Cidades

Covid-19: Prefeitura de Cachoeiro já investiu quase R$ 13 milhões em ações emergenciais

Publicados

em

A Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim já investiu R$ 12,9 milhões em ações de enfrentamento à Covid-19. O valor abrange compras e repasses emergenciais diversos direcionados à Saúde e a outras áreas afetadas pela pandemia.

Os dados atualizados podem ser conferidos no site transparencia.cachoeiro.es.gov.br/covid19. No portal, além do valor já pago, está disponibilizado o valor empenhado (reservado para efetuar um pagamento planejado) e liquidado (quando o empenho se confirma e o serviço é executado – etapa prévia ao pagamento).

Também é possível acessar o relatório de receitas. De acordo com as informações do portal, o município recebeu R$ 8,6 milhões para custear as ações emergenciais. Desse total, 83,6% (R$ 7,247 milhões) se refere ao custeio das atividades do SUS diretamente relacionadas à Covid-19.

Dentre as compras emergenciais efetuadas, está incluída a aquisição de insumos e materiais para unidades de saúde; equipamentos de proteção individual (EPIs) para servidores; alimentos para assistência a pessoas em situação de vulnerabilidade social; pagamento de aluguel de espaço destinado a acolhimento de pessoas em situação de rua com sintomas gripais; instalação de proteções de acrílico em locais de atendimento ao público da Prefeitura e compra de hipoclorito de sódio para higienização de áreas públicas.

Leia Também:  Portugal inaugura ponte suspensa de mais de 500 metros para pedestres

Outro ação emergencial importante foi o repasse, via Lei Aldir Blanc, de quase R$ 1,5 milhão ao setor cultural de Cachoeiro. Esse recurso serviu para subsidiar 85 espaços culturais que tiveram suas atividades paralisadas por conta da pandemia e premiar 126 projetos, selecionados em edital da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult), de atividades culturais pela internet ou em formato semipresencial.

“A disponibilização dos dados sobre investimentos com as ações de combate à Covid-19 em um site específico facilita o acesso dos cidadãos e amplia a capacidade de controle externo”, destaca a controladora geral do Município, Mylena Gomes Lopes.

“Cachoeiro tem se destacado, nos últimos anos nos rankings de transparência, e isso é uma conquista para toda a população. Qualquer um pode verificar que os gastos emergenciais têm sido muito altos e é muito importante que todos contribuam para o combate à pandemia para superarmos essa situação da melhor maneira possível”, completa o prefeito Victor Coelho.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Prefeitura de Cachoeiro adota IPTU digital neste ano

Publicados

em

Neste ano, os boletos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) não serão entregues nos imóveis de Cachoeiro. Para garantir praticidade e segurança aos contribuintes, em tempos de pandemia, a Prefeitura vai disponibilizar o documento em canais digitais.

A partir do dia 22 deste mês, será possível ter acesso ao boleto pelo site do IPTU 2021 ou recebê-lo por e-mail – veja abaixo como conseguir o documento em cada canal.

A medida permite que o contribuinte faça o pagamento por meio do aplicativo do seu banco (por código de barras), sem precisar imprimir o documento e se deslocar até uma agência bancária.

“Com a pandemia, pensando na segurança sanitária dos contribuintes e das equipes responsáveis pela entrega, decidimos por não confeccionar e distribuir os boletos de IPTU. Vamos disponibilizá-los via internet, seguindo uma forte tendência: cada vez mais cidades brasileiras optam pelo formato digital de cobrança do imposto”, explica o secretário municipal de Fazenda, Márcio Guedes.

“Essa é, também, uma forma mais prática, sustentável e econômica de garantir acesso ao boleto, e que está alinhada com os conceitos de governo digital e cidade inteligente que estamos adotando em Cachoeiro”, complementa.

Leia Também:  População pode colaborar com estudos para universalização do saneamento em Cachoeiro

Descontos

Neste ano, a cota única e a primeira parcela do imposto vencem em 15 de julho, para os contribuintes de todas as regiões do município.

Quem optar pelo pagamento à vista (cota única) terá desconto de 10% no valor devido. E quem escolher pelo parcelamento vai pagar o tributo dividido em seis vezes, de julho a dezembro, conforme as datas estabelecidas no decreto 30.077/2020 – e informadas no quadro abaixo.

A Semfa lembra que o contribuinte que pagar o IPTU em cota única na data do vencimento ou que, na data de 30 de setembro deste ano, estiver com as parcelas de julho, agosto e setembro quitadas, garantirá, automaticamente, 20% de desconto no valor do IPTU do próximo ano.

Como ter acesso ao IPTU digital a partir de 22 de maio

Site – Acesse prefeitura.cachoeiro.es.gov.br/iptu2021 e informe a inscrição do imóvel ou o CPF/CNPJ vinculado ao imóvel. Se preferir, o contribuinte poderá recorrer ao WhatsApp Cachoeiro Online – (28) 98803-9552. O atendimento neste canal é automatizado: ao escolher a opção ‘IPTU 2021’, o usuário receberá o link para a página do IPTU Digital.

Leia Também:  Prefeitura de Cachoeiro adota IPTU digital neste ano

Por e-mail – Acesse prefeitura.cachoeiro.es.gov.br/iptudigital e preencha o formulário informando o endereço de e-mail em que deseja receber o boleto.

Na Semfa – Se o contribuinte tiver dificuldade para acessar a guia digital, poderá agendar a retirada do documento impresso na Secretaria Municipal de Fazenda (Semfa), por meio do WhatsApp Cachoeiro Online – (28) 98803-9552.

IPTU 2021 – Opções de pagamento
Parcela Data Vencimento Desconto (%)
Cota Única 15/07/2021 10%
15/07/2021
16/08/2021
15/09/2021
15/10/2021
16/11/2021
15/12/2021
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA