Esporte

Botafogo SP derrota o Sampaio Corrêa pela 34ª rodada da Série B

Publicados

em


Em partida realizada no Estádio Santa Cruz, na noite de terça-feira, o Botafogo-SP venceu o Sampaio Corrêa por 2×1. O confronto foi válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

A equipe Tricolor saiu na frente após supremacia absoluta no primeiro tempo, com gol marcado por Jackson, de pênalti. Mas, na etapa final, os donos da casa marcaram duas vezes em cinco minutos e conquistaram os três pontos.

O JOGO

Com a postura agressiva, o Sampaio Corrêa tomou a iniciativa do jogo e passou a ocupar o campo ofensivo em busca do gol. A primeira chance surgiu após trama entre Léo Costa e Joazi, que resultou em um chute perigoso do volante por cima do travessão.

Na sequência, Roney testou o goleiro do Botafogo, que espalmou o chute forte. André Luiz também colocou o camisa 1 do time botafoguense para trabalhar.

Os donos da casa tinha dificuldade para sair da defesa e, quando se aventuravam ao ataque, chegavam de forma tímida, sem levar maiores perigos à defesa boliviana. Por outro lado, o Sampaio seguia criando chances, e Jackson quase marca ao disparar uma bomba da intermediária.

  Equipe do Vitória terá desfalques para o jogo contra o Oeste-SP

Leia Também:  Fora de casa, Confiança vence Oeste e alcança 45 pontos

A supremacia Tricolor surtiu efeito aos 34 minutos, após Marcinho ser derrubado dentro da área. Pênalti assinalado, que Jackson não desperdiçou e colocou a Bolívia na frente.

A vantagem não acomodou o Sampaio, que manteve a postura, mas o primeiro tempo chegou ao fim com o placar mínimo.

Na etapa final, o Botafogo-SP aproveitou as chances que criou e conseguiu a virada, com gols aos sete e aos 13 minutos.

A equipe do Sampaio Corrêa já volta a campo nesta sexta-feira para enfrentar o Paraná, no Estádio Castelão, às 19h15. Confronto válido pela 35ª rodada da Série B.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Com um jogador a menos Vasco é superado pelo Coritiba

Publicados

em


Com um a menos desde os 30 minutos do primeiro tempo, o Vasco foi superado pelo Coritiba, no sábado (16/01)  pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo permanece na 15ª posição, com 32 pontos. O próximo compromisso do Gigante da Colina, será diante do Bragantino na próxima quarta-feira (20), às 21h30, no Estádio Nabi Abi Chedid.

A partida começou bem equilibrada, com as duas equipes se estudando muito. A primeira boa chegada do Vasco veio aos 11 minutos, Léo Matos avançou pela direita, achou um belo cruzamento na entrada da pequena área, procurando Talles Magno. Antes do camisa 11 chegar a zaga adversária cortou e por pouco não sobrou para Germán Cano, que antes de chegar na bola a zaga adversária conseguiu afastar novamente. Aos 14, Yago Pikachu achou um belo lançamento para Germán Cano, que dominou invadiu a área e acabou sendo travado pela defesa adversária na hora do chute.

A partida ficou paralisada por três minutos, para uma análise no VAR. O árbitro da partida foi chamado para checar uma possível cotovelada do lateral vascaíno Henrique, no meia do Coritiba Sarrafiore. No final, o árbitro optou por expulsar o lateral. O Vasco voltou a incomodar a defesa adversária aos 35, Germán Cano recebeu pela direita, invadiu área e quase sem ângulo chutou sob a meta adversária. Aos 43, o Coritiba abriu o placar com um chute de longa distância de Hugo Moura: Coritiba 1 a 0. Aos 48 minutos, Léo Gil cobrou a falta na entrada da pequena área e achou Germán Cano livre, o argentino testou firme e acabou parando na boa defesa do goleiro Wilson.

  Léo Mattos, treina por conta e se apresenta ao Vasco nesta segunda

Leia Também:  Juventude vence o Cruzeiro e segue firme para voltar ao G4

O Vasco começou a segunda etapa, tentando incomodar a zaga adversária e com uma postura mais ofensiva. A primeira boa investida vascaína veio aos 21 minutos, Léo Matos recebeu pela direita, cortou para o meio e engatilhou um forte chute, que acabou parando na defesa do goleiro adversário. Aos 28, Léo Matos recebeu, levantou a cabeça e achou Martin Benítez na entrada da área, o camisa 10 chegou batendo de primeira e mandou para fora.

Tentando um último suspiro aos 50 minutos, Werley levantou para a área na direção de Leandro Castan, o zagueiro desviou para trás e achou Germán Cano livre, o argentino dominou, encheu o pé e parou na boa defesa do goleiro Wilson.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA