Estado

Estado recebe mais 124.700 doses de vacinas para dar continuidade à Campanha de Vacinação contra a Covid-19

Publicados

em

 

O Governo do Estado recebeu, na manhã desta sexta-feira (16), 124.700 doses de vacinas para dar continuidade à imunização contra o novo Coronavírus (Covid-19). Para a décima terceira remessa, foram entregues 75.500 doses da vacina Covishield (Oxford/Fiocruz) e 49.200 doses da Coronavac (Sinovac/Butantan).

O Estado fará o envio aos municípios do quantitativo para dar continuidade à vacinação do público de 60 a 64 anos, com o envio de mais 30% de doses da D1 para este público, totalizando 58.853 doses. Com essa nova remessa, o Estado chegará à distribuição de 60% de doses D1 a este público. Ainda para D1, serão encaminhadas doses para os grupos de Forças de Segurança e Salvamento e trabalhadores da saúde.

Além disso, serão encaminhadas aos municípios doses para complementar a D2 dos trabalhadores da saúde e dos idosos de 70 a 79 anos.

As doses serão encaminhadas à Central Estadual de Rede de Frio para cadastramento. A previsão é de que o envio às regionais de saúde Norte, Sul e Central ocorra ainda pela manhã de sexta-feira (16) e, pela tarde, seja feita a distribuição aos municípios da Região Metropolitana.

Municípios capixabas aplicam todas as primeiras doses

Até essa quinta-feira (15), 26 municípios já haviam aplicado todas as doses recebidas referentes à primeira dose para a Covid-19. A listagem dos municípios está disponível no “Painel de Vacinação”, na parte de “Tabela de Distribuição”.

Leia Também:  Vacinação contra Influenza para idosos e professores tem início nesta terça-feira (11)

“Isso se deve ao quantitativo insuficiente de vacinas enviado pelo Ministério da Saúde para atender a toda esta população. Foram enviados, na última remessa, apenas 30% de doses para este público, em função disso, as doses se esgotaram em muitos municípios, o que é também muito importante, visto que as cidades estão tendo agilidade na ação de vacinação”, explicou a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, Danielle Grillo.

Ainda de acordo a coordenadora, os municípios aguardam o envio desta nova remessa de doses para dar continuidade à vacinação. “Com as doses encaminhadas pelo Ministério chegando ao Estado, já faremos a distribuição aos municípios da Região Metropolitana e às regionais de saúde para que todas as cidades possam dar continuidade a este processo”, disse.

Envio das segundas doses Covid-19 aos municípios

Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, o Estado adota o intervalo entre as doses da Coronavac (Sinovac/Butantan) de quatro semanas, assim o envio da segunda dose aos municípios acontece sempre na terceira semana.

“Trabalhamos com o envio da segunda dose da Coronavac sempre respeitando a terceira semana de intervalo da primeira para a segunda dose, pois assim permite aos municípios a organização em tempo hábil para o início das ações de vacinação do público no tempo apropriado à resposta imunológica do imunizante”, observou Danielle Grillo.

Leia Também:  Espírito Santo fica em 5° lugar no ranking nacional de Oferta de Serviços Públicos Digitais

Para a vacina Covishield (Oxford/Fiocruz), a qual possui um de intervalo de 12 semanas entre a primeira e segunda dose, o Estado iniciou o envio aos primeiros imunizados respeitando também um tempo para organização das ações pelos municípios, com envio das doses na décima primeira semana.

Em caso de dificuldade da população no acesso à segunda dose, a coordenadora orienta que é importante que o cidadão “busque informações no município para que o dê o caminho ao agendamento ou acesso a essa vacina da melhor forma possível e o quanto antes”.

Doses Influenza

A Secretaria da Saúde (Sesa) recebeu, nesta quinta-feira (15), a remessa com 108 mil doses de vacinas Influenza para dar continuidade à primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. As doses serão encaminhadas aos municípios em distribuição conjunta às doses da Covid-19.

A estimativa, segundo o Ministério da Saúde, é de que 471.548 capixabas sejam imunizados nesta primeira etapa da Campanha, entre crianças de seis meses a cinco anos, gestantes, puérperas, que começaram a vacinação na última segunda-feira (12), além dos trabalhadores da saúde, cuja imunização se inicia no próximo dia 19.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Vacinação contra Influenza para idosos e professores tem início nesta terça-feira (11)

Publicados

em


A segunda etapa da 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza tem início, nesta terça-feira (11), no Espírito Santo. Para esta fase, idosos acima dos 60 anos e professores das Redes Estadual, municipais e privada poderão ser imunizados. Ao todo, a expectativa é que cerca de 650 mil capixabas da população-alvo sejam vacinados, com estimativa populacional, segundo o Ministério da Saúde, de 592.792 idosos acima de 60 anos e 51.171 professores.

Devido à concomitância das ações de vacinação de Influenza e de Covid-19, a orientação é que seja feita primeiramente à aplicação da vacina Covid-19. Além disso, ao público contemplado em ambas campanhas, como é o caso dos professores e idosos, é preciso se atentar ao intervalo de aplicação entre as doses: precisa-se respeitar o intervalo mínimo de 14 dias.

A previsão, segundo o Ministério da Saúde, é que a segunda etapa se encerre no dia 08 de junho. A terceira e última etapa terá início no dia 09 de junho e se estendendo até 09 de julho, e irá contemplar pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança e salvamento; forças armadas; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade que cumprem medidas socioeducativas; e população privada de liberdade.

Leia Também:  Pazuello é flagrado se encontrando com ministro após alegar suspeita de Covid-19

Continuidade da primeira etapa Influenza

A 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza teve início no dia 12 de abril com a imunização, para a primeira etapa, do público de crianças de seis meses a cinco anos, gestantes e puérperas, indígenas e trabalhadores da saúde.

Devido à baixa cobertura dos públicos contemplados nesta fase, o Ministério da Saúde orientou aos estados que deem continuidade à aplicação até alcançarem a meta preconizada de 90% de cobertura vacinal.

Segundo dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, o Espírito Santo aplicou 184.800 doses da Influenza até a manhã desta segunda-feira (10). Além disso, de acordo com dados do LocalizaSUS, a cobertura vacinal para este público é de: 44% para crianças; 40,5% para gestantes; 48,3% para puérperas; 20,8% trabalhadores da saúde; e 84,1% indígenas.

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
SyriaLuppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA