Economia

Caixa libera saques do FGTS emergencial para nascidos em setembro e outubro

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Apesar de o saque ser liberado hoje, a Caixa não abrirá agências
Foto: O Dia

Apesar de o saque ser liberado hoje, a Caixa não abrirá agências

O saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa a ser liberado neste hoje (31) para os nascidos em setembro e outubro, que tiveram o depósito de até R$ 1.045 do FGTS feito em Poupança Social Digital do banco em 31 de agosto e 8 de setembro. 

A Caixa não vai abrir agências neste sábado para fazer os pagamentos. Quem quiser sacar os recursos deverá recorrer às casas lotéricas ou a correspondentes Caixa Aqui. Nas agências da Caixa, os saques poderão ser feitos apenas a partir de terça-feira (3).

O benefício, de até R$ 1.045, considera a soma dos saldos de todas as contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores) do FGTS.

Leia Também:  Economia está ‘muito mais saudável’ com dólar a R$ 5 e juros de 2%, diz Guedes

Segundo o cronograma da Caixa, o crédito dos recursos na  Poupança Social Digital  já foi recebido por todos os trabalhadores que se habilitaram. Porém, os saques em espécie e as transferências ainda vão acontecendo gradualmente, baseando-se na data de nascimento dos cotistas. 

A ação faz parte do conjunto de medidas de enfrentamento aos impactos causados aos trabalhadores pela pandemia da Covid-19. De acordo com a Caixa, no total, até este mês, serão liberados mais de R$ 37,8 bilhões, para aproximadamente 60 milhões de contribuintes.

Quem tem dúvidas sobre qual valor tem disponível no fundo de garantia e quando o dinheiro ficará disponível pode consultar o site da Caixa, aplicativo FGTS (disponível para  Android e iOS ), o  internet banking da Caixa, ou pelo telefone 111, na opção 2.

Calendário:

29 de junho: Nascidos em janeiro
06 de julho: Nascidos em fevereiro
13 de julho: Nascidos em março
20 de julho: Nascidos em abril
27 de julho: Nascidos em maio
03 de agosto: Nascidos em junho
10 de agosto: Nascidos em julho
24 de agosto: Nascidos em agosto
31 de agosto: Nascidos em setembro
08 de setembro: Nascidos em outubro
14 de setembro: Nascidos em novembro
21 de setembro: Nascidos em dezembro

Já os saques e as transferências serão permitidas sempre aos sábados:

Leia Também:  77% dos empreendedores não se sentem preparados para usar o Pix, diz pesquisa

25 de julho: Nascidos em janeiro
08 de agosto: Nascidos em fevereiro
22 de agosto: Nascidos em março
05 de setembro: Nascidos em abril
19 de setembro: Nascidos em maio
03 de outubro: Nascidos em junho
17 de outubro Nascidos em julho
17 de outubro Nascidos em agosto
31 de outubro: Nascidos em setembro
31 de outubro: Nascidos em outubro
14 de novembro: Nascidos em novembro
14 de novembro: Nascidos em dezembro

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Ações do Carrefour caem mais de 6% nesta segunda-feira

Publicados

em


source

Brasil Econômico

Protestos carrefour
Divulgação

Manifestantes protestam contra morte de João Alberto nas mãos de seguranças do Carrefour

Após os protestos em prol de  João Alberto Silveira Freitas, homem negro morto por seguranças de um supermercado do Carrefour em Porto Alegre, as ações da companhia caíram mais de 6% nesta segunda-feira (23), na Bolsa de Valores de São Paulo .

As ações da franquia brasileira do grupo francês, o CRFB3, chegaram a atingir queda de 6,18% , por volta das 14h, enquanto o índice Ibovespa das principais ações indicava alta de 0,85%. 

Um dia após a morte de João Alberto, na sexta-feira (20), o Carrefour fechou o dia com alta de 0,49%, apesar do repúdio e indignação presentes nas redes sociais e nas ruas, justamente no Dia da Consciência Negra no país. As manifestações contra o racismo pediam, inclusive, o boicote à rede de supermercados.  

Leia Também:  British Airways venderá taças de champanhe usadas em Boeing 747; saiba por que

“Hoje as ações estão repercutindo as manifestações do fim de semana, que afetou a imagem do Carrefour . Além disso, grandes empresas, como a Ambev, também pediram medidas imediatas para evitar novos episódios (como o que ocorreu nas instalações do grupo francês)”, disse Alex Agostini, da Austin Rating, à AFP. 

As ações do Carrefour na bolsa de Paris registraram queda de 2,21% nesta segunda-feira. 

Desde a divulgação do vídeo em que seguranças do supermercado de Porto Alegre aparecem imobilizando e socando João Alberto até a morte  no estacionamento, o grupo vêm tendo dias conturbados, sofrendo represálias e protestos. 

Na sexta-feira à noite e durante o final de semana, foram realizadas manifestações em frente aos supermercados Carrefour em Porto Alegre e outras grandes cidades do país. 

Em São Paulo, numa filial da rede no bairro Jardim Paulista pedras foram atiradas na fachada de vidro e um grupo de pessoas invadiu o estabelecimento, destruindo e ateando fogo nas mercadorias , entre outras instalações, de acordo com os relatos de um fotógrafo da AFP. 

Leia Também:  Economia dos EUA encolherá no primeiro trimestre de 2021

Na sexta-feira, o CEO do Carrefour, Alexandre Bompard , expressou suas condolências pelo “ato horrível” por meio de uma série de tuítes em português. De acordo com o empresário, as imagens são “insuportáveis”. 

Bompard pediu ainda “uma revisão completa das ações de formação dos funcionários e terceirizados em matéria de segurança, respeito à diversidade, valores de respeito e repúdio à intolerância”.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA