Saúde

Covid-19: Brasil tem 11 milhões de casos e 266,3 mil mortes

Publicados

em


O Brasil chegou a 266.398 mortes por complicações da covid-19. Em 24 horas, foram registrados 987 novos óbitos. Ontem (7), foram 265.411 mortes registradas pelas autoridades de saúde. Ainda há 2.836 mortes em investigação por equipes de saúde. Isso porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa só sai após o óbito do paciente.

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil.Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil.

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil. – Divulgação/Ministério da Saúde

As informações foram divulgadas na atualização diária do Ministério da Saúde de hoje (8). O balanço é elaborado a partir das informações levantadas pelas autoridades estaduais e locais de saúde sobre casos e mortes provocados pela covid-19.

A soma de pessoas infectadas desde o início da pandemia alcançou 11.051.665. Entre ontem e hoje, foram registrados 32.321 novos diagnósticos positivos por equipes de saúde. 

O número de pessoas recuperadas alcançou 9.782.230. Já a quantidade de pessoas com casos ativos, em acompanhamento por equipes de saúde, ficou em 1.002.947. Pela primeira vez desde o início da pandemia este total de casos ativos em análise pelas equipes de saúde ultrapassou 1 milhão.

Os números em geral são menores aos domingos e segundas-feiras em razão da redução das equipes aos fins-de-semana e o impacto disso na alimentação dos dados nas secretarias de saúde. Já às terças-feiras a soma diária costuma ser maior pelo acúmulo de dados regularizado.

Estados

O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (61.584), Rio de Janeiro (33.729), Minas Gerais (19.548), Rio Grande do Sul (13.562) e Bahia (12.632). Já as Unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.066), Amapá (1.161), Roraima (1.167), Tocantins (1.594) e Sergipe (3.032).

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Covid-19: vacinação em Serrana (SP) imuniza mais de 97% da população
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Em Cachoeiro, idosos de 60 a 64 anos começam a ser vacinados contra Covid-19

Publicados

em

Idosos de 60 a 64 anos começaram a ser vacinados contra Covid-19 em Cachoeiro nesta segunda-feira (12). Na última sexta (9), o município recebeu 3.125 doses para iniciar a imunização deste grupo prioritário.

A vacinação foi realizada nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), da sede e do interior, após agendamento telefônico, no sábado (10).

Nilcéia da Silva Madeira foi uma das imunizadas na UBS do Coramara e elogiou o trabalho.

“Estava muito bem organizado, cada um no seu horário devido ao agendamento, sem confusão nenhuma. O atendimento foi maravilhoso”, afirma.

“Algumas pessoas relatam a dificuldade do agendamento por telefone, mas isso é devido ao número pequeno de doses recebidas. Porém é importante lembrar que, nesta semana, provavelmente, chegarão mais doses para que todos deste grupo prioritário consigam se imunizar. A vacinação ocorreu de forma tranquila nesta segunda”, explicou o secretário municipal de Saúde, Alex Wingler.

A Prefeitura de Cachoeiro segue o Plano Nacional de Imunização e realiza diferentes estratégias para vacinar a população, a partir do número de doses disponibilizadas pelo governo federal e repassadas pelo governo estadual. Até o momento, já foram aplicadas mais de 35 mil doses em cachoeirenses, somando primeiras e segundas. A evolução da vacinação pode ser acompanhada pelo portal www.cachoeiro.es.gov.br/covid19. Os dados da imunização são atualizados às quartas e sextas-feiras.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em Cachoeiro, idosos de 60 a 64 anos começam a ser vacinados contra Covid-19
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA