Segurança

Espírito Santo fecha primeiro semestre com menor número de assassinatos em 28 anos

O Espírito Santo fechou o primeiro semestre de 2024 com o melhor resultado da série histórica, em termos de homicídios, dos últimos 28 anos, quando a contagem oficial foi iniciada. Ao todo, o Estado registrou 433 assassinatos, sendo uma redução de 15,8% em relação ao ano passado.

Além disso, o último mês de junho foi o melhor entre todos os meses desde 1996, com a ocorrência de 41 assassinatos. Anteriormente, o melhor resultado mensal havia sido em junho de 2019, com 59 registros. Todas as cinco regiões apresentaram decréscimo de mortes violentas no primeiro semestre deste ano.

Na Região Metropolitana, a queda é de 8,9%, sendo, assim como no Estado, o menor número de assassinatos desde 1996. No Norte, são 25,9% a menos que o ano passado. Nas regiões Sul, Noroeste e Serrana, as quedas chegaram a 13%, 16% e 35,5%, respectivamente. O governador Renato Casagrande afirmou que não há motivos de comemoração, mas destacou o trabalho que vem sendo realizado.

“Fechamos o mês de junho com o melhor mês da série histórica, além do melhor semestre da série histórica. Temos que registrar, sem comemorar, pois ainda temos que trabalhar muito contra episódios de violência. Por isso temos o programa Estado Presente, que fortalece esse trabalho no Espírito Santo. Vamos continuar trabalhando para reduzir ainda mais”, afirmou Casagrande.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Eugênio Ricas, disse que os resultados são reflexo de um trabalho de longa data, que busca alinhar, dentro do programa Estado Presente, o combate à criminalidade em todas as frentes.

“Temos que agradecer muito e elogiar nossos policiais, que têm feito um trabalho incrível de prisão de lideranças criminosas, além de combate diário e ostensivo às organizações envolvidas no tráfico de drogas. Além disso, temos um programa que é diretamente gerido pelo governador Renato Casagrande, o Estado Presente, que foca muito na parte social do problema. A longo prazo teremos grandes resultados e um Estado muito menos violento”, destacou Ricas.

O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, coordenador do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, falou sobre o papel das ações articuladas nos resultados obtividos. “Mais uma vez o Espírito Santo alcança indicadores históricos na segurança pública. Tivemos o menor número de homicídios registrados em um mês desde janeiro de 1996. Muito mais do que números, são vidas preservadas! Isso é fruto de um trabalho articulado, conduzido pelo governador Renato Casagrande, extremamente bem executado pelas nossas forças policias, com iniciativas robustas de proteção a pessoas em vulnerabilidade social e que está, claramente, atingindo resultados importantes”, pontuou.

Confira mais Notícias

Entenda o golpe do Pix errado e saiba como não ser enganado

Brasil

Pesquisa mostra presença de álcool em pães de forma

No Gasômetro

Prefeitura do Rio marca leilão para construção de estádio do Flamengo

600 vagas

Governo do Estado autoriza novo concurso para Polícia Penal do Espírito Santo

Oportunidades

Saúde abre processo seletivo para cadastro reserva

A rodada

Cruzeiro, Fortaleza e Juventude mantêm Flu, Grêmio e Timão no Z-4

Festa

Com Ronaldinho Gaúcho, Jogo das Estrelas está confirmado no Kleber Andrade

A sorte

Três apostas acertam as seis dezenas da Mega-Sena no sorteio desta quinta (4)