Cidades

BRK Ambiental lança campanha sobre preservação da água no Dia Mundial do Meio Ambiente

Publicados

em

Indispensável na prevenção ao novo coronavírus, a água é um recurso finito e que deve ser preservado. Diante desse desafio, a BRK Ambiental, maior empresa privada de saneamento básico do país, responsável pelos serviços de água e esgoto em Cachoeiro de Itapemirim, lança uma campanha que incentiva o descarte adequado de resíduos domésticos, para contribuir com a preservação dos recursos hídricos, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho). A iniciativa é protagonizada pela Vovó Palmirinha, referência na gastronomia brasileira.

A apresentadora reforça a importância do descarte adequado do óleo de cozinha e aponta que até o uso do ralo de pia é essencial para evitar a contaminação de lagos, rios e mares. Para se ter uma ideia, cerca de 32 milhões de toneladas de lixo, das 79 milhões de toneladas produzidas pelo Brasil em 2018, foram descartadas de forma inapropriada, incluindo a rede de esgoto.

Em Cachoeiro de Itapemirim, a BRK Ambiental recolhe mensalmente, em média, 20 toneladas de lixo do sistema de esgoto. Somente no ano passado, foram mais de 240 toneladas. Entre eles, restos de comida, fios de cabelo, fio dental, preservativos, cotonetes, guimbas de cigarro, absorventes, sacolas plásticas, chupetas, dentadura e, até mesmo, fraldas descartáveis.

No entanto, no Brasil, a rede de coleta de esgoto foi projetada para receber 99% de material líquido e somente 1% de sólidos com água. O descarte irregular danifica o sistema de esgotamento sanitário e prejudica os mananciais, as matas ciliares, a fauna e a flora em geral.

Descartar óleo na pia é um dos grandes problemas relacionados ao mau uso das redes de esgoto, pois pode contaminar até 20 mil litros de água, o que resulta na poluição de córregos e rios. “Por essa razão, a BRK Ambiental escolheu a Vovó Palmirinha, que é uma pessoa carismática e respeitada por diferentes públicos, para reforçar a mensagem de que simples mudanças no dia a dia podem contribuir com o meio ambiente”, reforça Bruno Ravaglia, diretor da concessionária em Cachoeiro de Itapemirim.

Leia Também:  Serviços do INSS poderão ser feitos à distância até 10 de julho

A campanha foi produzida pela agência OKE, de São Paulo, e conta com spot de rádio, vídeo e peças para redes sociais. Além disso, envolve 100 influenciadores digitais para a disseminação das dicas sobre a destinação correta do lixo doméstico.

  Conheça a campanha:

Instagram

Facebook

YouTube

Programas e ações socioambientais

Ao longo do ano, a BRK Ambiental em Cachoeiro de Itapemirim também contribui com a conscientização da população para a preservação do meio ambiente, com ações e projetos socioambientais próprios e em parcerias. Um deles é o Programa Cuidar Mais, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e instituições de ensino privadas.

Em 2019, estudantes de seis escolas municipais participaram de uma oficina de audiovisual e produziram vídeos retratando a situação do meio ambiente no entorno de suas escolas e residências. As atividades com os alunos do 8º ano do ensino fundamental foram encerradas com a exibição dos vídeos no Cine Perim Center, em novembro, tendo como público convidado professores, pedagogos e familiares.

Já os alunos da educação infantil, de 11 escolas públicas municipais e privadas, com idades entre 4 e 5 anos, desenvolveram atividades em sala de aula e fecharam a participação no Cuidar Mais com uma mostra cultural, em outubro, no Ginásio Poliesportivo Theodorico de Assis Ferraço (Ferração). No palco, música, dança, desfile de moda com roupas produzidas a partir de materiais descartáveis e apresentação de paródias.

Leia Também:  Castelo passa para risco alto de Covid-19 e prefeitura restringe ainda mais as atividades econômicas

A unidade de Cachoeiro de Itapemirim, também em 2019, foi a primeira concessionária de água e esgoto da BRK Ambiental no país a colocar em funcionamento uma planta de geração de energia solar. A usina fotovoltaica, instalada na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Córrego dos Monos, possui 50 placas, que captam a radiação do sol e a transforma em energia elétrica, uma fonte limpa e renovável.

A concessionária também é parceira da Floresta Nacional de Pacotuba (Flona) no Programa Sementes de Pacotuba, que mantém um banco de oferta de sementes florestais de espécies nativas visando à recuperação de áreas degradadas no sul do Estado. Por meio do programa, foram identificadas e marcadas 450 árvores matrizes de diversas espécies. Apoia, ainda, a produção de viveiro de mudas de diversas espécies do Bioma Mata Atlântica produzidas na Pastoral da Ecologia, voltada para a proteção de nascentes em Cachoeiro de Itapemirim.

O diretor da BRK Ambiental, Bruno Ravaglia, destaca que todas as iniciativas socioambientais desenvolvidas pela empresa propõem a reflexão sobre a importância da preservação do meio ambiente e colaboram para a sociedade planejar em conjunto ações transformadoras. “Como empresa que opera os serviços de água e esgoto no município, assumimos o papel de contribuir de forma proativa para reconectar as pessoas aos recursos naturais, tendo em vista o desenvolvimento sustentável”, afirma.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Calçadão da Beira Rio terá mais acessibilidade e novos atrativos para população de Cachoeiro

Publicados

em

 

O calçadão da avenida Beira Rio, em Cachoeiro de Itapemirim, terá mais recursos de acessibilidade e novos atrativos de esporte e lazer. O local passa por reforma desde novembro do ano passado, com o objetivo de proporcionar melhores condições para pedestres e praticantes de atividades físicas.

Estão sendo construídas quatro rampas de acesso, sendo três delas ao longo da via – em frente a faixas de pedestres – e uma na parte da calçada que faz cruzamento com a ponte Juscelino Kubitschek. Outra melhoria em acessibilidade é a colocação de piso tátil (faixa em alto-relevo que auxilia na locomoção) por toda a extensão do calçadão.

Nas últimas semanas, foram iniciadas intervenções em uma área em frente ao Teatro Municipal Rubem Braga onde haverá bancos, equipamentos de academia e um espaço aberto para prática de exercícios físicos. Além disso, está sendo feita uma pequena plataforma elevada, na qual profissionais de educação física poderão se colocar para dar instruções a alunos, durante atividades ao ar livre.

Leia Também:  Faturamento de 30% dos lojistas cai 90% no início da reabertura em São Paulo

Neste mês de junho, também é feita a aplicação de granilite no calçadão, material mais apropriado para a prática de caminhada do que o antigo piso de pedras portuguesas. O projeto prevê, ainda, recuperação dos guarda-corpos e melhorias em iluminação e jardinagem.

A reforma é divida em dois trechos: o primeiro tem início na altura do acesso à rua Bernardo Horta e termina na ponte de pedestres Rosalina Despoli; o segundo, segue da ponte Rosalina Despoli até a altura do Teatro Rubem Braga. A expectativa é de que o trabalho de concretagem e acabamentos estruturais nas duas partes seja concluído nos próximos 45 dias.

“A reforma do calçadão da Beira Rio é uma demanda de longa data da população cachoeirense, e nós estamos trabalhando com responsabilidade para entregar instalações de qualidade e mais acessíveis a todos. Enquanto as obras acontecem, pedimos às pessoas que passarem pelo local que respeitem a sinalização para não passar pela área das intervenções – e, de preferência, que evite sair de casa durante a pandemia”, afirma o prefeito Victor Coelho.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA