Turismo

Destino dos famosos: a Torre, o Arco e as luzes de Paris

Publicados

em


source
Rodrigo Lombardi, Neymar e Valesca Popozuda já visitaram a Cidade Luz
Reprodução/Instagram

Rodrigo Lombardi, Neymar e Valesca Popozuda já visitaram a Cidade Luz


Como Portugal, Paris é cada vez mais procurada por brasileiros para visitar e até morar. Celebridades como Rodrigo Lombardi e Valesca Popouzuda já visitaram a Cidade-Luz, já Neymar, escolheu a cidade para viver e defender o time da cidade: o Paris Saint-Germain. A cidade é famosa pelo ar romântico, suas belezas e muita história. 

Apesar de conhecida pela Torre Eiffel e a Catedral de Notre Dame, a capital francesa é centro mundial da arte, moda, cultura e gastronomia, procurada por quem quer viajar no tempo e ser transportado para os anos do iluminismo e para a Bélle Époque. 


Por ser repleta de cultura e locais para visitar, Paris deve ser visitada de forma única. A melhor época para conhecer a cidade é na primavera, mas se você tem alergia a pólen, opte pelo outono, que tem temperaturas mais amenas, entre setembro e novembro.

É importante lembrar que a cidade é tão única e repleta de opções que não é possível conhecê-la inteira em três dias. Por isso, o iG Turismo reuniu dicas para você visitar o país quando a pandemia de Covid-19 acabar, já que a França cancelou todos os voos vindos do Brasil. 

Como chegar a Paris?

A Torre Eiffel é o ponto mais visitado em Paris
Reprodução/freepik

A Torre Eiffel é o ponto mais visitado em Paris

Para chegar em Paris, você pode pegar um voo direto saindo do Brasil ou ir para um país próximo e acessar por meio de uma conexão. Saindo de São Paulo, o preço médio da passagem aérea é de R$ 2,8 mil, já de Recife, por mais que seja mais próximo da Europa, o preço médio é mais caro: R$ 3,7 mil.

Leia Também:  Tem até agência de correio! 7 pontos turísticos submersos espalhados pelo mundo

Para se locomover pela capital, você pode pegar o metrô, ônibus, andar pelas ruas e becos ou alugar um carro. Como a cidade é pequena e tem um trânsito um pouco desagradável, o mais aceitável é andar pela cidade em transporte público. 

Onde se hospedar?

Paris tem diversos pontos para visitar
Reprodução

Paris tem diversos pontos para visitar

Para se hospedar em Paris, há diversas opções, seja hostels, hotéis com poucas estrelas ou até com cinco estrelas. Então, preste atenção na região que você irá se hospedar, pois os limites da cidade e bairros residenciais não são boas opções. A média diária de hospedagem em hotéis de três estrelas é de R$ 487, já os de cinco estrelas tem média de R$ 2,3 mil.

O que fazer em Paris?

Louvre é um dos museus mais famosos do mundo
Reprodução

Louvre é um dos museus mais famosos do mundo

Se ama cultura e história, não deixe de passear pelos famosos museus de Paris e, claro, com parada obrigatória no Museu do Louvre , um dos mais famosos do mundo e que abriga a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, além da estátua da Vênus de Milo, de Michelangelo. 

Outro museu que é obrigatório visitar é o Museu D’orsay, que é instalado em uma estação de trens na capital francesa. O local abriga uma vasta coleção de importantes obras, como o Autorretrato, de Van Gogh e as Coquelicots, de Claude Monet. 

Leia Também:  Campos do Jordão oferece trilhas para quem adora se aventurar sem aglomerar

Além disso, não tenha medo de turistar! Visite a Torre Eiffel, mas evite de fazer uma refeição lá – Rodrigo Lombardi não gostou de ficar dentro da torre. Mas você pode subir até o ponto mais alto e tirar fotos de arrasar. 

Depois da Torre Eiffel, a avenida Champs-Elysées e o Arco do Triunfo, que fica na avenida, são visitas obrigatórias em Paris. “A mais bela avenida do mundo” é repleta de lojas, restaurantes e o arco, que é um dos pontos mais famosos da capital francesa, por ser palco de fatos históricos e guerras.

Não esqueça também da Catedral Notre Dame! Cenário de “O Concurda de Notre Dame” e da coroação de Napoleão, a igreja está sendo reconstruída após o incêndio em abril de 2019, mas ainda sim vale a visita. 

O que comer em Paris?

Paris tem diversos cafés e bistrôs
Reprodução

Paris tem diversos cafés e bistrôs


Ao visitar Paris, invista na sua alimentação. Desde o mais econômico até o mais caro, é possível comer bem sem se arrepender. Uma dica é de visitar universidades em Paris caso queira algo econômico e saboroso, já que há diversos cafés e bistrôs nos campus. 

Deixe o preconceito de lado e experimente as comidas mais deliciosas da França. Uma comida obrigatória é o steak tartare, prato com carne crua, ovo e outras especiarias que deve estar na sua lista para experimentar. Outro prato delicioso e perfeito para os amantes de queijo é o raclette, que leva muito queijo derretido e tem uma apresentação linda.

E claro, sem esquecer dos brioches, croassaints, éclairs e macarons! Em bistrôs e cafés da cidade, você encontra estas sobremesas deliciosas. E que tal visitar o Café Deux Moulins, cenário do filme “O Fabuloso Destino de Amelié Poulain” e comer um belo crème brûlée como a protagonista do longa? Além da visita, esta é uma sobremesa obrigatória para comer em Paris. Se quer mais uma referência cinematográfica, procure por um restaurante com ratatouille, prato camponês da França retratado no filme de mesmo nome da Pixar. 

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Aluguel de motorhome: opção para viajar com segurança durante a pandemia

Publicados

em


source
Aluguel de motorhome é uma opção de turismo durante a pandemia
Reprodução

Aluguel de motorhome é uma opção de turismo durante a pandemia


A pandemia do coronavírus tornou as viagens algo difícil de ser realizado. Seja de avião ou ônibus, entrar em um veículo com outros passageiros pode gerar pequenas aglomerações que facilitam a disseminação do vírus. Por este motivo, muitos turistas têm se rendido a uma forma antiga de cair na estrada em plena segurança: passeios de motorhomes.

Essas verdadeiras casas sobre quatro rodas são equipadas com cozinha, banheiro e dormitório, o que permite que uma família inteira se acomode dentro do veículo e permite que as longas viagens não sejam um sofrimento. O filme “Nomadland”, por exemplo, que levou três estatuetas no Oscar 2021 (Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Atriz), conta a vida de nômades modernos, pessoas que decidiram deixar suas casas tradicionais para viver na estrada dentro de carros, vans ou ônibus.


Para quem não quer passar tanto perrengue e gosta de um certo conforto, é possível viajar dentro da própria casa alugando um motorhome. Em conversa com o iG Turismo, Paulo Zanin, sócio diretor da Pura Vida, empresa que aluga os veículos, explica que o primeiro passo é verificar o tamanho do carro, para ver se atende à capacidade de pessoas que vão viajar.

“Uma família com dois adultos e duas crianças, por exemplo, precisa de um veículo adequado”, explica. “Depois da escolha do motorhome, é preciso confirmar se ele estará disponível na data desejada. O próximo passo é enviar a documentação e elaborar o contrato. Por último, no dia da viagem, é realizado um treinamento detalhado e a empresa fornece um manual com todos os funcionamentos do carro”, completa. 

Precisa de uma classe especial na CNH?

Segundo Paulo, vai depender do tamanho, peso e capacidade do carro. “Para os furgões, geralmente é necessária a carteira B, ônibus e micro-ônibus carteiras C e D”.

Eu posso alugar um motorhome e ir para onde eu quiser no mundo?

“Geralmente, nós restringimos as viagens a alguns países. Priorizamos os países do Mercosul. Com exceção da Bolívia, que possui algumas leis que dificultam a viagem em carros de terceiros, ou seja, carros que não estejam no nome do motorista”, explica.

Leia Também:  Guia do acampamento: o que é preciso saber para viver esta experiência

A empresa fornece algum seguro ou é preciso fazer um por conta própria?

“A empresa fornece dois tipos de seguros: do veículo, que está incluso nas diárias, e o seguro viagem, que é cobrado em viagens acima de sete dias. O seguro viagem está relacionado aos viajantes e o seguro veículo aos carros”, detalha.

Quais as principais vantagens de se alugar um motorhome?

“Em um motorhome temos carro, casa e restaurante, tudo no mesmo local. Há uma flexibilidade muito grande em horários, nós escolhemos onde parar, onde comer, escolhemos a que horas chegar e sair dos lugares. E ainda há o isolamento que se faz necessário durante a pandemia. Enfim, você é protagonista da sua própria viagem, não somos fadados a uma viagem tradicional, em que temos hora para entrar e sair. Voce escolhe”, explica.

Quanto custa alugar um motorhome?

“O valor das diárias depende do tamanho, modelo, ano de fabricação, equipamentos dentro do carro e capacidade. A diária pode variar entre uma média de R$ 600 e R$ 900”.

Você viu?

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA