Carros e Motos

Citroën C4 europeu deve chegar à Argentina em 2023

Publicado em

Citroën C4 já é oferecido no Chile com duas opções de motorização. Além disso, o novo visual é grande destaque
Divulgação

Citroën C4 já é oferecido no Chile com duas opções de motorização. Além disso, o novo visual é grande destaque

A Citroën busca oferecer mais modelos em sua linha de veículos de passeio. No Brasil, o único veículo oferecido é o C4 Cactus, e na Argentina, é acompanhado do C5 Aircross e do Berlingo Multispace.

Apesar dos atrasos, o Citroën C3 chegará ainda nesse semestre, tanto no Brasil quanto na Argentina, mas nossos vizinhos poderão contar com um modelo novo, o Citroën C4 Europeu.

Lançado em 2020 para suceder o C4 Cactus (vendido no Brasil e Argentina), o C4 é um crossover maior que seu antecessor e já é oferecido no Chile, onde conta com um motor 1.5 turbodiesel ou 1.2 a gasolina de 130 cv.

O C4 é o quarto modelo da lista de próximos lançamentos da Citroën na Argentina, o primeiro será a nova geração do C3, que será fabricada em Porto Real (RJ), e ainda haverá dois modelos derivados do Projeto C-Cubed, programa da fabricante para desenvolver produtos para mercados emergentes.

Leia Também:  Piaggio apresenta atualização de sua linha de scooters MP3 na Europa

O fato do C4 ser produzido na plataforma CMP/EMP1 , que é a mesma utilizada no Peugeot 208 , facilitaria sua produção na Argentina, já que o compacto francês é produzido em El Palomar.

Um modelo acima do C3, o que seria o caso do C4, seria interessante para a Citroën rivalizar com modelos que fazem sucesso no mercado como Volkswagen T-Cross e Nivus, Chevrolet Tracker e Hyundai Creta, por exemplo.

O C4 europeu mede 4,36 metros de comprimento e possui 2,67 m de distância entre-eixos, o que o tornaria com dimensões muito parecidas à dos concorrentes citados acima.

O grande chamariz do C4 é o design, que é alinhado com a atual linha visual da Citroën na Europa, e que o C3 também terá influência. O modelo conta com um caimento de teto no estilo cupê, e segue uma tendência do mercado mundial.

Na dianteira os faróis seguem o já tradicional desenho da Citroën, com Leds na parte superior e LEDs abaixo, dois elementos cromados acompanham os Chevrons do logotipo por toda a dianteira.

Leia Também:  Estudo projeta melhora no mercado automotivo para os próximos meses

Os elementos plásticos da grade também possuem um desenho similar ao logotipo da marca francesa, e na parte inferior do para-choque, um elemento plástico dá o ar de SUV e robustez ao modelo, e acompanha por todo o C4.

A imprensa argentina divulga que Valère Lourme, chefe do departamento de desenvolvimento da Citroën da América do Sul, foi até a França para testar o modelo e confirmou que estão estudando a possibilidade.

As notícias vindas da Argentina também informam que o C4 ficará posicionado entre o C4 Cactus e o C5 Aircross no mercado local.

Como o Brasil não tem o C5, pode ser provável que o C4 Cactus saia de circulação para que a Citroën tenha foco total nos novos C3 e C4. Dependerá da opção de motorização oferecida e volume de vendas do Cactus, que possui o 1.6 THP na versão de topo.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carros e Motos

Kombi alemã: VW Caravelle de Stephen Hawking vai a leilão

Published

on


A VW Caravelle das fotos pertenceu e está sendo oferecida à venda através da casa de leilões Silverstone Auctions
Reprodução

A VW Caravelle das fotos pertenceu e está sendo oferecida à venda através da casa de leilões Silverstone Auctions

A casa de leilões inglesa Silverstone Auctions anunciou que vai leiloar , o Volkswagen Caravelle GL 112 de 1988 que pertenceu ninguém mais, ninguém menos que o professor Stephen Hawking, considerado um dos mais renomados cientistas do século.

Hawking nasceu em uma família de médicos, ele recebeu um bacharelado em física no University College em Oxford. Pouco tempo depois, ele se formou no Trinity Hall em Cambridge, onde fez doutorado em matemática aplicada e física teórica.

Em 1963, o físico teórico foi diagnosticado com uma forma de doença do neurônio motora, que gradualmente espalhou por todo o corpo de Stephen e, apesar das limitações, ele continuou em seu trabalho tornando-se um autor de best-sellers.

Leia Também:  Stellantis oferece programa de aluguel de carros elétricos

Comprado zero-quilômetro por Hawking em junho de 1988, o Caravelle das fotos foi usado em seu casamento em 1995 e com a condição de Hawking se deteriorando, em 1999, o veículo foi passado para os parentes do professor em 1999.

O irmão de Hawking cuidou e guardou a van em um estacionamento subterrâneo. Repintada há alguns anos, este veículo pode ser considerado um elemento significativo da vida posterior de Stephen Hawking , herdado em 2003 pelo sobrinho do estudioso.

O Caravelle está sendo oferecido pela  Silverstone Auctions  sem lances de reserva, e certamente desencadeará uma guerra entre os participantes não só pela brilhante carreira de um físico teórico e cosmólogo britânico, reconhecido internacionalmente por sua contribuição à ciência, mas também pelo veículo em si.

Leia Também:  Peugeot lança 208 com motor 1.0 mais em conta que Fiat Argo

O Volkswagen Caravelle GL 112 de 1988 é equipado originalmente com motor boxer de 2,1 litros de 113 cv acoplado a uma caixa de câmbio automático, de três marchas. Usado como transporte pessoal de Hawking por uma década, o carro conta com apenas 90.000 milhas, o que dá 144.840 km.

No Brasil, o modelo teve uma passagem curta através de suas variantes Eurovan , uma versão mais simples e a Caravelle , a mais luxuosa e as importações começaram em 1998 como uma opção mais cara a nossa boa e “Velha Senhora”, a Kombi . O fim da importação ocorreu em 2001 e a versão brasileira continuou reinando sozinha no segmento de vans.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA