Notícias em Geral

Com 111 anos, eleitora mais velha do Espírito Santo faz questão de votar no próximo domingo

Publicado em

Nascida em 1905, em Marechal Floriano, no Sul do Estado, dona Leopa viu o Brasil atravessar diversas mudanças no cenário político

Por | 00.00.

Foto: Rafael Monteiro de Barros
Leia Também:  Seguro-desemprego é reajustado em 3,43%

O direito ao voto é algo que a idosa considera muito importante. Ela faz questão de dizer o quanto considera a democracia importante. “As pessoas que trabalham melhor para o Brasil são em quem a gente vota, aquelas pessoas que fazem algo pelo país. Também é preciso muito cuidado para não deixar o Brasil cair em uma ditadura. Que Deus nos livre. Eu já assisti uma ditadura”, contou.

 

 

Em conversa com a reportagem da Rádio CBN, Dona Leopa lembrou os anos de infância, quando começou a trabalhar na casa de uma família ainda com 13 anos. Nessa época, já tinha a responsabilidade de cuidar de um bebê da família. Hoje, ela conta que recebe auxílio dos bisnetos das pessoas de quem ela cuidou ainda na juventude.

Leopoldina gosta de poesia e recita versos puxados da memória, apesar de ter estudado até a 3ª série porque a patroa não permitiu que ela estudasse mais. Também gosta de conversar e de contar histórias sobre sua vida e sobre as pessoas com quem conviveu.

Leia Também:  Primeiro navio de milho isento de ICMS chega ao Espírito Santo

Aos 111 anos, ela não sabe dizer o que a faz ter uma vida tão longa, mas se sente contente. “Eu me sinto muito feliz. Hoje, o doutor Renato falou que eu tenho uma resistência no meu corpo. É um negócio bonito o que ele falou, mas eu não sei repetir. Essa carne é resistente. Eu acho que a minha vida é um milagre”, disse.

No próximo domingo, Dona Leopa se junta a eleitores de todo o país para eleger prefeitos e vereadores. A senhora de conversa fácil, que faz questão de votar, diz ainda ter esperança em dias melhores para o Brasil.

Fonte: Rádio CBN Vitória

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias em Geral

Procon do ES divulga balanço e telefonia lidera reclamações

Published

on

By

Proteção e Defesa do Consumidor

As principais demandas estão relacionadas a cobrança indevida e descumprimento de contratos.

Por | 06.02.2020

 

Em 2019, a telefonia móvel liderou o ranking de atendimentos no Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES). No mesmo período de 2018, bancos foram o assunto mais demandado. As principais demandas estão relacionadas a cobrança indevida e descumprimento de contratos.

No último ano, 52.204 atendimentos foram realizados pelo Procon-ES. Desse total, mais de 5 mil atendimentos estão relacionados à telefonia móvel. Ocupa a primeira posição do ranking a telefonia móvel, seguida das financeiras, bancos, energia elétrica, telefonia fixa, cartão de crédito, aparelho de telefone, água e esgoto, TV por assinatura e, em décimo lugar, móveis.

Os segmentos que lideraram os atendimentos foram, com 19.961 registros, os assuntos financeiros; seguido por serviços essenciais, com 13.572 queixas; produtos (7.518); serviços privados (4.962); saúde (906); habitação (211) e alimentos (200).

O diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, ressaltou que diferentemente do ranking de atendimento dos últimos anos, que foram liderados por bancos e empresas de cartão de crédito, a telefonia móvel ocupou a primeira posição em 2019.

“Cobrança indevida, incluindo lançamentos de serviços não solicitados na fatura e a mudança unilateral nos contratos com reajuste no valor do serviço são as queixas dos consumidores quando se trata de telecomunicação”, disse.

Leia Também:  Prefeitura de Castelo instala sete pontes de concreto no interior

Para evitar problemas, o consumidor deve ter atenção redobrada antes da contratação de serviços. “É preciso ler atentamente o contrato, tirar todas as dúvidas e só assiná-lo se estiver de pleno acordo com as cláusulas estabelecidas. É preciso sempre conferir os lançamentos cobrados nas faturas. Em caso de dúvidas, procurar o Procon”, afirmou Athayde.

Negociação de dívidas

Rogério Athayde ressaltou ainda que grande parte das demandas de bancos, operadoras de cartões e financeiras estão relacionadas a cobrança indevida e a negociação de dívidas. “No ano de 2019, realizamos 5.261 atendimentos no setor de cálculo e negociação de dívidas do Procon-ES”.

Os atendimentos do setor são realizados de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas, presencialmente na sede do Procon-ES, localizada na Avenida Princesa Isabel, 599, Ed. Março, 9º andar, Centro, Vitória. Também disponibilizamos o mesmo atendimento na unidade localizada no Faça Fácil Cariacica.

Fornecedores

Em relação aos fornecedores mais demandados no Procon-ES em 2019, em primeiro lugar no ranking, está a Vivo, em segundo aparece a concessionária de energia elétrica EDP, seguida do Banco BMG, Telemar, Banco Bradesco, Caixa Econômica Federal, Dacasa Financeira, Banco Itaú, Claro e, em décimo lugar, aparece a Oi Móvel.

Leia Também:  Audiências podem ser realizadas através de videoconferência

“A maioria dos atendimentos realizados pelo Procon-ES é solucionado de maneira preliminar, ou seja, sem necessidade de abertura de processo e realização de audiências. Esse número demonstra o alto índice de resolução das demandas que chegam ao órgão e a rapidez com a qual os problemas dos consumidores são solucionados”, informou o diretor Rogério Athayde.

Reclamação

Os consumidores poderão registrar suas reclamações pelo aplicativo Procon-ES (disponível para Android) ou pessoalmente, na sede do Procon Estadual, na Avenida Princesa Isabel, 599, Ed. Março, 9º andar, das 9h às 17 horas, de segunda a sexta. Os consumidores podem procurar ainda a Unidade Faça Fácil, em Cariacica, que atende também aos sábados, até às 13 horas.

Existe também uma plataforma online, do Ministério da Justiça, para o registro de reclamações. Por meio do site www.consumidor.gov.br é possível registrar queixas e solucionar os problemas de consumo diretamente com as empresas em até dez dias.

Para atendimento é preciso que o consumidor tenha disponível o RG (Carteira de Identidade), CPF, além de documentos que possam comprovar a reclamação, como faturas, comprovante de pagamento, contrato, entre outros.

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA