Cidades

Em Cachoeiro, agendamento de consultas eletivas nas Unidades Básicas de Saúde é suspenso

Publicados

em

 

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Cachoeiro de Itapemirim suspendeu, nesta semana, o agendamento de consultas eletivas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A medida visa concentrar o trabalho das unidades no atendimento a casos de maior urgência e, sobretudo, de pacientes com sintomas gripais e/ou suspeita de Covid-19, cujo número tem aumentado nas últimas semanas.

Estão mantidas, apenas, as consultas individualizadas de pré-natal e puericultura, dentro dos protocolos de prevenção à Covid-19. Em caso de dúvidas em relação à renovação de receitas e a outros procedimentos, os pacientes podem entrar em contato com o enfermeiro das unidades para orientações. Realização de exames preventivos, atividades em grupo, sala de espera, palestras e qualquer outra atividade que envolva aglomeração estão sendo desmarcadas.

Atualmente, os atendimentos nas UBS são feitos por livre demanda, ou seja, não precisam de agendamento prévio para avaliação médica. Entretanto, a Semus recomenda que apenas os pacientes com sintomas gripais ou que tenham muita necessidade de atendimento por conta de outros fatores – como dores agudas, por exemplo – se dirijam até as unidades.

Leia Também:  Covid-19: Ministério da Saúde seleciona 108 médicos para Manaus

“O número de pacientes com sintomas gripais têm crescido muito e nós precisamos diminuir a circulação de pessoas nas UBS para evitar que o vírus se espalhe ainda mais. Todos os pacientes que necessitarem devem se dirigir às unidades para o devido atendimento, mas fazemos um apelo à população para seja bastante criteriosa ao procurar os serviços de saúde e, principalmente, que mantenha as medidas de prevenção à Covid-19”, afirma a secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho.

Policlínica

A oferta de serviços na Policlínica Municipal Bolívar de Abreu e em outras unidades de serviços especializados da rede municipal não foi alterada até o momento. Entretanto, a Semus reforça que é preciso tomar os devidos cuidados ao se dirigir a esses locais, sempre utilizando máscara de proteção, higienizando as mãos e mantendo o distanciamento social.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Mais de 1 mil pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19 em Cachoeiro

Publicados

em

 

Em Cachoeiro de Itapemirim, 1.185 pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19, conforme contagem até a tarde desta segunda-feira (25). A vacinação foi iniciada na terça-feira passada (19), e as doses foram direcionadas aos grupos prioritários nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), nos hospitais e nas unidades de saúde em que os profissionais atuam.

Todas as pessoas com 60 anos ou mais que se encontram em ILPIs foram imunizados, totalizando 135 doses. Já os profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia somam 1.050 imunizados.

Nesta semana, as equipes de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) percorrem os hospitais Santa Casa de Misericórdia, Hospital Infantil e Unimed para dar continuidade à ação.

“Estamos trabalhando dentro do Plano Municipal de Vacinação. É muito bom ver o número de vacinados crescendo a cada dia, mas reforçamos que, apesar disso, ainda é imprescindível que os cuidados contra o coronavírus continuem sendo observados”, ressalta o secretário municipal de Saúde, Alex Wingler.

Leia Também:  Covid-19: Brasil tem 1,2 mil mortes e 61,9 mil infectados em 24 horas

Nas próximas fases da campanha, Cachoeiro deverá disponibilizar 25 salas de vacina para absorver a demanda espontânea pela imunização. Além disso, dentro do plano municipal de vacinação estão previstas busca ativa de usuários dos grupos prioritários da campanha, atendimento com drive-thru e horário estendido para imunização na Policlínica Municipal e nas unidades do Programa Saúde na Hora.

Vacinas

A vacina Coronavac é administrada em duas doses. A segunda deve ser aplicada no intervalo de duas a quatro semanas após a aplicação da primeira. De acordo com a Semus, nesta terça (26), 2.180 doses da vacina Oxford/AstraZeneca chegarão em Cachoeiro e também serão necessárias duas aplicações.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA