Agronegócio

CNA discute abertura do mercado europeu para o pescado brasileiro

Publicados

em

Brasília (13/05/2022) – O presidente da Comissão Nacional de Aquicultura da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Francisco Hidalgo Farina, e a diretora de Relações Internacionais da entidade, Sueme Mori, reuniram-se nesta semana com adidos agrícolas do Brasil na União Europeia (UE) para discutir a abertura do mercado europeu para o pescado nacional.

“O setor produtivo já perdeu muito e nesse momento precisamos de respostas rápidas”, afirmou Farina, ao citar a suspensão de importações de pescado por parte da União Europeia.

“A suspensão ocorreu devido a restrições na frota de barcos pesqueiros do País, que não envolvem a aquicultura, mas acabaram prejudicando o setor”, ressaltou.

O presidente da Comissão sugeriu ainda a realização de um Festival Internacional do Tambaqui da Amazônia para promover o pescado nacional. No País, o festival é realizado anualmente por meio da parceria entre Sebrae, Associação de Criadores de Peixes do Estado de Rondônia (Acripar) e governo estadual.

Para os adidos agrícolas Guilherme Costa e Bernardo Todeschini, o Festival Internacional pode ser um evento importante para a promoção do pescado brasileiro na UE, aumentando o conhecimento da população europeia sobre o pescado produzido de forma técnica no Brasil.

Leia Também:  Em Apodi-RN, jovem produtor aposta no cultivo de hortaliças

Também participaram da reunião a coordenadora de Produção Animal da CNA, Lilian Figueiredo, e os assessores técnicos Elena Castellani e Pedro Rodrigues.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agronegócio

Projeto Campo Futuro inicia levantamentos de custos de produção em 2022

Publicados

em

Brasília (23/05/2022) – O Sistema CNA/Senar inicia nesta semana os levantamentos de custos de produção agrícolas e pecuários de 2022 do Projeto Campo Futuro, iniciativa que está no seu 15º ano de execução.

Os primeiros encontros reúnem produtores de pecuária de leite de Treze Tílias e de Braço do Norte, em Santa Catarina, nos dias 24 e 26, respectivamente. No dia 24, o painel será de café arábica, com cafeicultores da região de Franca (SP). O painel destinado aos produtores de cana-de-açúcar de João Pessoa (PB) ocorre no dia 27.

Diante das dificuldades impostas pela pandemia, o modelo de execução do projeto manterá as adaptações incorporadas em 2020, tendo como princípio a condução dos painéis em formato online.

O Campo Futuro será executado em 141 municípios, distribuídos em 21 estados brasileiros. A iniciativa conta com o apoio das Federações de Agricultura e sindicatos rurais, além da participação dos produtores rurais locais. “O foco está na ampliação das informações geradas para as tomadas de decisão dos produtores rurais, visando à melhoria de suas margens de lucro”, afirmou o assessor técnico na CNA, Thiago Rodrigues.

Leia Também:  Dias de Campo ampliarão conhecimentos sobre nove cadeias produtivas

Os dados oriundos das 11 atividades agropecuárias pesquisadas – aquicultura; avicultura; cafeicultura; cana-de-açúcar; cereais, fibras e oleaginosas; fruticultura; horticultura; pecuária de corte; pecuária de leite; silvicultura e suinocultura – contribuirão para a identificação de estratégias de comercialização, formação de custos de produção e nível tecnológico das atividades desenvolvidas nas principais regiões produtoras do Brasil.

Além disso, favorecerá a geração de informações para análises de mercado, tomada de decisão, prospecção de capacitações e estudos de políticas voltadas para aumento da eficiência e melhoria da competitividade do setor agropecuário.

São parceiros do Sistema CNA/Senar na realização do Projeto Campo Futuro o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), Centro de Inteligência de Mercados da Universidade Federal de Lavras (CIM/UFLA), Pecege (Esalq/USP) e Labor Rural (Universidade Federal de Viçosa – UFV).

Primeiros painéis Campo Futuro de 2022:

24/5 – Pecuária de Leite/ Treze Tílias (SC) – 13h30
24/5 – Café Arábica/ Franca (SP) – 14h
26/5 – Pecuária de Leite/ Braço do Norte (SC) – 13h30
27/5 – Cana-de-açúcar/ João Pessoa (PB) – 13h30

Leia Também:  Novos setores da Polícia Civil de SC combaterão crimes no agronegócio

Assessoria de Comunicação CNA
Foto: Marcos Giesteira
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA