Esporte

Covid-19: circuito mundial de rugby sevens é encerrado precocemente

Publicados

em


.

A temporada 2019/2020 do circuito mundial de rugby sevens foi encerrada precocemente nesta terça-feira (30), pela World Rugby (WR), entidade máxima da modalidade, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Em nota oficial, a WR declarou campeãs as seleções masculina e feminina de rugby sevens da Nova Zelândia. De acordo com a nota, não haverá rebaixamentos nesta temporada, e desta forma, a seleção brasileira feminina – também conhecida como Yaras, classificadas em 12º lugar – seguirá na próxima edição do circuito mundial da modalidade. Já o time masculino do Brasil – os Tupis – perderam todos os jogos nesta temporada, e na próxima terão que brigar na divisão de acesso, a Challenger Series. 

O anúncio do encerramento antecipado do circuito mundial de rugby sevens ocorre após o cancelamento, ocorrido em março, de várias etapas, em virtude da pandemia. Na disputa masculina, foram suspensos quatro dos dez torneios previstos no calendário. Entre eles, os programados para acontecer em Londres (Reino Unido), Paris (França), Singapura e Hong Kong. Em relação ao feminino, três das oito competições também foram  extintas em março:  Hong Kong, Langford (Canadá) e Paris. 

Leia Também:  Na reta final, Campeonato Espanhol inicia 34° rodada nesta terça-feira

“A decisão segue um diálogo detalhado e construtivo com as equipes anfitriãs e participantes, e foi tomada com a saúde e o bem-estar da comunidade de rugby e do público em geral como prioridade máxima, e de acordo com os conselhos relevantes do governo nacional e das autoridades de saúde pública”, diz a nota a WR.

O presidente do World Rugby, Bill Beaumont, aproveitou para parabenizar os campeões.

“Embora seja muito decepcionante para jogadores, fãs, organizadores e todos os envolvidos ter que cancelar esses eventos devido à pandemia global da covid-19, à saúde, o bem-estar da comunidade de rugby e da sociedade em geral permanecem a prioridade número um (…) Parabéns à Nova Zelândia por ter conquistado os títulos da série feminina e masculina após suas performances notáveis e consistentes antes do início da pandemia”.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Presidente do Barcelona diz que retorno de Neymar é pouco provável

Publicados

em


.

O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, afirmou nesta terça (7), em entrevista à rádio espanhola RAC-1, que a contratação do atacante brasileiro Neymar é muito pouco provável no atual momento, no qual os times de futebol têm de lidar com prejuízos provenientes da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

“É pouco provável uma negociação assim, pois a situação de todos os times na Europa é muito difícil (…). Todos estão vendo como se reestruturar após a pandemia”, declarou o dirigente ao ser perguntado sobre um possível retorno do atacante brasileiro, que atualmente está no PSG.

Durante a conversa, Bartomeu também comentou os rumores de que o craque argentino Lionel Messi poderia deixar a equipe catalã, pois ainda não renovou o seu contrato, que expira no dia 30 de junho de 2021.

“Vejo Messi querendo continuar. Ele sempre disse que deseja se aposentar no Barça, e estou convencido de que isso acontecerá”, declarou o dirigente.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Na reta final, Campeonato Espanhol inicia 34° rodada nesta terça-feira
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA