Política Nacional

Damares revela se foi traída por Bolsonaro: “Farei muito barulho”

Publicados

em

 Damares saiu em defesa do presidente Bolsonaro
Reprodução

Damares saiu em defesa do presidente Bolsonaro


Nesta quinta-feira (21), a ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves saiu em defesa do presidente Jair Bolsonaro (PL). Ela afirmou que o chefe do executivo federal não a traiu e nem a obrigou a retirar sua pré-candidatura ao Senado pelo Distrito Federal.

Em texto escrito em seu perfil no Twitter, Damares informou que seguirá apoiando o atual presidente, classificando-a como “soldado do capitão”. A ex-ministra ainda revelou que ainda não decidiu se irá concorrer ao cargo de deputada federal.

“Saibam que o Presidente Bolsonaro não me traiu, não me passou rasteira alguma e tampouco me forçou a recuar em minha pré-candidatura ao Senado pelo DF. De fato, tivemos uma reunião e entramos em consenso sobre a importância de fortalecer a direita no Distrito Federal”, escreveu ela.

“Em nome do projeto do Brasil, entendi que eu poderia servir às famílias do DF e também ao meu país de outras formas e em outras posições. O Presidente Bolsonaro sugeriu que eu concorra a Deputada Federal, o que ainda não decidi. Tudo depende da posição de meu Partido”, acrescentou.

Leia Também:  Eslováquia expulsa de 35 diplomatas russos

“Gente, sou soldado do Capitão Bolsonaro e todas as minhas decisões são tomadas pensando no projeto do Brasil! Agradeço todas as mensagens de carinho! E a esquerda que se segure! Eu ainda farei muito barulho contra seus planos nefastos”, concluiu.

Na última terça (19), Ibaneis Rocha (MDB) recebeu a confirmação que será apoiado por Bolsonaro na eleição para o governo do DF. Flávia Arruda (PL) fará parte da chapa como candidata ao Senado.


Entre no canal do  Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG .

Fonte: IG Política

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política Nacional

Ciro Nogueira zomba de fala de Haddad sobre telefonia

Publicados

em

Fernando Haddad falou sobre telefonia móvel no debate na Band
Reprodução/Band

Fernando Haddad falou sobre telefonia móvel no debate na Band

Nesta segunda-feira (8), o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, zombou da declaração do candidato ao governo do estado de São Paulo Fernando Haddad (PT) sobre o custo da telefonia no Brasil. No debate da Band , que aconteceu no último domingo (7), o petista afirmou que a privatização da energia elétrica não diminuiu os valores das contas da população e fez comparação com a telefonia.

“Você que é um pouco mais velho vai se lembrar do que prometeram para você nos anos 90: a privatização da energia elétrica baratearia o custo da energia. Veja quanto você paga hoje de energia elétrica na sua casa, compare com o passado. Veja quanto você tá pagando hoje de telefonia celular, de telefonia fixa, compare com o passado”, disse Haddad.

Ciro Nogueira, que faz parte do governo Bolsonaro, colocou o trecho no seu perfil no Instagram e ironizou o comentário do adversário de Tarcísio de Freitas (Republicanos), candidato bolsonarista ao governo paulista.

Leia Também:  Veja lista de contradições em três anos e meio de governo Bolsonaro

“Telefonia mais barata? Só no mundo do PT, quando o brasileiro não tinha telefone antes da privatização, mas só os ricos. Esse pensamento das cavernas faz sentido? Claro que não. É esse atraso que não pode voltar”, escreveu o ministro.

Ciro Nogueira tem usado as redes sociais para criticar os adversários do presidente Jair Bolsonaro (PL) e demonstrar total sintonia com o chefe do executivo federal.

Assista ao vídeo:


Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA