Brasil

Dilma recebe ministros nesta segunda às 10h30 para ouvir balanço de ações contra enchentes

Publicado em

Por | 09.01.2012

Brasília – Cinco ministros se reuniram na noite deste domingo em Brasília para avaliar a situação dos estados atingidos pelas chuvas e terão que apresentar um balanço das ações à presidenta Dilma Rousseff, em reunião marcada para  hoje (9), às 10h30, no Palácio do Planalto.

 

As chuvas que atingem a Região Sudeste, principalmente Minas Gerais, fizeram o governo mobilizar cinco ministros neste domingo (8): a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e os titulares da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, dos Transportes, Paulo Passos, e da Saúde, Alexandre Padilha.

 

A reunião começou por volta de 18h30 e cada ministério está apresentando um balanço das ações da pasta no enfrentamento das enchentes, além de definir novas medidas para os próximos dias. Entre as ações, o governo estuda uma parceria com a Vale e a Universidade Federal de Ouro Preto para o envio de geólogos que vão avaliar a situação da cidade histórica, fortemente atingida pelos temporais. A cidade registrou deslizamentos de encostas, sendo que um deles atingiu parte da rodoviária e matou dois taxistas.

Leia Também:  Seis em cada dez brasileiros dizem que reforma da Previdência é necessária, revela pesquisa da CNI

 

O governo também decidiu manter até março os postos avançados instalados nesta semana em Minas Gerais, no Espírito Santo e Rio de Janeiro, que integram equipes das defesas civis federal, estadual e municipal.

 

Além das chuvas no Sudeste, os ministros discutem medidas para os municípios que sofrem com a estiagem na Região Sul. Cento e dois municípios do Rio Grande do Sul e 36 de Santa Catarina decretaram situação de emergência por causa da seca no oeste dos dois estados. No total, os prejuízos causados pela seca na região chegam a R$ 2,797 bilhões, segundo dados da Defesa Civil dos três estados da região e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater). Só a produção de soja no Rio Grande do Sul deve sofrer 25% de perdas. No Paraná, a redução da colheira de soja chegará a 10% em relação à safra de 2011.

 

 

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Brasil

Prefeito de Cachoeiro, Victor Coelho, exonera dois secretários municipais

Published

on

Foto: arquivo

Cachoeiro de Itapemirim começa a semana com duas mudanças significativas no seu primeiro escalão. O prefeito Victor Coelho (PSB) mexe em pastas consideradas o coração de qualquer governo. Foram exonerados o secretário de Obras, Desil Moreira Henrique, e o de Governo e Planejamento Estratégico, Cláudio José Mello de Souza.

No Diário Oficial desta segunda-feira (16) consta que ambos desembarcaram do governo municipal a pedido, que é uma forma educada e muito usual para se dispensar servidores. Os reais motivos para a troca são ignotos.

Novos Nomes

Interinamente o prefeito opta por nomes que já conhecem a máquina. Na Secretaria de Obras, por exemplo, entra Rodrigo de Almeida Bolelli, que atuava no cargo de subsecretário de Gestão e Fiscalização de Obras. Ou seja, já tem intimidade com os trâmites da pasta.

E para a Secretaria de Governo e Planejamento Estratégico entra a advogada Ângela de Paula Barbosa, fiel escudeira de Victor Coelho e considerada aliada de primeira hora. Ela ocupava o cargo de coordenadora executiva do Gabinete do Prefeito.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Telefonia celular é campeã nacional de reclamações de consumidores
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA