Segurança

DHPP da Serra conclui que pai matou o filho em legítima defesa em Jardim Tropical

Publicados

em


A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra, concluiu a investigação do homicídio de Weberson Corrêa, de 28 anos. Em coletiva realizada na manhã dessa quarta-feira (24), o titular da DHPP da Serra, delegado Rodrigo Sandi Mori, falou sobre a conclusão do inquérito. “A falta de diálogo dentro de casa e, principalmente, a ingestão de bebida alcoólica motivaram o crime”, destacou o delegado.

A vítima foi morta a facadas pelo pai, na noite do último sábado (20), no bairro Jardim Tropical. Após o ocorrido, o autor do homicídio se evadiu do local levando a faca utilizada na ocasião. Intimado, o investigado compareceu na delegacia nessa terça-feira (23) e prestou um depoimento que durou cerca de 2 horas e meia. O delegado destacou que a fala do autor está em perfeita consonância com os depoimentos das testemunhas.

O caso foi entendido como legítima defesa e o autor não vai responder pelo homicídio. “Diante do contexto e de todas as diligências que foram realizadas, nós entendemos que o pai agiu em legítima defesa. Primeiro em relação a sua nora e ao filho dela, e depois em relação a ele”, explicou Sandi Mori.

Homicídio

Para contextualizar a legítima defesa, o delegado informou detalhadamente os fatos que resultaram na morte de Weberson Corrêa. De acordo com os levantamentos da DHPP da Serra, pai e filho nunca tinham vivenciado qualquer desentendimento grave, até o último final de semana. No sábado (20), o autor, a vítima, a esposa da vítima e o filho dela, de seis anos, foram até a casa de um amigo do pai da vítima, onde passaram o dia consumindo bebidas alcoólicas.

Leia Também:  Polícia Militar forma a primeira turma de soldado com Curso Superior de Tecnologia em Segurança Pública

Ao final da tarde, Weberson Corrêa começou a se alterar e a fazer brincadeiras inadequadas. Então, o pai chamou a atenção dele e, em seguida, se retirou do local, acompanhado da esposa de Weberson Corrêa e do filho dela. Ele saiu do local em seguida e, no caminho até a casa de seu pai, a vítima ainda teria jogado um copo de cerveja em um carro que passava pelo local, o que acarretou em uma briga física entre Weberson Corrêa e os dois ocupantes do veículo.
 
Chegando à casa do pai, Weberson Corrêa entrou em discussão com a esposa, vindo a agredir a mulher e o filho dela. Foi quando o pai dele interferiu na situação e acabou agredido também, com vários socos na cabeça. Depois de conseguir se desvencilhar das agressões do filho e tentando se defender, se dirigiu até a cozinha, pegou uma faca e entrou no próprio carro, para sair do local e evitar outra confusão.

A vítima o seguiu até o veículo, começou a desferir socos no vidro e tentou abrir a porta para retirar o pai de dentro do carro. Neste exato momento, o autor do crime desembarcou do automóvel e desferiu três facadas em Weberson Corrêa, uma na coxa esquerda, outra na lateral direita do corpo e a facada fatal em seu peito.

Leia Também:  Suspeito de roubar farmácia em Vila Velha é preso após investigação do 6º Distrito Policial

Ao perceber que o filho havia caído, o pai cessou as agressões e se retirou do local. Em um primeiro momento, ele foi para a casa da esposa, no bairro Feu Rosa, ainda no município de Serra, e depois, muito transtornado com o ocorrido, se dirigiu até o município de Governador Valadares, Minas Gerais. Durante o percurso, o pai da vítima jogou a faca utilizada no crime na altura da BR-101, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Nessa terça-feira (23), a equipe da DHPP da Serra, com a ajuda do autor do crime, conseguiu localizar a faca exatamente onde foi deixada no dia do ocorrido. O Inquérito foi concluído e remetido ao Ministério Público, com sugestão de arquivamento por entender que se tratar de legítima defesa. 

Texto: Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi)

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
[email protected]

Atendimento à Imprensa:
Matheus Zardini/Camila Ferreira
(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693 / (27)99231-5157
[email protected]

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

PM Apreende drogas e detém indivíduo com mandado de prisão em Guarapari

Publicados

em


Por volta das 15h uma equipe de policiais militares recebeu a informação que chegaria um carregamento de drogas no bairro Ipiranga. Desta forma, os militares prosseguiram ao local e avistaram uma movimentação suspeita entre um casal a bordo de um veículo entregando uma caixa de papelão à um indivíduo. Uma equipe observou o suspeito adentrar em uma residência em posse da entrega, momento que realizaram abordagem policial. No interior da casa foram localizados 7 pinos de cocaína, 20 buchas de maconha e R$326,00 em dinheiro. Dentro da caixa de papelão foram apreendidos 11 tabletes e 2 pedaços de maconha. Foi constatado que o indivíduo era um menor de 16 anos. Outra guarnição abordou um casal que estava a bordo de um veículo. Eles foram identificados e todos foram encaminhados ao DPJ. (Imagem 01)

Por volta das 20h, uma guarnição apreendeu entorpecentes no bairro Village do Sol. Foram apreendidos 34 pinos de cocaína, 11 buchas de maconha e R$ 226 reais em dinheiro. Não houve detidos. (Imagem 02)

Leia Também:  Força Tática do 2º Batalhão apreende arma de fogo no balneário de Mucurici

No mesmo horário, um indivíduo foi detido no bairro Santa Mônica pois encontrava-se com mandado de prisão em aberto.

Os detidos foram encaminhados para a delegacia local juntamente com os materiais apreendidos.

Fonte: PM ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA