Política Nacional

Enquanto aguarda Alckmin, Lula conversa com PSD e estuda aliança com Pacheco

Publicados

em


source
Ex-presidente Lula em entrevista ao podcast Podpah
PrintScreen/ Youtube Podpah

Ex-presidente Lula em entrevista ao podcast Podpah

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu com o Adalclever Lopes, coordenador da campanha do prefeito de BH, Alexandre Kalil, na sexta-feira (4). O encontro faz parte dos diálogos que o petista mantém com o partido de Kassab em busca de apoio à sua candidatura . Uma das possibilidades da aliança é que Lula apoie Kalil enquanto o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), entraria como vice da chapa presidencial.

Por enquanto, a única garantia do petista é o apoio do PSD em um eventual segundo turno contra Bolsonaro (PL).

Pacheco seria o plano B de Lula. O petista aguarda a decisão de Alckmin, o favorito para compor a chapa presidencial . O ainda tucano, no entanto, ainda não se decidiu se vai para o PSB para ser vice de Lula ou se disputa o governo de São Paulo pelo PSD.

Parte da cúpula do PT acredita que uma aliança com Pacheco produziria o mesmo efeito que Alckmin como vice, isto é, representaria um aceno ao centro e ao mercado.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

Bolsonaro indica Damares como possível candidata ao Senado por SP

Publicados

em


source
Ministra da Mulher, Damares Alves, ao lado do presidente Jair Bolsonaro
Alan Santos/ PR

Ministra da Mulher, Damares Alves, ao lado do presidente Jair Bolsonaro

Em entrevista nesta quarta-feira (19), o presidente Jair Bolsonaro indicou a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, como possível candidata ao Senado por São Paulo. 

O presidente afirmou que o convite para disputa eleitoral foi feito, mas que a ministra ainda não tomou uma decisão. 

“Eu posso adiantar uma possível senadora para São Paulo. Se quiser, eu posso adiantar o nome dela. A ministra Damares. Possível candidata ao Senado. Não está batido o martelo. Até porque é dela palavra final, né? O convite foi feito”, disse em entrevista à Jovem Pan.

Bolsonaro também disse que o ministro Tarcísio de Freitas, pré-candidato ao governo de São Paulo , estuda a possibilidade de ter Damares como companheira de chapa. 

Com Tarcísio e Damares disputando as eleições por São Paulo, Bolsonaro espera ter  palanque e apoio durante as eleições no principal colégio eleitoral do país.

Na última terça-feira (18), o presidente afirmou que  12 ministros deverão deixar seu governo para concorrer às eleições . “No final de março, devemos ter 12 ministros que vão concorrer a cargos eletivos pelo Brasil e já está praticamente acertado quem os substituirá”, afirmou. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA