Estado

Casagrande autoriza início das obras na Avenida Abido Saadi, na Serra

Publicados

em


O governador do Estado, Renato Casagrande, assinou, nesta quarta-feira (13), a Ordem de Serviço para obras de reabilitação e reforma da Avenida Abido Saadi, no município da Serra. As intervenções serão realizadas no trecho de 7,52 quilômetros entre a Curva da Baleia e a Praia de Capuba, em Jacaraípe, que faz parte da Rodovia ES-010. Também foi autorizado o início das obras de reforma da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Vila Nova de Colares e anunciada a publicação dos editais para reforma de outras duas unidades: a EEEFM Arlindo Ferreira Lopes e a EEEFM Professor Juraci Machado.

Durante a solenidade de assinatura dos atos, Casagrande destacou a importância desses novos investimentos, estimados em R$ 60 milhões, no município serrano. “Investir em educação é um dos pilares da nossa gestão. Outro pilar é ter uma infraestrutura adequada, tornando o Estado cada vez mais competitivo. A Avenida Abido Saadi é uma importante ligação para quem vai e volta da região norte e para quem gosta de frequentar as lindas praias dessa região”, afirmou.

O governador lembrou ainda que a via não passava por uma reestruturação desde a década de 1980. “Vamos humanizar a avenida, dando melhores condições de tráfego. Também iremos dar continuidade ao Contorno de Jacaraípe, pois com a chegada do Porto, a região terá um maior fluxo de veículos, principalmente os pesados, deixando a Abido Saadi para os moradores e os turistas”, disse.

Além da elaboração do projeto básico e executivo e a execução das obras de terraplanagem, a o trecho da ES-010 na Abido Saadi vai receber nova drenagem, restauração do pavimento da pista dupla existente, sinalização rodoviária, obras de proteção ambiental, além de serviços complementares, como duplicação do trecho entre a Avenida Guaianazes e a Praia de Capuba, calçada cidadã, implantação de novos pontos de ônibus e manutenção dos estacionamentos existentes. O investimento é de R$ 37,9 milhões e o prazo de execução das obras é de 24 meses.

Leia Também:  PMES fiscaliza motos com alteração no escapamento e embriaguez ao volante em Guarapari

Para o diretor presidente do DER-ES, Luiz Cesar Maretto Coura, a reabilitação da Avenida Abido Saadi vai ser transformadora para os moradores e turistas que frequentam a Serra. “Esta obra chegou para mudar a vida dos moradores da Grande Jacaraípe. Importantíssima para o turismo e a mobilidade, assim como também para os comerciantes. É com muita alegria que o DER-ES executa mais uma importante empreitada para o Espírito Santo”, comemorou.

Reforma de escolas

Na área da educação, o governador Casagrande assinou a Ordem de Serviço para as obras de reforma da EEEFM Vila Nova de Colares, localizada no bairro Vila Nova de Colares. O investimento de quase R$ 2 milhões vai beneficiar aproximadamente 1.300 alunos e servidores da unidade escolar, que contará com melhorias no bloco escolar, vestiário, quadra poliesportiva, auditório e área externa. Foram anunciados, ainda, mais R$ 21 milhões na reforma de mais duas importantes escolas do município: a EEEFM Arlindo Ferreira, no bairro Boa Vista, e a EEEFM Professor Juraci Machado, em Barcelona.

“Toda crise aumenta a desigualdade e a única ferramenta que pode diminuir esse mal é através da educação. Muitas crianças e jovens não irão retornar às aulas agora por conta do afastamento das escolas por causa da pandemia. Muitos outros perderam o ano por não terem as mesmas condições para estudar em casa. Estar em sala de aula é fundamental e por isso faço um apelo ao novo prefeito, já que o Estado irá retornar com as aulas presenciais nas cidades de Risco Baixo e Moderado a partir do dia 4 de fevereiro”, citou o governador.

Leia Também:  Governo do Espírito Santo divulga 41º Mapa de Risco Covid-19

A EEEFM Arlindo Ferreira Lopes receberá serviços de reforma e ampliação que disponibilizará aos alunos e ao corpo docente um novo espaço esportivo, auditório, laboratório de informática, laboratório de física, laboratório de química, biblioteca, 16 salas de aula, sala multiuso, ambiente administrativo e refeitório. A área total construída será de 3.544,25 metros quadrados. O valor do investimento é de R$ 8.960.150,79, com prazo de conclusão de 30 meses.

Já a EEEFM Professor Juraci Machado contará com serviços de reforma e ampliação, construção de espaço esportivo com vestiário, auditório, dois laboratórios de informática, laboratório de física e matemática, laboratório de química e biologia, biblioteca, dezesseis salas de aula, sala multiuso, sala de artes, ambiente administrativo e refeitório, com área total construída de 4.779,49 metros quadrados e investimento de R$ 12.111.924,84. O prazo de conclusão das obras é também de 30 meses.

O diretor presidente do DER-ES também comentou sobre estes trabalhos. “É com imensa alegria que recebemos esta missão. O DER executou projetos bonitos e modernos. Cada intervenção vai ser executada com muito carinho. Nossa equipe não mediu esforços para preparar uma estrutura de qualidade para esta nova geração”, pontuou Maretto.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação do DER-ES
Flávia Pimentel Simões / Marília Vieira
(27) 3636-4404 / 99943-7470 / 99754-8048
[email protected]

Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon / Soraia Camata
(27) 3636-7705 / 7706/ 7707/ 7888 / 99956-2479 / 99802-9043
[email protected] / [email protected] / [email protected] 

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Operação de combate ao desmatamento ilegal continua em Santa Teresa

Publicados

em


Equipes do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) realizaram, nos dias 13 e 20 de janeiro, a fiscalização em solo dos pontos mapeados em Santa Teresa, a partir do sobrevoo para identificar possíveis irregularidades ambientais.

O sobrevoo foi realizado em dezembro do ano passado, com o apoio do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo da Secretaria da Casa Militar – Espírito Santo (NOTaer), tendo sido identificados 38 pontos para averiguação de infrações, como queimadas, supressão irregular de vegetação, terraplanagens em Áreas de Preservação Permanente (APPs) e fracionamento de imóveis rurais abaixo da parcela mínima permitida por lei.   

De acordo com o diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada, o Instituto tem atuado de forma constante, de modo a minimizar os crimes ambientais. “É um trabalho desafiador e que requer atenção máxima. Com o sobrevoo e as imagens de satélites de alta resolução do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), temos a possibilidade de proceder as verificações. Mas também é importante o apoio da população, acionando o Disque-Denúncias 181, de modo que essas ações não fiquem impunes”, disse Louzada.

Leia Também:  Governo amplia mais 30 leitos para atendimento à Covid-19 no sul do Estado

Operação 

Segundo o gerente de Licenciamento e Controle Florestal do Idaf, Fabricio Zanzarini, após o sobrevoo foi elaborado um relatório, com informações sobre os responsáveis pelas áreas. Foram verificados desmates em 14 pontos, sendo dois já com loteamentos e outros com terraplanagem. Em 11 pontos foram detectados terraplanagem, sendo quatro com loteamentos em implantação e outros com indícios. Em sete pontos, foi verificado o preparo do solo para cultivo agrícola, onde, provavelmente, não há infração. 

De acordo com o gerente do Escritório do Idaf em Santa Teresa, Fabrício Fardin, todos os proprietários das áreas já foram identificados.  “Vamos entregar um relatório à Prefeitura de Santa Teresa, que é responsável pelo ordenamento do uso e da ocupação do solo, e pelo licenciamento dos loteamentos, para tomar as devidas providências que cabem ao município. O Idaf, nos próximos dias, estará aplicando as penalidades cabíveis. As vistorias ocorridas nessas duas datas resultaram em 21 áreas embargadas para recuperação da vegetação”, conta Fardin.

Texto: Francine Castro e Rafaely Lyra

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Idaf
Francine Castro/ Rafaely Lyra Walter
(27) 3636-3774 / (27) 99237-5308
[email protected]

Leia Também:  Iema amplia prazo de entrega de documentação para eleição do conselho consultivo do Parque de Itaúnas
Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA