Cidades

Cachoeiro é nota máxima em gestão fiscal pelo sexto ano

Publicado em

Na avaliação da Capacidade de Pagamento (Capag) realizada pela Secretaria do Tesouro Nacional, órgão do Ministério da Economia, o município de Cachoeiro recebeu em 2022 nota “A” em gestão fiscal, em uma classificação que vai até a letra “E”. O resultado com nota máxima é alcançado pelo município pelo 6º ano consecutivo.

A avaliação serve como indicador de risco da situação fiscal do estado ou município brasileiro, ao analisar a relação entre receitas e despesas correntes e a situação de caixa, fazendo um diagnóstico da saúde fiscal do ente federativo.

A nota “A” demonstra uma capacidade elevada de pagamento que pode levar a benefícios para a população, ao permitir a captação de mais recursos federais com aval da União e contratações de operações de crédito, como a firmada pelo município no valor de R$ 85 milhões, com o Banco do Brasil, no final de 2021.

O prefeito de Cachoeiro Victor Coelho celebra o resultado e salienta a importância do trabalho organizado na administração pública. “Uma conquista como essa só é possível com organização, transparência e compromisso com os recursos públicos por parte da gestão que conduz o município. Os resultados nós já podemos observar com os novos investimentos em obras e serviços que beneficiam a população cachoeirense”, frisa.

Leia Também:  Farmácia Cidadã Estadual em Venda Nova do Imigrante tem novo endereço

Operação de crédito e obras de infraestrutura

Os recursos da operação de crédito que a Prefeitura de Cachoeiro firmou com o Banco do Brasil para ampliar investimentos em infraestrutura estão sendo usados em 12 frentes de obras em andamento. Dentre as obras estão drenagem, pavimentação, contenção e escadarias no bairro Gilson Carone, construção do Parque Urbano da Ilha da Luz, construção da nova unidade básica de saúde do bairro Zumbi e contenção de áreas de risco no bairro Amarelo.

Em breve, com os recursos adquiridos, serão iniciadas a recuperação do Teatro Municipal Rubem Braga, drenagem e pavimentação nos bairros Vila Rica e Maria Ortiz e no distrito de Córregos Monos, além de investimentos em infraestrutura nos bairros Agostinho Simonato, Bom Pastor, Rubem Braga, Rui Pinto Bandeira Village da Luz, São Francisco de Assis e distritos de Itaoca, Córrego dos Monos e Soturno.

COMENTE ABAIXO:
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cidades

Prefeito de Marataízes exonera quatro secretários municipais e mais 15 comissionados

Published

on

O prefeito em exercício de Marataízes, Jaiminho Machado, exonerou, em uma canetada só, quatro secretários municipais.

A lista foi publicada no diário oficial desta sexta-feira (12).

Além deles, consta na lista João Antonio Neto, o Joãozinho, gerente de gestão, que estava lotado no gabinete e também já exerceu cargo em primeiro escalão.

Em importância menor dentro da escala administrativa, também foram exoneradas outras 15 pessoas, entre diretores e outros.

Todos os nomes exonerados foram nomeados pelo então prefeito afastado Tininho Batista e eram colaboradores desde o seu primeiro mandato como prefeito.

Um dos secretários exonerados é Robson Abreu Silva que respondia por três secretarias.

Confira os secretários exonerados:

ANDERSON GOUVEIA DE OLIVEIRA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE DEFESA SOCIAL E SEGURANÇA PATRIMONIAL

ROBSON SEYR – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER

ANTÔNIO CARLOS SADER SANT’ANNA –  SECRETÁRIO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE PESCA E AQUICULTURA

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA DE INTERIOR

Leia Também:  Prefeitura de Marataízes vai construir rotatória Barra

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE AGRICULTURA, AGROPECUÁRIA E ABASTECIMENTO

JOÃO ANTONIO NETO – GERENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA