Tecnologia

É o fim: Microsoft vai encerrar suporte ao Windows 8.1 em 2023

Publicado em

source
Windows 8.1 deixará de ser atualizado
Reprodução

Windows 8.1 deixará de ser atualizado

O ciclo de vida do Windows 8.1 está chegando ao fim. A partir do próximo mês, a Microsoft enviará lembretes para alertar os usuários sobre o encerramento do suporte, marcado para 10 de janeiro de 2023. O sistema operacional, lançado em 2013, vai continuar funcionando, mas deixará de receber atualizações de segurança.

A decisão de “aposentar” o Windows 8.1 era só questão de tempo, já que a Microsoft encerrou o suporte do Windows 8 em 2016. Infelizmente, a gigante de Redmond não oferecerá o programa Extended Security Update (ESU). Portanto, empresas que ainda usam essa versão não poderão pagar para ter pacotes adicionais de segurança.

Com o fim do suporte, os usuários do Windows 8.1 terão que instalar um software mais recente ou comprar um novo computador. No entanto, a própria Microsoft alerta que a maioria dos PCs com 8.1 não são compatíveis com Windows 11 devido aos requisitos de CPU. A alternativa é o Windows 10, que continuará sendo suportado até outubro de 2025.

Leia Também:  HBO Max e Discovery+ vão se tornar uma única plataforma de streaming

Vale ressaltar um detalhe importante: as máquinas com a versão 8.1 não vão parar de funcionar após o fim do suporte. Na verdade, elas apenas deixarão de receber novas correções de segurança ou qualquer outra atualização de software, implicando em vulnerabilidades que podem ser exploradas por malwares. Ou seja, o recomendado é realizar a atualização para se manter protegido ou adquirir um novo PC.

Windows 8 e 8.1: uma aposta que não deu certo

Com a “despedida” marcada para 10 de janeiro de 2023, o Windows 8.1 não vai deixar muita saudade, assim como aconteceu com o Windows 8 em 2016.

Na primeira versão, apresentada em 2012, a Microsoft apostou em um sistema centrado em toques e Live Tiles, removendo características importantes, como o clássico botão Iniciar. Isso fez com que muitos usuários rejeitassem a ideia.

Leia Também:  Black Shark 5: celular gamer ganha versão global com recarga rápida

Um ano depois, a segunda versão retornou com o botão e alguns outros detalhes, mas não foi suficiente para atrair a atenção dos consumidores. Portanto, a era do Windows 8 chega ao fim de forma melancólica, fazendo com que muitos fãs da Microsoft sequer sintam falta dessas versões.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tecnologia

Fábio Faria nega desmatamento da Amazônia para instalação do 5G

Published

on

Fábio Faria disse que 10 milhões de pessoas devem ser favorecidas
Alan Santos/ PR

Fábio Faria disse que 10 milhões de pessoas devem ser favorecidas

O ministro das Comunicações, Fabio Faria, disse que o país deverá conectar na rede 5G pelo menos 10 milhões de pessoas na Amazônia sem derrubar uma única árvore. O ministro afirmou que isso será feito através da instalação de uma rede de fibra ótica, e a região passará a ter a rede 5G dentro do programa Norte Conectado.

Faria lembrou que mais de 40 milhões de brasileiros ainda não têm redes de conexão atualmente e a meta do governo é encerrar os chamados “desertos digitais” no país, sem especificar prazos. Ele disse que serão investidos pelo menos R$ 10 bilhões para conectar todas a vilas e aldeias do país.

“Vamos conectar 10 milhões de pessoas na Amazônia, com fibra ótica, sem cortar uma única árvore”, disse Faria, lembrando que serão investidos outros R$ 3,1 bilhões para cobrir escolas públicas com a rede.

O ministro falou durante o Seminário 5G.BR, organizado pela sua pasta. Ele disse que a implantação dessa tecnologia trará um ciclo longo de investimentos no país e que haverá transformações importantes em diferentes setores, como agricultura, finanças e indústria.

Leia Também:  WhatsApp lança extensão que alerta usuário se versão web for hackeada

E depois, afirmou, o país deverá investir em capital humano. O ministro mediou o painel sobre como a tecnologia poderá contribuir para que as metas de desenvolvimento sustentável sejam atingidas no país.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

A rede 5G pura deverá chegar a pelo menos 25 capitais do país até o final de agosto, estimou o ministro. Manaus e Belém ainda enfrentam dificuldades na limpeza da faixa e deverão ativar sua rede 5G em 60 dias.

O cronograma da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) indica que todas as capitais devem ter a faixa do 5G liberada até o fim do mês, mas as empresas de telecomunicações só serão obrigadas a ativarem o sinal até o final de setembro, quando a Anatel começará a fiscalizar o sinal da rede. O ministro afirmou que as teles estão ativando o sinal imediatamente após a faixa ser liberada.

Leia Também:  Galaxy S20 FE 5G chega ao Brasil com Snapdragon 865 e câmera tripla

“O que temos no radar é que até o final deste mês pelo menos 25 capitais estarão funcionando o 5G”, disse o ministro.

O sinal já está funcionando em Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, São Paulo e João Pessoa. Na próxima semana, Curitiba, Salvador e Goiânia começam a usar a rede. Depois, a rede 5G chegará ao Rio de Janeiro.

Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA