Cidades

Chuvas em janeiro afetaram moradores de 23 municípios do Espírito Santo

Publicados

em

Por | 05.01.2012

As fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo desde o início do ano já afetaram 23 municípios do interior do Estado. São eles: Colatina, Itarana, São Roque do Cannaã, Governador Lindenberg, Rio Bananal, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, Alegre, Piúma, Linhares, Baixo Guandu, Santa Leopoldina, Laranja da Terra, Domingos Martins, Ibatiba, São José do Calçado, Itaguaçu, Marilândia, João Neiva, Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Bom Jesus do Norte e Nova Venécia. Entre os citados, decretaram situação de emergência Ibatiba e Domingos Martins.

A Defesa Civil Estadual divulga os seguintes dados de danos e prejuízos causados pela chuva ? repassados pelos coordenadores municipais de Defesa Civil:

– Pessoas desabrigadas: 178;
– Pessoas desalojadas: 1.029;
– Pessoas afetadas: 12.135;
– Pessoas feridas: 12;
– Edificações danificadas ou destruídas: 562.

Nos primeiros dias do ano, houve um acúmulo de chuvas superior à metade do valor registrado historicamente em janeiro. Em Vitória, por exemplo, choveu neste período 67,2% (100,8 mm) do previsto para o mês – 150 mm de chuva.

Leia Também:  Em Cachoeiro, trevo entre Aquidaban e Novo Parque receberá obras de saneamento

Em Alegre, choveu 139,4 mm (69,7%) de um total de 200 mm previstos para todo o mês. Em Santa Teresa, houve o registro de 131,6 mm de chuvas – o previsto para todo o mês é 225 mm de chuvas.

Os municípios estão sendo vistoriados e monitorados pelas Defesas Civis para a detecção de áreas de risco e o suporte à população atingida. Em virtude dos alertas recebidos, o Plano Estadual de Contingência para Desastres continua ativo e seus integrantes e pontos focais estão de sobreaviso para qualquer eventualidade.

No site da Defesa Civil Estadual (www.defesacivil.es.gov.br) o cidadão consegue acessar todos os contatos das Defesas Civis Municipais. O telefone da Defesa Civil Estadual é o (27) 3137- 4441 ou 3137-4440. A solicitação para atendimento também pode ser feita diretamente no plantão do Ciodes pelo telefone de emergência 193.

 

 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cidades

Veja a lista dos beneficiados do Bolsa Capixaba em Marataízes

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (SETADES) divulgou a listagem com as pessoas aptas a receber o benefício do Cartão Bolsa Capixaba. O programa de transferência de renda foi criado pelo Governo do Estado do Espírito Santo, por meio da Lei Nº 9.753/11, alterada pela Lei. Nº 11.519 de 27 de dezembro de 2021 e regulamentada pelo Decreto Nº 5082/22, como uma das estratégias do Programa Capixaba de Erradicação da Pobreza (Programa Incluir), para atender cidadãos e cidadãs capixabas que se encontram em situação de extrema pobreza e que não recebem o Auxílio Brasil. Veja no link abaixo os beneficiários aptos a receberem o Bolsa Capixaba em Marataízes.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A LISTAGEM

As pessoas que têm direito ao Bolsa Capixaba, devem atender os seguintes critérios:
– Ser moradora do Espírito Santo;
– Estar inscrita no Cadastro Único (com dados atualizado em até 24 meses);
– Possuir renda de até R$ 155 por pessoa (essa renda precisa estar declarada no Cadastro Único);
– Não receber o Auxílio Brasil.

Leia Também:  Cachoeirense Ausente Nº 1 será recepcionado nesta quinta-feira (25)

Não é necessário realizar nenhum cadastro para ter acesso ao benefício. A seleção é feita pela SETADES com os dados do Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal. A seleção das famílias beneficiárias está intrinsecamente ligada ao Cadastro Único. Por isso, você deve manter seus dados sempre atualizados.

Caso a atualização dos dados não seja feita corretamente, o benefício será bloqueado ou suspenso. Por isso, é importante que seus dados junto ao Cadastro Único estejam atualizados. Mas fique atento! Você tem até 24 meses para atualizar suas informações.

O valor do Bolsa Capixaba é variável, de acordo com a renda por pessoa e a quantidade membros na família.

A família beneficiada receberá o auxílio enquanto atender a todos os critérios do projeto. Cada parcela mensal do Bolsa Capixaba tem um prazo de 90 dias para ser utilizado. Caso uma parcela não seja utilizada até o período limite, o valor será devolvido ao estado.

Se seu cartão possui um chip, você poderá utilizá-lo para saques e compras no débito. Mas se seu cartão não vier com um chip, você poderá somente sacar o benefício. Nesse caso, não é preciso sacar todo o valor uma única vez. Não informe sua senha a ninguém e não deixe a senha anotada junto ao cartão.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA