Economia

Entenda o plano de reabertura das atividades econômicas na capital paulista

Publicados

em


source
comercio
Veja SP/ Divulgação

Reabertura do comércio em São Paulo deve ocorrer a partir de 1ª de junho

O estado de São Paulo terá novas regras de isolamento social, que darão início à retomada gradual das atividades a partir do dia 1º de julho. De acordo com o governardor João Doria , as medidas serão heterogêneas, e devem levar em conta as características específicas de cada município.

Entre as cidades que com possibilidade de reabertura com restrições, está a capital paulista – descrita pela equipe econômica como pertencente à “fase de controle” no plano atual – que deve liberar quatro setores no próximo mês: atividades imobiliárias, concessionárias, comércio e shopping centers.

Todas as atividades liberadas, porém, devem seguir critérios que buscam diminuir o impacto de aglomerações e maximizar a segurança sanitária para o funcionamento dos estabelecimentos . Além disso, a abertura de outros setores deve ocorrer a medida que o município comprove o controle da pandemia considerando isolamento social, número de leitos disponíveis e estabilidade dos casos.

Leia Também:  Enel terá de pagar multa ao Procon-SP; Entenda o caso

Leia mais: “Óbitos em SP ocorreram por um avanço natural da doença”, diz Gabbardo

Setores que desejam a reabertura devem apresentar planos com protocolos para a Prefeitura. Cabe à gestão municipal definir quem e quando poderá reabrir, assim como os critérios de funcionamento.

plano
Infografia iG

Plano de abertura governo de São Paulo apresenta retomada gradual em cinco fases

De acordo com o prefeito Bruno Covas, o  monitoramento do processo de reabertura deve ser feito com ajuda dos próprios comerciantes. “Esse é um dos segredos de fazer os protocolos com as entidades representativas do setor, para que eles também possam ajudar com auto tutela. Para que as associações também possam fiscalizar , credenciar e orientar os seus associados”, disse.

A cidade de São Paulo registrou 51,8 mil casos de Covid-19 além de 3,4 mil óbitos confirmados pela doença e 3,7 mil mortes que aguardam investigação. O boletim também destacou o índice de 85% em ocupação nos leitos de unidades de terapia intensiva (UTI).

Leia Também:  O que eu não preciso pagar durante a pandemia? Veja o que está suspenso

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Mega-Sena valendo R$ 33 milhões: veja os números sorteados nesta quarta-feira

Publicados

em


source
Prêmio desta semana é de R$ 33 milhões
Agência Brasil

Prêmio desta semana é de R$ 33 milhões

O concurso 2277 da Mega-Sena desta quarta-feira (8), tem um prêmio estimado em R$ 33 milhões. As dezenas sorteadas foram:

10 – 22 – 23 – 37 – 53 – 60 

Segundo a Caixa , ninguém acertou as seis dezenas; prêmio do próximo sorteio está estimado em R$ 40 milhões.

Nesse concurso, 89 apostas acertaram a quina , ou seja, cinco números sorteados, e levaram um prêmio de R$ 31.990,12 cada. Já a quadra teve 5597 apostas ganhadoras, e cada uma levou R$ 726,69.

Como apostar

Para apostar na Mega, o participante deve escolher de seis a 15 números nas lotéricas credenciais pela Caixa , ou no site especial de loterias do banco.

Segundo a Caixa , ninguém acertou as seis dezenas sorteadas no último sábado (4). Os números sorteados foram: 05 – 15 – 18 – 27 – 49 – 57 .

Leia Também:  Mulher chefe de família terá prioridade em auxílio-emergencial

A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 4,50. Nesse caso, a chance de acerto (probabilidade estatística) é de uma em mais de 50 milhões. Os sorteios da Mega-Sena são realizados, normalmente, duas vezes por semana, às quartas e aos sábados.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA