Cidades

Cachoeiro abre novo Centro de Referência de Assistência Social no distrito de Itaoca

Publicados

em

 

O município de Cachoeiro de Itapemirim tem um novo Centro de Referência da Assistência Social (Cras). Construído no distrito de Itaoca, o equipamento público começou a funcionar nesta terça-feira (10).

Por meio da unidade, localizada à avenida Brás Vivacqua, próximo à praça do distrito, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes) vai oferecer atendimento a cerca de 5 mil famílias em situação de vulnerabilidade social de Itaoca e dos distritos de Coutinho, São Vicente e Conduru.

A partir do serviço de Proteção e Atendimento Integral a Famílias (Paif), o Cras desenvolve um trabalho social com as famílias referenciadas, visando o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, bem como o acesso a direitos socioassistenciais.

São realizados encaminhamentos para emissão de documentos, orientações referentes a benefícios sociais, inclusão e atualização do Cadastro Único (CadÚnico) de programas sociais, dentre outros serviços. Também são desenvolvidas atividades em grupo e oficinas voltadas a idosos, crianças e adolescentes e mulheres em situação de vulnerabilidade.

A equipe responsável pelo atendimento é composta por profissionais como assistentes sociais, psicólogos, pedagogo, coordenador, orientador social, facilitador de grupos, entrevistadores do CadÚnico e auxiliar administrativo.

Leia Também:  Fiocruz: 130 milhões podem receber vacina de Oxford em 2021

A estrutura do Cras de Itaoca inclui recepção, quatro salas de atendimento, cozinha, almoxarifado, quatro banheiros e área externa.

A unidade funcionará inicialmente de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, horário provisório adotado em todos os Cras do município durante a situação de emergência em saúde relativa ao novo coronavírus. Em virtude da pandemia, os atendimentos em grupo estão temporariamente suspensos.

Município agora tem sete Cras

Com a unidade de Itaoca, Cachoeiro passa a contar com sete Centros de Referência de Assistência Social, equipamentos que são considerados portas de entrada dos serviços da rede de proteção social do Sistema Único de Assistência Social (Suas). As outras unidades estão localizadas nos bairros Alto União, Jardim Itapemirim, Village da Luz, Zumbi, Rui Pinto Bandeira e no distrito de Burarama.

Telefones dos Cras de Cachoeiro

Centro de Referência de Assistência Social – Alto União
Telefone: (28) 3155-5413

Centro de Referência de Assistência Social – Jardim Itapemirim
Telefone: (28) 3155-5329

Centro de Referência de Assistência Social – Village da Luz
Telefone: (28) 3155-5259

Leia Também:  Vídeo clipe “Vida de Bêbo” de Alvaro Nobre atinge 54 mil visualizações em apenas duas semanas

Centro de Referência de Assistência Social – Zumbi
Telefone: (28) 3526-7880

Centro de Referência de Assistência Social – Distrito de Burarama
Telefone: (28) 3539-3014

Centro de Referência de Assistência Social – Distrito de Itaoca
Telefone: (28) 3522-9535

Centro de Referência de Assistência Social – Rui Pinto Bandeira
Telefone: (28) 3526-8717

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Mais famílias de Cachoeiro receberão Cartão Reconstrução na terça-feira (24)

Publicados

em

Na próxima terça-feira (24), mais onze famílias cachoeirenses receberão o Cartão Reconstrução. A entrega será feita na agência do Banestes localizada na rua Vinte e Cinco de Março, Centro, das 11h às 16h.

Iniciada em abril deste ano, a entrega do benefício já contemplou cerca de 1.264 famílias que tiveram imóveis atingidos pela enchente de janeiro e foram cadastradas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes).

O auxílio financeiro, no valor de R$ 3 mil, está sendo concedido pelo governo estadual para famílias com renda mensal de até três salários mínimos, inscritas no Cadastro Único de programas sociais, que comprovaram, com laudos da Defesa Civil ou do Corpo de Bombeiros, terem sido vítimas da inundação do Rio Itapemirim.

Com os cartões entregues e com a nova remessa, em Cachoeiro, foram liberados R$ 3,8 milhões. O cadastro dos beneficiários no programa foi feito, até junho, pela Semdes, que realizou um total de 1.624 inscrições.

Trezentos e quarenta e nove famílias ainda receberão o auxílio, que pode ser usado para compra de material de construção para reformas, eletrodomésticos, móveis ou outros utensílios que foram perdidos ou danificados pela chuva. O beneficiário tem o prazo de seis meses, a contar da data de retirada do cartão, para utilizar o valor liberado.

Leia Também:  Covid-19: governo brasileiro se reúne com cinco laboratórios
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA