu; Maria Ortiz; Nossa Senhora de Fátima; Recanto; São Joaquim; São Luiz Gonzaga.

fonte folhavitoria

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias em Geral

Procon do ES divulga balanço e telefonia lidera reclamações

Published

on

By

Proteção e Defesa do Consumidor

As principais demandas estão relacionadas a cobrança indevida e descumprimento de contratos.

Por | 06.02.2020

 

Em 2019, a telefonia móvel liderou o ranking de atendimentos no Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES). No mesmo período de 2018, bancos foram o assunto mais demandado. As principais demandas estão relacionadas a cobrança indevida e descumprimento de contratos.

No último ano, 52.204 atendimentos foram realizados pelo Procon-ES. Desse total, mais de 5 mil atendimentos estão relacionados à telefonia móvel. Ocupa a primeira posição do ranking a telefonia móvel, seguida das financeiras, bancos, energia elétrica, telefonia fixa, cartão de crédito, aparelho de telefone, água e esgoto, TV por assinatura e, em décimo lugar, móveis.

Os segmentos que lideraram os atendimentos foram, com 19.961 registros, os assuntos financeiros; seguido por serviços essenciais, com 13.572 queixas; produtos (7.518); serviços privados (4.962); saúde (906); habitação (211) e alimentos (200).

O diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, ressaltou que diferentemente do ranking de atendimento dos últimos anos, que foram liderados por bancos e empresas de cartão de crédito, a telefonia móvel ocupou a primeira posição em 2019.

“Cobrança indevida, incluindo lançamentos de serviços não solicitados na fatura e a mudança unilateral nos contratos com reajuste no valor do serviço são as queixas dos consumidores quando se trata de telecomunicação”, disse.

Leia Também:  Mortalidade infantil volta a crescer no Brasil depois de 26 anos

Para evitar problemas, o consumidor deve ter atenção redobrada antes da contratação de serviços. “É preciso ler atentamente o contrato, tirar todas as dúvidas e só assiná-lo se estiver de pleno acordo com as cláusulas estabelecidas. É preciso sempre conferir os lançamentos cobrados nas faturas. Em caso de dúvidas, procurar o Procon”, afirmou Athayde.

Negociação de dívidas

Rogério Athayde ressaltou ainda que grande parte das demandas de bancos, operadoras de cartões e financeiras estão relacionadas a cobrança indevida e a negociação de dívidas. “No ano de 2019, realizamos 5.261 atendimentos no setor de cálculo e negociação de dívidas do Procon-ES”.

Os atendimentos do setor são realizados de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas, presencialmente na sede do Procon-ES, localizada na Avenida Princesa Isabel, 599, Ed. Março, 9º andar, Centro, Vitória. Também disponibilizamos o mesmo atendimento na unidade localizada no Faça Fácil Cariacica.

Fornecedores

Em relação aos fornecedores mais demandados no Procon-ES em 2019, em primeiro lugar no ranking, está a Vivo, em segundo aparece a concessionária de energia elétrica EDP, seguida do Banco BMG, Telemar, Banco Bradesco, Caixa Econômica Federal, Dacasa Financeira, Banco Itaú, Claro e, em décimo lugar, aparece a Oi Móvel.

Leia Também:  Mercado de trabalho capixaba começa 2019 com mais 2.608 postos de trabalho

“A maioria dos atendimentos realizados pelo Procon-ES é solucionado de maneira preliminar, ou seja, sem necessidade de abertura de processo e realização de audiências. Esse número demonstra o alto índice de resolução das demandas que chegam ao órgão e a rapidez com a qual os problemas dos consumidores são solucionados”, informou o diretor Rogério Athayde.

Reclamação

Os consumidores poderão registrar suas reclamações pelo aplicativo Procon-ES (disponível para Android) ou pessoalmente, na sede do Procon Estadual, na Avenida Princesa Isabel, 599, Ed. Março, 9º andar, das 9h às 17 horas, de segunda a sexta. Os consumidores podem procurar ainda a Unidade Faça Fácil, em Cariacica, que atende também aos sábados, até às 13 horas.

Existe também uma plataforma online, do Ministério da Justiça, para o registro de reclamações. Por meio do site www.consumidor.gov.br é possível registrar queixas e solucionar os problemas de consumo diretamente com as empresas em até dez dias.

Para atendimento é preciso que o consumidor tenha disponível o RG (Carteira de Identidade), CPF, além de documentos que possam comprovar a reclamação, como faturas, comprovante de pagamento, contrato, entre outros.

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA