Estado

Casagrande anuncia mais de R$ 50 milhões em obras para Vila Velha

Publicados

em

 

.

O governador do Estado, Renato Casagrande, anunciou, nesta quarta-feira (12), a publicação do edital de licitação das obras de macrodrenagem em Vila Velha. Nesta etapa, será construída a Estação de Bombeamento de Águas Pluviais (EBAP) do Foz do Costa e pavimentação da Rua Magnólia Aguiar, no bairro Praia da Costa. Também foi anunciada a construção da nova Unidade Municipal de Ensino Fundamental (UMEF) de Vale Encantado. Os investimentos do Governo do Estado superam a marca de R$ 50 milhões.

Durante a solenidade virtual, transmitida ao vivo pelas redes sociais, o governador comentou a satisfação do anúncio dos investimentos em Vila Velha, que é a primeira cidade do Espírito Santo. “Este ano não podemos fazer a comemoração do Dia do Solo Espírito-Santense, em decorrência da pandemia. Mas estamos agora celebrando com a assinatura de ordens de serviço e a realização de obras estruturantes no município”, afirmou Casagrande.

As obras de macrodrenagem serão feitas pela Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb) com recursos do Fundo Estadual para o Financiamento da Infraestrutura (FEFIN), no valor de R$ 45.484.583,64. O sistema de bombeamento visa minimizar os alagamentos causados pelas chuvas e beneficiará moradores e quem transita pelos bairros Praia da Costa, Itapuã e Centro de Vila Velha, além da população que utiliza a Avenida Carioca, o Terminal de Vila Velha e a Terceira Ponte, que são importantes áreas de circulação metropolitana.

“Reconhecemos a importância de Vila Velha, que depende muito de investimentos em infraestrutura. Uma cidade que cresceu muito. Estamos realizando essa macrodrenagem, que dará qualidade de vida a quem hoje sofre com alagamentos. Desde o início do ano passado estamos fazendo um importante trabalho de limpeza do Rio Marinho e demais rios do município. Um investimento de mais de R$ 400 milhões para diminuir os alagamentos. Nós gostamos de fazer um trabalho que marque e mude a vida das pessoas, bem como valoriza a comunidade”, reforçou o governador.

O secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente, afirmou que a macrodrenagem na Região Metropolitana é um grande desafio para todos, mas que o Governo trabalha para buscar soluções. “São obras importantes para a Grande Vitória, para minimizar os efeitos dos alagamentos. Essa já é a terceira EBAP em licitação e continuamos trabalhando para dar andamento em todas as obras”, destacou.

“Foi um esforço muito grande para que essa licitação pudesse ficar pronta em meio a uma pandemia. Essa estação vai ter uma capacidade de bombeamento de 1.200.000 litros de água por minuto. A EBAP terá ainda seis comportas de maré, dispositivos que permitam regular a maré e impedir que a água do mar adentre ao município e dificulte a saída da água das chuvas”, explicou a subsecretária de Estado de Saneamento e Programas Urbanos, Zilma Peterli.

Leia Também:  No Espírito Santo, 75 municípios estão classificados em Risco Baixo

A subsecretária lembrou ainda que será feira a pavimentação da rua que vai dar acesso à EBAP, que atenderá também o acesso ao Morro do Moreno. E, caso seja necessário, a estação ainda tem capacidade de aumentar a demanda, com espaço para instalação de mais bombas e aumento da capacidade para 1.440.000 litros de água por minuto.

A licitação para as obras é na modalidade concorrência e as empresas interessadas poderão entregar suas propostas até o dia 14 de setembro. A abertura dos envelopes será realizada às 14 horas do dia 15 do mesmo mês. O edital completo estará disponível no site www.sedurb.es.gov.br, no menu Licitações.

Macrodrenagem

O pacote de obras de macrodrenagem beneficia os municípios de Vila Velha, Viana, Cariacica e Colatina. Ao todo, o investimento previsto é de R$ 550 milhões, sendo R$ 400 milhões só em Vila Velha. Entre as intervenções previstas no município estão dez estações de bombeamento de águas pluviais; três comportas de maré; dois diques (Marilândia e Pontal das Garças); sete quilômetros de galerias; 11 passarelas; quatro pontes; Área de convivência/parque linear (Grande Cobilândia e Aribiri); sete quilômetros de ciclovias; Urbanização do canal Guaranhuns; Ampliação do Canal Diagonal e do Canal do Dique; e a Dragagem do Canal Marinho.

Os municípios de Vila Velha, Viana e Cariacica também serão contemplados com as obras de macrodrenagem do Rio Formate. As obras beneficiarão todos os bairros que são cortados pelo rio. Este é o terceiro edital de licitação para obras de macrodrenagem publicado. Já foram publicados também para obras em Cobilândia e no Bairro Universal, em Viana. Outros editais serão publicados nos próximos meses.

UMEF de Vale Encantado

Durante a solenidade virtual, o governador Renato Casagrande anunciou a construção da UMEF de Vale Encantado. A unidade terá dois blocos, o pedagógico e o administrativo, que serão interligados por uma passarela coberta, planejada com sistema de captação de reaproveitamento de água pluvial. O valor do investimento é de R$ 12.194.645,07. Serão atendidos 480 alunos, do 1º ao 5 ano do Ensino Fundamental.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, falou sobre os investimentos do Governo do Estado na área. “Ontem anunciamos quase R$ 130 milhões em investimentos na rede física das escolas estaduais, também entregamos obras, demos Ordens de Serviço e abrimos licitações em praticamente todas as regionais. Hoje, estamos mais uma vez efetivando o regime de colaboração, entre Estado e municípios, para reestruturarem as suas escolas também. Esse investimento da UMEF de Vale Encantado é uma oferta que cria quase 500 vagas em uma demanda muito significativa para as séries iniciais do Ensino Fundamental”, disse.

Leia Também:  Firjan Senai abre cerca de 5 mil vagas gratuitas para cursos a distância

O bloco pedagógico contará com três pavimentos: o primeiro será composto pelos espaços a seguir – biblioteca, sala de dança/artes, refeitório, sanitários masculino/feminino e para Pessoas com Deficiência (PCD), sala de coordenação, sala de grêmio, depósitos, cozinha, despensa, copa, área de serviço, vestiário de funcionários, espaço de circulação e pátio coberto. No segundo pavimento, serão construídas oito salas de aula, três salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE), sala de informática, sanitários masculino/feminino e para PCD, sala de apoio de serviço e ambientes de circulações.

No terceiro pavimento serão quatro salas de aula, sala de música, depósito de instrumentos musicais, sala de robótica, duas salas de aula para atividades de contraturno, duas salas de múltiplo uso, sanitários masculino/feminino e para PCD, sala de apoio aos professores e ambientes de circulação.

Já o bloco administrativo terá dois pavimentos: o primeiro, com sala de arquivo, secretaria, sala de espera, sala da direção, sala dos professores, sala do pedagogo, sanitários masculino/feminino, sala para Educação Física, sala de planejamento e ambientes de circulações. No segundo pavimento será construído o auditório com sanitários e espaço de circulação.

A nova UMEF de Vale Encantado também contará com quadra poliesportiva, com vestiários masculino e feminino; pátio de serviço; bicicletário; estacionamentos; jardim e parquinho para as crianças.

”Temos que ressaltar a capacidade do Governo de conduzir essas obras estruturais e também de realizar os convênios que fazem toda a diferença para os municípios. Sob a liderança do governador Casagrande, tem sido mais frequente a nossa presença em todos os municípios capixabas com alguma ação do Governo. Esse é o nosso papel: trabalhar com sensibilidade, justiça e respeito”, comentou a vice-governadora Jaqueline Moraes.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sedurb
Karolina Gazoni
(27) 99843-5686
[email protected] / [email protected]

Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon / Soraia Camata
(27) 3636-7705 / 7706/ 7707/ 7888 / 99956-2479 / 99802-9043
[email protected] / [email protected] / s[email protected]

 

 

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

No Espírito Santo, 75 municípios estão classificados em Risco Baixo

Publicados

em

 

.

O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (18), o 23º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (21) e o domingo (27). Do total de municípios capixabas, 75 estão classificados em Risco Baixo. Apenas três estão em Risco Moderado (Ibatiba, Montanha e São José do Calçado). Não há nenhum município em Risco Alto. O Mapa foi construído seguindo a metodologia da 5ª Fase da Matriz de Risco de Convivência, anunciada no final de agosto.

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade passa a considerar a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença. A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril.

Leia Também:  Transporte em Cachoeiro: linha para São Vicente retoma atendimento aos sábados

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO MODERADO: Ibatiba, Montanha e São José do Calçado.

RISCO BAIXO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Colatina, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenco, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Ecoporanga, Fundão, Guaçuí, Guarapari, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Mucurici, Muniz Freire, Muqui, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Pavão, Vila Valério, Vila Velha e Vitoria.

Leia Também:  Continuam abertas inscrições para webinar sobre medidas econômicas em apoio às micro e pequenas empresas
Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA