Política

Camilo Cola dirá ao PMDB de Cachoeiro que é pré-candidato a prefeito

Publicado em

O encontro marcado para esta segunda-feira foi pedido pelo próprio deputado

Por | 05.02.2012


 

Ilauro Oliveira

 

Em crise há algum tempo, o PMDB de Cachoeiro fará reunião decisiva na noite de amanhã (segunda-feira, 6) para tentar aparar as arestas dentro da sigla. O encontro foi marcado pelo presidente do diretório municipal e deputado federal Camilo Cola que tem sido alvo de ataques por parte do ex-prefeito Roberto Valadão.

 

Além de uma provável lavagem de roupa suja, os peemedebistas vão ouvir do deputado a confirmação de que ele é pré-candidato à prefeitura de Cachoeiro. Camilo vai querer saber se os sequazes o apóiam ou não.

 

A pré-candidatura de Camilo já chegou a ser debatida dentro do PMDB, mas esfriou. Não se sabe se foi ele ou os peemedebistas que colocaram pouca lenha naquele fogo. Agora parece que a labareda vai reacender aos menos no que depender do deputado.

Leia Também:  TC recomenda aprovação de contas de Casteglione, mas com ressalva

 

Além da pretensão de Camilo em ser prefeito, o ex-deputado Zé Tasso também já se colocou à disposição do PMDB. Uma ala dentro do partido é adepta da candidatura do deputado estadual Theodorico Ferraço (DEM).

 

Recentemente, e de maneira gratuita, Roberto Valadão lançou ataques ao deputado federal do seu partido dizendo que ele tem dificuldades em ser político (sic). Camilo não respondeu publicamente, mas sabe-se que ele ficou indignado com as declarações.

 

A reunião desta segunda-feira não deve ser tranqüila, mas pode ser decisiva para o futuro do PMDB de Cachoeiro, um partido que já fez história no município, mas vem se definhando a cada dia e perdendo representatividade.

 

Curiosamente o único nome expoente da sigla na atualidade é o próprio deputado federal Camilo Cola, a quem Valadão ajudou a eleger e agora contraditoriamente o acusa de ter dificuldade em ser político. Vai entender.

 

 

 

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cidades

Prefeito de Marataízes exonera quatro secretários municipais e mais 15 comissionados

Published

on

O prefeito em exercício de Marataízes, Jaiminho Machado, exonerou, em uma canetada só, quatro secretários municipais.

A lista foi publicada no diário oficial desta sexta-feira (12).

Além deles, consta na lista João Antonio Neto, o Joãozinho, gerente de gestão, que estava lotado no gabinete e também já exerceu cargo em primeiro escalão.

Em importância menor dentro da escala administrativa, também foram exoneradas outras 15 pessoas, entre diretores e outros.

Todos os nomes exonerados foram nomeados pelo então prefeito afastado Tininho Batista e eram colaboradores desde o seu primeiro mandato como prefeito.

Um dos secretários exonerados é Robson Abreu Silva que respondia por três secretarias.

Confira os secretários exonerados:

ANDERSON GOUVEIA DE OLIVEIRA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE DEFESA SOCIAL E SEGURANÇA PATRIMONIAL

ROBSON SEYR – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER

ANTÔNIO CARLOS SADER SANT’ANNA –  SECRETÁRIO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE PESCA E AQUICULTURA

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA DE INTERIOR

Leia Também:  Projeto destina mais recursos do FPM para pequenos municípios

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE AGRICULTURA, AGROPECUÁRIA E ABASTECIMENTO

JOÃO ANTONIO NETO – GERENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA