Educação

Escola de Cachoeiro expõe trabalhos sobre consumo sustentável

Publicados

em

Evento faz parte do concurso Arte com Energia, cujo tema é A Luz do nosso Futuro

Por | 30.06.2015

 

Alunos da escola municipal Professora Juracy Cruz, em Cachoeiro, apresentaram nesta terça-feira (30) uma exposição de desenhos sobre consumo consciente de energia. Aberto ao público, o evento foi promovido pelo Instituto EDP (IEDP), organização que coordena as ações socioambientais do Grupo EDP.

 

A mostra contou com mais de 200 trabalhos elaborados pelos estudantes do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, dos quais dois de cada ano escolar serão escolhidos por uma comissão externa para seguir para a próxima etapa do concurso Arte com Energia, que tem o tema “A Luz do nosso Futuro”, e integra o programa EDP na Escolas.

 

O objetivo é incentivar a criatividade de crianças e jovens, estimular a manifestação artística e contribuir para o desenvolvimento de um comportamento sustentável. Os três melhores trabalhos de cada ano escolar do ensino fundamental serão escolhidos entre agosto e setembro e serão premiados os alunos, professores e a escola com o melhor trabalho entre todos.

Leia Também:  Marta Cocco em livros que estimulam a imaginação e os sentimentos

 

Representantes da Secretaria Municipal de Educação, do IEDP e autoridades estiveram presentes no evento, que também contou com desfile de roupas feitas com materiais reciclados e apresentações de dança.

 

“É importante frisar que os nossos alunos colocam na prática, em suas casas, tudo o que aprendem por meio dessa iniciativa, que envolve, também, a comunidade”, avalia a gestora da unidade de ensino, Mirielli Mendonça.

 

EDP nas Escolas

 

Trata-se de uma parceria do Instituto EDP com secretarias municipais de educação. A iniciativa, que conta com o apoio do Banco do Brasil, tem como objetivo contribuir para o aumento da qualidade de vida estudantil de alunos de escolas públicas por meio de ações de cidadania e de melhoria do ambiente escolar. Isso ocorre com o fortalecimento pedagógico e da integração entre empresa, escola e comunidade. Em 2014, o projeto beneficiou mais de 10 mil pessoas entre professores e alunos.

 

Outras ações do EDP nas Escolas são a entrega de kits escolares compostos por lápis, canetas, borracha, apontador, estojo, cadernos e mochila e a iniciativa de levar uma peça de teatro para dentro das salas de aulas; e o Professor Sustentável, um conjunto de palestras sobre valores e cidadania; energia e consumo; e gestão de resíduos sólidos ministradas por representantes do Instituto e voluntários da EDP ao longo de três meses para o corpo docente das escolas selecionadas no estado do Espírito Santo – EMEB Professora Juracy Cruz, em Cachoeiro do Itapemirim, e EMEIEF Aládia Trindade Paiva, no município de Baixo Guandu.

Leia Também:  Enem 2021: terminam hoje inscrições para pessoas privadas de liberdade

 

 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Covid-19: rede pública de Curitiba terá aula 100% presencial

Publicados

em


Os alunos da rede pública municipal de Curitiba poderão voltar ao ensino exclusivamente presencial a partir da próxima segunda-feira (27). 

Com a mudança, deixa de vigorar o sistema híbrido, em que alunos das unidades de ensino tinham de alternar a forma presencial e o acompanhamento das aulas na modalidade a distância.

As salas foram divididas em dois grupos, A e B, que se revezavam entre a ida à escola e a prática de ensino remoto.

De acordo com o anúncio feito hoje pela prefeitura, os pais poderão escolher se querem que os filhos acompanhem as aulas de forma 100% presencial ou se permanecem em casa.

Segundo a Secretaria de Educação, 70% das famílias manifestaram a opção de manter os alunos no presencial, enquanto 30% permanecerão no modelo remoto, assistindo às aulas pela TV Escola Curitiba.

As atividades escolares 100% presenciais deverão manter protocolos de segurança, entre eles, estão o uso de máscaras, a higienização com álcool em gel ou água e sabão, horários de entrada e saída escalonados para evitar aglomeração, interdição de bebedouros e desinfecção de móveis e materiais com álcool em gel.

Leia Também:  MEC anuncia apoio a itinerário formativo do novo ensino médio

Edição: Lílian Beraldo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA