Cidades

Castelo passa para risco alto de Covid-19 e prefeitura restringe ainda mais as atividades econômicas

Publicados

em

Castelo passou para o “risco alto” para Covid-19, de acordo com a classificação do novo mapa de gestão de risco para enfrentamento à pandemia do Governo do Espírito Santo, publicado no sábado, dia 27. Com isso, haverá mais restrições de funcionamento das atividades econômicas no município.

“Infelizmente, com o aumento de casos em Castelo e a baixa adesão ao isolamento social, as normas de funcionamento se tornaram mais restritivas. Neste momento é muito importante que as pessoas fiquem em casa e evitem aglomerações, respeitem o distanciamento social e usem máscara. Este é um período muito complicado e a contribuição de todos os castelenses é fundamental para que nossas atividades econômicas voltem ao normal o quanto antes”, explicou o Prefeito de Castelo, Domingos Fracaroli.

As novas normas de funcionamento do comércio entram vigor nesta segunda-feira, 29 de junho, através do decreto municipal número 17.433.

Confira:

 

 

 

 

 

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  9º Batalhão apreende drogas em Cachoeiro de Itapemirim
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Calçadão da Beira Rio terá mais acessibilidade e novos atrativos para população de Cachoeiro

Publicados

em

 

O calçadão da avenida Beira Rio, em Cachoeiro de Itapemirim, terá mais recursos de acessibilidade e novos atrativos de esporte e lazer. O local passa por reforma desde novembro do ano passado, com o objetivo de proporcionar melhores condições para pedestres e praticantes de atividades físicas.

Estão sendo construídas quatro rampas de acesso, sendo três delas ao longo da via – em frente a faixas de pedestres – e uma na parte da calçada que faz cruzamento com a ponte Juscelino Kubitschek. Outra melhoria em acessibilidade é a colocação de piso tátil (faixa em alto-relevo que auxilia na locomoção) por toda a extensão do calçadão.

Nas últimas semanas, foram iniciadas intervenções em uma área em frente ao Teatro Municipal Rubem Braga onde haverá bancos, equipamentos de academia e um espaço aberto para prática de exercícios físicos. Além disso, está sendo feita uma pequena plataforma elevada, na qual profissionais de educação física poderão se colocar para dar instruções a alunos, durante atividades ao ar livre.

Leia Também:  Governador Casagrande entrega 60 leitos de internação em Cachoeiro e, finalmente, Hospital do Aquidabã sai do papel e começa funcionar

Neste mês de junho, também é feita a aplicação de granilite no calçadão, material mais apropriado para a prática de caminhada do que o antigo piso de pedras portuguesas. O projeto prevê, ainda, recuperação dos guarda-corpos e melhorias em iluminação e jardinagem.

A reforma é divida em dois trechos: o primeiro tem início na altura do acesso à rua Bernardo Horta e termina na ponte de pedestres Rosalina Despoli; o segundo, segue da ponte Rosalina Despoli até a altura do Teatro Rubem Braga. A expectativa é de que o trabalho de concretagem e acabamentos estruturais nas duas partes seja concluído nos próximos 45 dias.

“A reforma do calçadão da Beira Rio é uma demanda de longa data da população cachoeirense, e nós estamos trabalhando com responsabilidade para entregar instalações de qualidade e mais acessíveis a todos. Enquanto as obras acontecem, pedimos às pessoas que passarem pelo local que respeitem a sinalização para não passar pela área das intervenções – e, de preferência, que evite sair de casa durante a pandemia”, afirma o prefeito Victor Coelho.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA