Tecnologia

Destroços de nave da SpaceX são encontrados na Austrália

Publicado em

Nave de Elon Musk se desintegrou no espaço e lixo caiu em fazenda na Austrália
Karol Albuquerque

Nave de Elon Musk se desintegrou no espaço e lixo caiu em fazenda na Austrália

A Agência Espacial da Austrália confirmou nesta quinta-feira (4) que o lixo espacial encontrado na zona rural de Dalgety é uma nave da SpaceX, empresa do bilionário Elon Musk. A nave, lançada em 2021, se desintegrou e uma das peças atingiu a cidade australiana no começo do mês passado.

O objeto foi encontrado por um fazendeiro na semana passada. À agência France Press, o agricultor disse ter ficado feliz com a descoberta, mas admite estranheza.

“Foi meio excitante e estranho ao mesmo tempo. Encontrar o grande pedaço embutido em um campo vazio me lembrou de algo saído do filme de ficção científica como ‘2001: Uma Odisséia no Espaço’. É surpreendente ver isso”, contou.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

A peça fazia parte de um tronco lançado pela cápsula Crew-1, segundo informações das autoridades.

A agência australiana alertou a população para a possibilidade de encontrar outros destroços da nave. O governo ainda deve discutir a queda dos destroços com parceiros internacionais, entre eles os Estados Unidos.

Elon Musk e a SpaceX não se pronunciaram sobre a queda dos destroços até o momento. A Casa Branca também não se manifestou sobre o ocorrido.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tecnologia

Usuários do Signal têm dados vazados após ataque hacker

Published

on

Empresa parceira do Signal sofre invasão
Unsplash

Empresa parceira do Signal sofre invasão

Usuários do Signal tiveram seus números de celular expostos após um ataque hacker em uma empresa que presta serviços para o mensageiro. Cerca de 1.900 usuários tiveram seus dados vazados.

A invasão aconteceu na empresa Twilio, responsável pela verificação de números de telefone de usuários do Signal. Através de uma campanha de phishing, os hackers conseguiram enganar funcionários da Twilio e invadirem os sistemas da empresa. Além do Signal, cerca de 125 outros clientes da companhia foram afetados.

De acordo com o Signal, apenas os números de celular e códigos de registro de SMS foram vazados. “Histórico de mensagens, informações de perfil, listas de contatos e outros dados não foram acessados”, garantiu a empresa.

Com os dados vazados, porém, é possível que os hackers consigam clonar contas do Signal nas quais os usuários não ativaram o bloqueio de registro. As pessoas afetadas pela falha de segurança estão recebendo alertas oficiais do Signal sobre o que fazerem para protegerem suas contas.

Leia Também:  Xiaomi Mi Band 7 é oficial com tela maior e bateria que dura 15 dias


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA