Agronegócio

Café especial de Venda Nova do Imigrante vence Cup of Excellence pela primeira vez

Publicados

em

Entre 30 cafés especiais, o lote cultivado pelo jovem de 20 anos, Luiz Ricardo Bozzi Pimenta de Sousa, no Sítio Escondica, em Venda Nova do Imigrante, nas Montanhas do Espírito Santo, destacou-se e foi o campeão do Cup of Excellence – Brazil 2020, principal concurso de qualidade para o produto no mundo, que é realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE).

O jovem, com formação em técnico agrícola, é debutante na competição e vem de uma família cafeeira de pequenos produtores, que há anos se dedica ao cultivo de cafés descascados nas montanhas capixabas.

“Essa é uma característica fantástica que temos conseguido introduzir e desenvolver nos cafés especiais. Uma geração super jovem, seguindo os passos dos pais no café e na vida, fomentando a sucessão no campo, entrando com valores e princípios, a fim de vencer e conquistar novos espaços. Isso é um motivo de muito orgulho a nós, que vemos essa nova geração chegando, capacitada e qualificada, para podermos passar o bastão para ela continuar flamulando a bandeira da qualidade excepcional dos cafés do Brasil”, comemora Vanusia Nogueira, diretora da BSCA.

A agricultura familiar e a estreia no Cup of Excellence também são características de Evandro Passos Clementino, que obteve o segundo lugar no concurso, com os 89,71 pontos obtidos por seu café cultivado no Sítio Boa Vista, em Cambuquira, na Denominação de Origem da Mantiqueira de Minas. Os outros 28 vencedores vieram de seis origens produtoras: Matas de Minas, Sul de Minas, Denominação de Origem do Cerrado Mineiro, Chapada Diamantina (BA), além da DO Mantiqueira de Minas e das Montanhas do ES (acesse o resultado completo no site da BSCA – a cerimônia de premiação pode ser conferida no canal da BSCA no YouTube).

Leia Também:  Produtores de leite participam de Dia de Campo em Riachão do Dantas

“Neste ano, a competição, com número de vencedores restrito a 30 para que se garimpe as melhores joias cafeeiras do país, evidenciou a diversidade qualitativa da produção dos cafés do Brasil. Recebemos mais de 600 amostras e, após o afunilamento na pré-seleção e na Fase Nacional, chegamos aos nossos 30 vencedores, que são cafés, de 11 variedades distintas, cultivados em 22 municípios de seis origens produtoras do país”, celebra Vanusia.

LEILÃO DOS VENCEDORES
Os 30 vencedores do Cup of Excellence – Brazil 2020 participarão de um disputado leilão internacional, via internet, no dia 10 de dezembro. Os preços alcançados nesses pregões vão bem além do mercado convencional, como o exemplo do campeão da competição em 2018, que obteve o maior valor pago por uma saca (60 kg) de café no país: R$ 73 mil. Já os cafés que receberam nota entre 86 pontos até o 30º ganhador foram considerados “Vencedores Nacionais” do concurso e estarão à disposição para aquisição em uma plataforma de venda on-line, entre os dias 8 e 30 de dezembro.

Leia Também:  IBGE: pelo menos uma doença crônica afetou 52% dos adultos em 2019

CUP OF EXCELLENCE
O principal concurso para cafés especiais do mundo integra as ações do projeto setorial “Brazil. The Coffee Nation”, desenvolvido em parceria por BSCA e Apex-Brasil com foco na promoção comercial do produto brasileiro no mercado externo. O objetivo é reforçar a imagem dos grãos nacionais em todo o mundo e posicionar o país como fornecedor de alta qualidade, com utilização de tecnologia de ponta decorrente de pesquisas realizadas.

O projeto visa, ainda, a expor os processos exclusivos de certificação e rastreabilidade adotados na produção nacional de cafés especiais, evidenciando sua responsabilidade socioambiental e incorporando vantagem competitiva aos produtos brasileiros. As empresas que ainda não fazem parte do projeto podem obter mais informações diretamente com a BSCA, através dos telefones (35) 3212-4705 / 99824-9845 / 99879-8943 ou do e-mail [email protected].

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agronegócio

CNA realiza capacitação em vendas para mercados internacionais

Publicados

em


Brasília (23/11/2020) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realiza nesta semana o seminário “Aprenda a comercializar com compradores internacionais”, com o objetivo de capacitar produtores rurais em vendas para o mercado externo. O evento online começou na segunda (23) e segue na terça (24) e na quinta (26).

O treinamento virtual é voltado para os participantes do projeto Agro.BR, parceria da CNA com a Apex-Brasil, que engloba ações de internacionalização de pequenos e médios produtores e promoção comercial de produtos brasileiros do agro.

“A partir das experiências que já tivemos dentro do projeto, em negociações e rodadas de negócios realizadas com compradores internacionais, percebemos que as empresas apresentaram necessidade de ter um maior conhecimento sobre essa questão”, afirmou a coordenadora de Exportação da CNA, Camila Sande.

O objetivo é orientar e capacitar empresários rurais participantes da iniciativa em relação às particularidades de uma negociação com potenciais clientes ou parceiros de países estratégicos, com destaque para o discurso de vendas, atenção a costumes e hábitos culturais e situações práticas ou estudos de caso para referência.

Leia Também:  Vídeo clipe “Vida de Bêbo” de Alvaro Nobre atinge 54 mil visualizações em apenas duas semanas

“O intuito principal é aumentar a possibilidade de sucesso em negociações entre produtores rurais brasileiros e potenciais compradores ou parceiros de mercados prioritários, como a China e países da América do Sul”, disse o assessor técnico da CNA, Rafael Gratão.

O módulo 1 teve como tema “Formação de preços para exportação” e abordou a definição de preço como valor econômico atribuído ao produto, elementos formadores do preço nas exportações (custo de produção, administrativo, operacional, comercial e lucro), engenharia reversa na definição de preços de exportação e avaliação de competitividade nos mercados-alvo. O palestrante foi o consultor da Ultramares Negócios Internacionais, Maurício Manfré.

Nesta terça (24), o painel “China”, ministrado pelo consultor da Business Nesting International, Cláudio Melfi, vai analisar pontos como as diferenças culturais, cadeia produtiva na negociação com o país asiático, diferenças entre exportar produtos e internacionalizar empresas e os passos necessários para preparar sua empresa e tornar-se visível para o comprador chinês.

Também serão esclarecidas as diferenças entre matéria prima e produto industrializado, participação em feiras na China, proteção legal, prospecção de clientes, certificações, registros de produtos, etiquetagem e embalagem, design e embalagens na China.

Leia Também:  Promotores Eleitorais ajuizaram 44 representações em cidades do Estado no dia das eleições

O terceiro módulo, que acontecerá na quinta (26), vai tratar sobre a América do Sul. Serão repassadas informações comerciais dos mercados no continente, cultura de negócios, pontos de atenção e cuidados na hora da negociação, diferenças de hábitos entre brasileiros e os outros sul-americanos, relatos de experiência própria e de terceiros. O palestrante será o especialista em exportação para países da América do Sul, Carlos Badillo.

Segundo Rafael Gratão, a capacitação é direcionada a alguns segmentos setoriais priorizados pelo Agro.BR, como hortaliças, flores e frutas frescas e processadas, aquicultura e pesca processada, mel e derivados, café, lácteos, cacau e chocolate.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA