Cidades

Em Cachoeiro, prazo para rematrículas nas escolas é prorrogado

Publicados

em

A Secretaria Municipal de Educação (Seme), de Cachoeiro de Itapemirim, prorrogou o prazo para solicitação de rematrículas nas escolas municipais. Ela terminaria nesta quinta (26), mas, agora, pode ser feita ao longo de dezembro.

Pais ou responsáveis que desejam garantir a vaga na mesma unidade de ensino que os alunos cursam em 2020, precisam solicitar, primeiro, através do Portal do Aluno (prefeitura.cachoeiro.es.gov.br/educaci/portalaluno). Depois, em fevereiro do próximo ano, deverão comparecer à unidade escolar com os documentos exigidos para confirmação da rematrícula. A documentação necessária exige Cartão de Vacinação atualizado, acompanhado de declaração expedida pela Unidade de Saúde; CPF do responsável e do estudante e laudo médico atualizado (para alunos com deficiência).

Se a rematrícula não for efetuada, os pais ou os responsáveis legais precisarão, obrigatoriamente, declarar o não interesse de que o estudante permaneça na unidade de ensino, preenchendo formulário próprio, no local.

Famílias que não tem acesso à internet, devem entrar em contato com o gestor escolar ou ir à unidade de ensino, onde serão orientadas no processo.

Leia Também:  PM apreende armas e drogas no Sul do ES

“Decidimos estender o prazo de rematrícula para garantir o máximo de tempo possível para que as famílias realizem as solicitações. Por isso, aquelas pessoas que ainda não fizeram o pedido, orientamos que aproveitem a prorrogação”, salienta a secretária de Educação, Cristina Lens.

De acordo com a Seme, até o momento 15.169 rematrículas foram solicitadas.

Matrículas novas

Já para os estudantes que estão em escolas privadas ou estaduais e desejam migrar para a rede municipal, o prazo para o pedido de matrícula continua o mesmo: 04 a 08 de dezembro. A solicitação também deverá ser feita pelo Portal do Aluno.

Assim como nas rematrículas, a apresentação da documentação para efetivação de matrículas também será realizada, em janeiro e fevereiro de 2021, nas respectivas escolas.

Portal do Aluno

Desenvolvido pela Companhia de Tecnologia da Informação de Cachoeiro (Dataci), o Portal do Aluno é utilizado, desde 2019, para a solicitação de rematrículas e de matrículas novas. Neste ano, a ferramenta, que tornou o processo mais prático para os pais de alunos e para a rede municipal de ensino, ganha ainda mais importância por evitar possíveis aglomerações nas escolas, diminuindo riscos de transmissão do novo coronavírus.

Leia Também:  Maratona Enem faz aulão de revisão ao vivo para segundo dia de provas
COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Cachoeiro recebe mais doses da Coronavac para profissionais de saúde

Publicados

em

Foto: Márcia Leal/PMCI

Cachoeiro recebeu, nesta sexta-feira (22), mais 771 doses da vacina Coronavac, para a campanha de imunização contra a Covid-19. Elas são destinadas a profissionais de saúde da linha de frente de combate à doença, grupo prioritário da primeira fase do Plano Municipal de Vacinação.

“Com essa nova remessa, chegamos ao quantitativo para alcançar cerca de 34% dos profissionais de saúde do município com a primeira dose do imunizante. Lembrando que, agora, devem ser priorizados aqueles trabalhadores mais expostos ao risco de contágio, que são indicados pelos estabelecimentos de saúde que atendem pacientes com Covid-19”, frisa o secretário municipal de Saúde, Alex Wingler.

A campanha de imunização foi iniciada em Cachoeiro, na terça-feira (19), com a chegada das primeiras 1.475 doses da Coronavac. A equipe de vacinadores da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) está indo aos estabelecimentos de saúde para imunizar o público-alvo.

De acordo com a Semus, Cachoeiro deve ultrapassar o número de 1.000 vacinados ainda nesta sexta-feira. Além dos trabalhadores da saúde, são grupos prioritários da primeira fase da campanha os residentes e cuidadores das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), já integralmente contemplados com a primeira dose da vacina.

Leia Também:  Maior enchente da história de Cachoeiro completa 1 ano

Duas doses

A vacina Coronavac é administrada em duas doses, e a segunda deve ser aplicada no intervalo de duas a quatro semanas após a aplicação da primeira.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA