Política

Comissão da Ales fiscaliza obras na 3ª Ponte

Publicados

em

As obras de construção da ciclovia que vai ligar Vitória e Vila Velha e a Terceira Ponte foram fiscalizadas pela Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (12). A visita técnica teve como objetivos verificar o andamento das obras da ciclovia e as condições e manutenção da ponte após registros de possível perda de concreto nos blocos de contenção da via.

O presidente do colegiado, deputado Marcelo Santos (Podemos), visitou as estruturas acompanhado do secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno. Também participaram representantes da Rodosol, da empresa que executa as obras e da Associação Brasileira de Engenheiros Civis (Abenc).

Desplacamento

Sobre a manutenção da Terceira Ponte, foi avaliado o desplacamento, com perda de concreto em pontos da via. A comissão da Ales havia sido demandada por motoristas preocupados com possíveis falhas na estrutura. 

De acordo com a Rodosol, os pontos de desplacamento são identificados pela própria concessionária em suas inspeções e manutenções preventivas. O desplacamento é feito ao identificar peças de concreto que não têm função estrutural e que estão oxidadas ou corroídas. Essas peças são retiradas e substituídas seguindo o cronograma de urgência de intervenções, segundo explicou o diretor-presidente da Rodosol, Geraldo Dadalto. 

“A gente tem um plano de inspeção de cada peça e trecho da rodovia que funciona o ano inteiro. Desse plano é organizado o urgenciamento das intervenções. Essas peças de desplacamento não têm função estrutural, não são de suporte da ponte, mas sim de contenção. E essas peças já foram inspecionadas e seguem o planejamento de substituições segundo o plano de urgência”, explicou. 

O deputado Marcelo Santos ressaltou que o processo de oxidação por causa da maresia é frequente e que a manutenção é frequente e bem fiscalizada. “Posso afirmar que a Terceira Ponte hoje é a estrutura mais fiscalizada e com melhor manutenção. Nosso papel constitucional como deputados é vistoriar e garantir a qualidade e segurança das obras e da infraestrutura do nosso estado”, disse. 

Leia Também:  Vereador Tereré de Cachoeiro é absolvido de denúncias

Ciclovia

Quanto à ciclovia, já foram iniciadas as etapas de montagem e concretagem e também está sendo executada a construção do mirante no local. A ciclovia terá um alargamento de cerca de 6 metros próximo ao vão central, onde os ciclistas poderão parar e contemplar a baía de Vitória, o Convento da Penha e o Morro do Moreno. Com as novas fases, seis frentes de trabalhos estão em execução simultânea.

A Ciclovia da Vida, como foi nomeada pelo governo do Estado, terá pistas de sentido único acompanhando o fluxo dos veículos da Terceira Ponte. Cada pista contará com duas faixas de rolamento. O acesso será gratuito. Apenas bicicletas poderão transitar pela via; motos, patinetes e bikes elétricas, assim como pedestres, não poderão acessar a ciclovia. A medida é uma determinação de segurança do Corpo de Bombeiros Militar. 

De acordo com os engenheiros responsáveis pela obra, o trajeto de pouco mais de três quilômetros poderá ser percorrido em cerca de 10 minutos.
O projeto da Ciclovia da Vida e de ampliação da Terceira Ponte é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi).
O Consórcio Ferreira Guedes Metalvix é responsável pelas obras, contratadas pelo valor de R$ 127 milhões. O prazo para conclusão é maio de 2023. 

Devido ao ritmo atual das obras, o governo trabalha com a previsão de antecipar a entrega da ciclovia e da ampliação da ponte, como destacou o deputado Marcelo Santos. “Constatamos com essa visita técnica, o acelerar da obra. A ciclovia está bem avançada, sendo executada com materiais de primeira, com engenharia de ponta. Essa é uma obra de qualidade, que vai possibilitar que o prazo de entrega seja antecipado”, avaliou.

Leia Também:  Secretária de Trabalho apresenta ações da pasta

Terceira Ponte

O projeto de alargamento da ponte prevê o estreitamento das pistas, para possibilitar a inclusão de uma nova faixa em cada sentido. As proteções central e laterais também serão estreitadas. As pistas da direita serão de uso exclusivo de transporte coletivo e passarão a ter 3,10 metros cada. Já as pistas da esquerda e do meio serão para automóveis e motocicletas e terão 2,80 metros cada. De acordo com o governo, a capacidade de fluxo de trânsito será aumentada em torno de 40%. 

O secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, destacou que o projeto da ciclovia e de ampliação da ponte é uma prioridade na área de mobilidade urbana para a região metropolitana. 

“É uma melhoria para o trânsito e para o transporte individual tanto para automóveis, motos e ônibus. As faixas adicionais vão representar uma redução dos congestionamentos entre Vitória e Vila Velha. E a ciclovia, uma importante alternativa de mobilidade. É um projeto que vem sendo desenvolvido há muito tempo, pelo qual clama a população capixaba”, destacou Damasceno. 

Além de ampliar da capacidade de fluxo de veículos, e permitir o trajeto de ciclistas, o projeto conta com a barreira de proteção ao suicídio. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política

Frente da Ales debate violência obstétrica no Hucam

Publicados

em

A Frente Parlamentar Contra a Violência Obstétrica, presidida pelo deputado Doutor Hércules (Patri), desta vez, leva o assunto da violência no parto para fora da Assembleia Legislativa (Ales). O tema Violência obstétrica e parto adequado será debatido em reunião que acontece na quarta-feira (25), às 15 horas, no Auditório Rosa Maria Paranhos (Elefante Branco) do Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam).

Gestores e profissionais, além de especialistas na área, são esperados para debater o assunto, assim como representantes dos três poderes, Ministério Público, Defensoria Pública do Estado, conselheiros e órgãos que atuam na defesa dos direitos das parturientes. 

O parto adequado é constituído de um conjunto de procedimentos para preservar a saúde, a segurança e o bem-estar da gestante e do recém-nascido, com técnicas aprovadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A interferência do obstetra é a menor possível, com métodos menos invasivos e os mais naturais possíveis. 

Câncer de pele

Também presidida pelo deputado Doutor Hércules, a Comissão de Saúde abordará o tratamento do câncer de pele em reunião na terça-feira (24), às 9 horas, no Plenário Rui Barbosa da Ales. O colegiado convidou as especialistas e professoras do curso de medicina da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) Patrícia Frasson, Vera Lúcia Jarske e Lusmarina Lemos para falar sobre o Programa de Assistência Dermatológica (PAD). O programa de extensão auxilia a população rural no diagnóstico e no tratamento do câncer de pele e orienta o público-alvo sobre como se proteger da doença.

Leia Também:  Servidores estaduais terão previdência complementar

Segurança pública

A valorização dos profissionais que atuam na área da segurança pública é ponto central de reunião na quarta-feira (25), no Plenário Dirceu Cardoso. Representantes de forças de segurança e de profissionais que atuam na área foram convidados pela frente do Legislativo que trata do tema para debater mecanismos, propostas e ações voltadas para a valorização salarial das forças de segurança do Estado.

Proteção de crianças

A Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Política sobre Drogas, presidida pelo deputado Delegado Danilo Bahiense (PL), convidou a psicóloga Jaddh Yasmin Malta Cardoso e a representante do Movimento Pró-Vida, Fátima Christina Miguel, para fazer palestra sobre a passagem do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A reunião extraordinária acontece na terça-feira, no Auditório Hermógenes Lima da Fonseca da Ales.

Além dessas atividades e de reuniões de outras comissões, a Ales também realiza três sessões solenes e uma sessão especial durante a semana, todas às 19 horas, no Plenário Dirceu Cardoso.

Agenda completa da semana*

Leia Também:  Deputados aprovam corte no Orçamento para 2019

Terça-feira (24 de maio)
9h – Reunião ordinária presencial da Comissão de Saúde e Saneamento – Plenário Rui Barbosa
9h – Reunião extraordinária da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente  – Auditório Hermógenes Lima da Fonseca
13h – Reunião extraordinária presencial da Comissão de Cidadania – Plenário Judith Leão
13h30 – Reunião ordinária híbrida da Comissão de Constituição e Justiça – Plenário Dirceu Cardoso
19h – Sessão Solene em homenagem à cadeia produtiva do café – Plenário Dirceu Cardoso

Quarta-feira (25 de maio)
12h10 – Reunião ordinária presencial da Comissão de Proteção ao Meio Ambiente e aos Animais – Plenário Rui Barbosa
14h – Frente Parlamentar de Valorização Salarial de Policiais e Bombeiros – Plenário Dirceu Cardoso
15h – Frente Parlamentar Contra a Violência Obstétrica –  Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam)
19h – Sessão Solene de entrega da Medalha Pergentino de Vasconcellos – Plenário Dirceu Cardoso

Quinta-feira (26 de maio)
19h – Sessão Especial Jardim Camburi – Plenário Dirceu Cardoso

Sexta-feira (27 de maio)
19h – Sessão Solene em homenagem ao Dia do Empreendedor – Plenário Dirceu Cardoso

*Agenda sujeita a alterações

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA