Cidades

Com investimentos de R$ 6,3 milhões, esgotamento sanitário beneficia mais de 80% da população de Campo Acima

Publicados

em

Investimento em esgotamento sanitário. Nesta terça-feira (20), o prefeito de Itapemirim, Thiago Lopes, realizou a entrega do sistema de esgotamento sanitário que vai atender mais de 80% da comunidade de Campo Acima, além de outros 195 domicílios de Candéus. Os investimentos foram de R$ 6,3 milhões.

Inicialmente, o sistema de esgotamento sanitário vai atender 1.045 domicílios de Campo Acima (82%), e outras 195 residências de Candéus (89%). “É uma demanda antiga da população que hoje temos a felicidade de entregar funcionando”, destacou o prefeito Thiago Lopes, que estava acompanhado do vice-prefeito, Nilton César Soares Santos.

O sistema é composto por cinco elevatórias, três delas com uma vazão total de 78 litros por segundo, que já estão em pleno funcionamento. As outras duas elevatórias já estão prontas e também serão agregadas ao sistema.

Depois de coletado, o esgoto sanitário dos bairros será bombeado para estação de tratamento (ETE) de Rosa Meirelles. Além de prevenir doenças e a contaminação do solo, a intervenção também colabora com a preservação do meio ambiente.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Covid-19: 1 em cada 4 cachoeirenses adultos já está com vacinação completa
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Hospital Evangélico de Cachoeiro comemora sua última alta de COVID-19

Publicados

em

Aline Laura Almeida Ferreira de Souza, de 41 anos, moradora do bairro Nossa Senhora da Penha, em Cachoeiro de Itapemirim, é a última paciente da UTI Covid do Hospital Evangélico. Hoje, após 44 dias internada, teve alta e pode ir para casa com a família.

Quando o hospital deixou de ser referência ao coronavírus, Aline ainda necessitava de cuidados hospitalares intensivos. Segundo Pamella Maurício dos Prazeres, enfermeira chefe do setor, a decisão da não transferência da paciente se deu por conta do quadro clínico dela.

Na porta da UTI, esperando, estavam o esposo, Charles Carvalho Sousa, o filho, Kaike Almeida Carvalho Sousa, de 9 anos e Francis Busato, amiga da família. “Estamos tentando segurar a ansiedade”, disse Charles. A equipe de enfermagem também prestigiou o momento, com palmas, ornamentação e cantando louvores.

O HECI iniciou sua contribuição no enfrentamento ao coronavírus no dia 19 de março de 2021, com a chegada da segunda onda do vírus. No entanto, encerrou o atendimento a novos casos oficialmente no dia 08 de julho. A decisão de mantê-la internada, para o esposo, representou um alívio muito grande “ficou aquela sensação de que estávamos próximos, mesmo sem visita-lá”.

Leia Também:  Vale aumenta produção de minérios em 12% devido a alta demanda chinesa

Charles ainda completou: “Ela fez 41 anos sete dias antes de vir para cá. A sensação que nós temos é de que ela nasceu de novo. O dia de hoje fica marcado como a segunda data de aniversário dela”.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA