Tecnologia

Disney+ vai adicionar conteúdo toda sexta-feira no Brasil

Publicados

em


source

Tecnoblog

disney+
Divulgação

The Mandalorian é uma das séries que ganham novos episódios às sextas

O Disney+ chegou ao Brasil há poucos dias e deu detalhes sobre novos conteúdos. O serviço anunciou que vai adicionar produções originais toda sexta-feira. As primeiras serão incluídas pela plataforma já nesta sexta (27), com novos episódios da segunda temporada de The Mandalorian , da série de High School Musical , entre outros.

Um dos pontos que chamaram a atenção na estreia do serviço de streaming no Brasil foi a ausência de episódios e até de seriados completos . Com o anúncio de novos conteúdos às sextas-feiras, a plataforma aponta para a estratégia de liberar as produções aos poucos para manter usuários com suas assinaturas por mais tempo.

Confira os títulos que entrarão no Disney+:

Noelle

Noelle Kringle quer fazer algo importante como o irmão Nick, que deve manter uma tradição natalina após a morte do pai. Por conta da pressão, ela sugere uma viagem de alguns dias, mas, ao perceber que ele não voltou, sai em busca do irmão para trazê-lo de volta a tempo do Natal .

Leia Também:  Cadastros falsos para vacinação roubam dados das vítimas; saiba se proteger

The Mandalorian

A plataforma já havia liberado os primeiros quatro episódios da segunda temporada de The Mandalorian e, agora, vai disponibilizar mais capítulos. Na segunda temporada, o Mandaloriano e a Criança (o Baby Yoda) continuam a jornada depois da queda do Império Galáctico.

Star Wars: The Clone Wars

O serviço de streaming também vai liberar novos episódios da sétima temporada (e última) da animação Star Wars: The Clone Wars . A produção, exibida no Cartoon Network em suas primeiras cinco temporadas e na Netflix na sexta temporada, agora é exclusiva do Disney+ .

Diário de uma Futura Presidente

Lançada no início de 2020 e com uma segunda temporada anunciada, a série se concentra em Elena Cañero-Reed, uma menina cubano-americana de 12 anos que deseja se tornar presidente dos Estados Unidos. Em seu diário, ela narra os problemas que enfrenta na escola que a ajudarão a se tornar uma líder.

High School Musical: A Série: O Musical

A história do filme de 2006 foi recontada com um novo grupo de alunos que se prepara para uma produção teatral na escola. Com a segunda temporada da série confirmada, o Disney+ estreou no Brasil com apenas um episódio da nova versão de High School Musical .

Leia Também:  Assim como Trump, políticos brasileiros podem ser banidos das redes sociais?

Pixar na vida real

A série de live-action leva personagens da Pixar , como WALL-E, Dory (Procurando Nemo) e Russell (Up), e outros momentos marcantes das animações para o mundo real, e acompanha a reação das pessoas que passam por eles.

Sobrevoando

Produzida pela National Geographic e narrada por Rodrigo Santoro, o programa apresenta imagens aéreas e a história de locais da América Latina como o Canal de Beagle e o Mar do Caribe.

Explorando Destinos

Bob Woodruff é um ex-correspondente de guerra que viveu as piores situações a trabalho. Em Explorando Destinos, ele viaja com o filho, Mack, para buscar experiências positivas.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Megavazamento pode trazer prejuízos a todos os brasileiros; saiba o que fazer

Publicados

em


source
Dados vazados expuseram quase todos os brasileiros
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Dados vazados expuseram quase todos os brasileiros

O vazamento que expôs dados de quase todos os brasileiros , ultrapassando 220 milhões de CPFs tem deixado muita gente preocupada. E não é para menos: muito pior do que se esperava , o banco de dados inclui várias informações de cada uma dessas pessoas – vivas ou mortas -, como foto, endereço, telefone, e-mail e salário.

O problema é que, com tanta gente exposta, fica difícil saber quem está no meio e pode sofrer as possíveis consequências. Marco DeMello, presidente executivo da PSafe, empresa que foi a primeira a reportar o caso, disse ao Estadão que, dada a magnitude do vazamento , é difícil que algum brasileiro tenha ficado de fora. “A essa altura, todos os CPFs brasileiros estão nessa base de dados roubada. Estão lá meus familiares, meus sócios, minha equipe e qualquer coisa que eu pesquiso nos extratos. É assustador”, afirmou.

De acordo com apuração do Tecnoblog, todos os 223 milhões  CPFs estão expostos gratuitamente, enquanto o restante dos dados está à venda na internet por valores que variam de US$ 0,075 a US$ 1 por CPF.

Leia Também:  WhatsApp Web terá chamada de voz e vídeo; veja como será

Isso significa que as informações podem ser compradas por cibercriminosos , que podem usá-las para aplicar diversos tipos de golpes, sobretudo os financeiros.

Você viu?

Com os tipos de dados presentes no vazamento, é possível que os golpistas assumam a identidade da vítima para fazer uma dívida, por exemplo. Além disso, é possível que as informações sejam usadas para praticar a chamada engenharia social, convencendo a vítima de que ela precisa passar mais dados – ou até dinheiro. Um CPF e um endereço roubados podem, por exemplo, serem usados para gerar um boleto tão legítimo que a vítima vai acreditar que deve pagá-lo.

Outra opção é que os criminosos usem dados de pessoas com mais visibilidade, como políticos ou executivos de alto cargo para extorquir dinheiro.

Por isso, é preciso que todas as pessoas estejam atentas a movimentações em contas e contatos por telefone, e-mail ou mensagem que sejam suspeitos. Caso algo fora do comum aconteça, o ideal é formalizar um boletim de ocorrência.

Por enquanto, ainda não se provou de onde vieram os dados vazados . Informações presentes no banco ligam as informações à empresa de análise de crédito Serasa Experian . A companhia nega relação e diz investigar o caso.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA