Segurança

BPMA apreende arma de fogo e animais silvestres durante fiscalizações pelo Estado

Publicados

em


.

Na manhã da última quinta-feira (30), policiais Batalhão da Polícia Militar Ambiental – BPMA durante fiscalização de denúncia em Córrego da Concordia, distrito de Piaçú, município de Muniz Freire, detiveram um homem com espingarda de carregamento manual, juntamente com um estojo de espoletas e um recipiente com pólvora. Ainda no local, foi encontrado um pássaro silvestre conhecido como “catatau” mantido em cativeiro em uma gaiola de madeira. O responsável foi conduzido juntamente com os materiais apreendidos até a delegacia de Muniz Freire e apresentado para autoridade policial competente para providências cabíveis.

Ainda na área de atuação da 4ªCia/BPMA, na última quarta-feira (29), policiais constataram a degradação de uma área de 2.799 m² de vegetação nativa da Mata Atlântica na região de Córrego do Perdido, zona rural de Ibatiba. As árvores derrubadas possuíam diâmetro de tronco entre 10 e 50 cm. Um homem de 30 anos foi responsabilizado pelo fato e vai responder por “impedir ou dificultar a regeneração natural de florestas e demais formas de vegetação”.

Leia Também:  Policiais civis de Cachoeiro de Itapemirim recuperam ferramentas furtadas avaliadas em R$ 5 mil

Já na região de Ibatiba, também na quarta-feira (29), militares do BPMA flagraram em uma residência na localidade de Água Limpa, diversas gaiolas de madeira, sendo constatados nove pássaros silvestres mantidos em cativeiro de forma irregular. Entre eles estavam cinco “trinca-ferros”, um “bigodinho”, um “coleiro”, um “tico-tico” e um “catatau”, este último considerado animal em risco de extinção. Foram apreendidas ainda quatro armadilhas para captura de pássaros: dois alçapões e duas redes batedeiras.  Uma pessoa foi responsabilizada pelo crime de ter em cativeiro pássaros da fauna silvestre sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente.

Neste mesmo dia, houve ainda duas ocorrências do BPMA envolvendo pássaros silvestres. Uma ao norte do estado, no município de Linhares/ES, onde policiais da 2ªCia/BPMA apreenderam 11 pássaros silvestres, sendo oito “coleiros”, uma “jandaia”, um “gaturamo” e um “papagaio”. Todo material apreendido foi encaminhado ao CEREIAS – Centro de Reintrodução de Animais Silvestres, em Aracruz/ES, onde passarão por tratamento e posteriormente serão devolvidos a natureza. Foram lavrados cinco termos circunstanciados em desfavor dos responsáveis para que sejam tomadas as medidas judiciais cabíveis. A outra ocorrência foi na Grande Vitória, no município da Serra, onde os policias da 1ªCia/BPMA, durante patrulhamento pelo bairro porto Canoa, apreenderam 11 pássaros silvestres, dentre estes sete “coleiros”, mantidos em cativeiro sem autorização do órgão competente. Foram lavrados quatro termos circunstanciados em favor dos responsáveis nessa ocasião.

Leia Também:  Equipe do Denarc prende suspeitos de tráfico de drogas em Vila Velha

O BPMA adverte que manter animais silvestres em cativeiro sem a devida autorização dos órgãos competentes é crime, previsto no artigo 29 da lei de crimes ambientais (9605/98). Qualquer denúncia de crime ambiental pode ser feita através do número 181, ou pelo site https://disquedenuncia181.es.gov.br/.

Diretoria de Comunicação Social PMES:
CORONEL DALTRO ANTONIO FERRARI JUNIOR
Tel. (27) – 3636-8717 / 3636-8718
E-mail: [email protected]

Subseção de Jornalismo PMES:
1º TENENTE ANTHONY MORAES COSTA
Tels. (27) 99625-1106 / 98823-8857
E-mail: [email protected]

Fonte: PM ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Policiais civis de Cachoeiro de Itapemirim recuperam ferramentas furtadas avaliadas em R$ 5 mil

Publicados

em


.

A equipe da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic) de Cachoeiro de Itapemirim recuperou, nessa quarta-feira (12), várias ferramentas que foram furtadas de uma empresa no centro da cidade, na segunda-feira (10). O material, avaliado em R$ 5 mil, foi recuperado dois dias após o furto, em uma casa no bairro Coramara, também em Cachoeiro de Itapemirim.

“O furto aconteceu durante o horário de almoço da empresa quando não havia pessoas no local. Isso nos leva a crer que os suspeitos estariam vigiando o local. Para cometer o crime, eles subiram no telhado, quebraram várias telhas e o revestimento de gesso, tiveram acesso a um cômodo de onde furtaram furadeira de impacto, furadeira comum, tupia, lixadeira, motosserra, fios e ferramentas diversas, tudo avaliado em R$ 5 mil”, explicou o titular da Deic, delegado Rafael Amaral.

Logo após tomarem ciência do fato, os policiais iniciaram as diligências e, inicialmente, conseguiram identificar que um dos autores era um homem de 32 anos em situação de rua. “Por isso, fizemos as buscas na cidade e conseguimos encontrá-lo e prendê-lo no bairro Vila Rica. Após a prisão, ele confessou o crime e apontou o local onde tinha vendido todas as ferramentas por R$ 300”, afirmou o delegado.

Leia Também:  Polícia Civil indicia suspeito de estuprar e engravidar criança de 10 anos em São Mateus

O delegado acrescentou ainda que os policiais se dirigiram à residência apontada pelo detido e conseguiram recuperar os materiais. “No momento da operação policial, o proprietário da casa não estava no local, mas mesmo assim logramos êxito em apreender todas as ferramentas com os familiares dele que estavam no imóvel”, disse.

O suspeito foi conduzido à delegacia, mas não foi autuado porque não estava em estado de flagrante. “Ele foi ouvido e responderá em liberdade pelo crime de furto qualificado. O segundo suspeito, que também é um homem em situação de rua, já foi identificado e responderá pelo mesmo crime. Já o homem que comprou as ferramentas será indiciado pelo crime de receptação qualificada”, informou Amaral.

Ainda nessa quarta-feira (12), todos os materiais foram devolvidos à vítima.

 

Texto: Fernanda Pontes

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna – (27) 3137-9024

Agente de Polícia Fernanda Pontes

[email protected]

 

Atendimento à Imprensa:

Olga Samara/ Camila Ferreira
(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/ (27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

Leia Também:  Equipe do Denarc prende suspeitos de tráfico de drogas em Vila Velha

[email protected]

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA