Carros e Motos

Carros ficaram mais caros no Brasil em março, aponta KBB

Publicados

em


source
Entenda o comportamento dos preços de veículos novos, seminovos e usados no Brasil e março de 2021
Divulgação

Entenda o comportamento dos preços de veículos novos, seminovos e usados no Brasil e março de 2021

O monitor de variação de preços da KBB Brasil registrou forte tendência de alta no mês de março. A empresa, especialista na precificação de carros novos e usados , divulga que modelos zero quilômetro tiveram reajuste médio de quase 2% no período. Para veículos seminovos , a variação passou dos 4% de média, enquanto os modelos usados atingiram 5% de acréscimo.

Segundo a KBB, o monitor de variação de preços não registrava acréscimo médio acima de 1% para veículos em um único mês desde setembro de 2020. O mês de março de 2021 bateu os 1,87% de média, com destaque para modelos novos , cujo o reajuste atingiu 2,5%, conforme a tabela abaixo:

Leia Também:  GM confirma nova picape para brigar com a Fiat Toro
Ano Modelo Variação – Fevereiro/21 Variação – Março/21 Média – 2020
Média 0,84% 1,87% 0,48%
2022 2,14% 0,31%
2021 1,15% 1,21% 0,43%
2020 0,44% 2,50% 0,67%
2019 0,93% 2,03% 0,27%

Há um descompasso na indústria automotiva brasileira , de acordo com os especialistas da KBB Brasil. Até o momento, 14 montadoras chegaram a interromper suas produções por conta da falta de insumos e os impactos da pandemia.  Dessa forma, automóveis disponíveis à pronta entrega, sejam seminovos ou usados , se encontram em um momento de valorização.

Entre os carros seminovos com até três anos de uso, a KBB registrou elevação média de 5,32% para modelos 2018. No caso de carros usados com até 10 anos de uso, o pico da média de reajuste para veículos 2015 foi de 5,96% de variação.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Pandemia é fator decisivo na alta das compras on-line e encomendas delivery

Publicados

em


source
Advento dos aplicativos de pedido de comida impulsionou os negócios na Bocão de Minas, especialista em lanches
leo fontes

Advento dos aplicativos de pedido de comida impulsionou os negócios na Bocão de Minas, especialista em lanches

Conforme uma pesquisa feita pela plataforma de e-commerce Mercado Livre , as pessoas estão buscando novas alternativas na questão da locomoção e de fazer compras, e uma das explicações dessa tendência está relacionada à pandemia.

Acontece que quem tem condições, prefere abrir mão do transporte público e investir em um veículo que atenda as suas necessidades. Essa forma de pensamento reforça as medidas restritivas e de distanciamento social, o que reduziu a necessidade de deslocamentos diários e impactou a mobilidade urbana .

Da mesma maneira, com a falta de empregos e o isolamento social, muitos também têm buscado os serviços de entrega, seja para pedir delivery ou mesmo a busca por um plano B de trabalho.

Leia Também:  Bolsonaro comete duas infrações gravíssimas em passeio de motocicleta

Só para exemplificar, no segundo semestre do ano passado, houve um aumento de 35% na intenção de compra de motos , em relação aos níveis pré-pandêmicos, segundo levantamento do marketplace de Veículos, Imóveis e Serviços (VIS) do Mercado Livre.

“Sabemos que esse é um momento de transformação na sociedade e cada vez mais as pessoas buscam diferentes formas de mobilidade, e é nosso papel apontar tendências de mercado e viabilizar negócios”, explica Luis Paulo dos Santos, diretor de Marketplace de Veículos, Imóveis e Serviços do Mercado Livre.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA