Política Nacional

Bolsonaro praticou rachadinha em gabinete quando era deputado, diz oposição

Publicados

em


source
bolsonaro
Reprodução/Instagram

Bolsonaro


Após reportagem do último domingo publicada no jornal Folha de S.Paulo, que apontou para movimentações atípicas, rotatividade salarial e trocas constantes de assessores no gabinete do então deputado federal (1991-2018) Jair Bolsonaro (sem partido), políticos da oposição afirmaram nas redes sociais que este processo configura o crime de ” rachadinha ” e devem entrar com ação na Justiça para pedir investigação.


Radolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição no senado, afirmou no Twitter que vai pedir investigação. “Estamos acionando o Ministério Público Federal para investigar esse ‘vaivém’ no gabinete de Bolsonaro: movimentações atípicas de servidores que indicam provável prática de RACHADINHA no gabinete do então deputado Jair Bolsonaro. Deve responder à justiça e ao país! “, escreveu.

Uma das possíveis práticas revelada por documentos obtido pelo reportagem aponta que o atual presidente teria exonerado funcionários e recontrado no mesmo dia com o intuito de repartir o dinheiro obtido na recisão dos contratos. A prática foi proibida pela Câmara dos Deputados por ser lesiva aos cofres públicos.

Leia Também:  Deputada defensora de ozônio contra Covid-19 testa positivo para a doença

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) também se posicionou nas redes e disse que as movimentações suspeitas “mostram que as rachadinhas não são um esquema de Flávio, mas da família. Nove assessores do 01 que estão sendo investigados eram lotados no gabinete de Jair na Câmara”.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

“Estou muito honrado”: Bolsonaro e Temer trocam elogios antes de viagem

Publicados

em


source
Jair Bolsonaro e Michel Temer
Reprodução/TV Brasil

Jair Bolsonaro e Michel Temer em evento antes do embarque ao Líbano

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) trocaram elogios com o ex-presidente  Michel Temer (MDB) nesta quarta-feira (12) em São Paulo, antes do embarque do emedebista ao  Líbano para participar de uma missão humanitária do governo.

“Estou muito honrado em ter aceitado o nosso convite para representar o nosso pais, o Brasil, nessa missão humanitária”, afirmou Bolsonaro sobre Temer. “Tinha certeza, pelo seu passado, que eu muito bem acompanhei como parlamentar, que ele aceitaria de pronto essa missão”.

Temer , que discursou antes de Bolsonaro, disse que “estava agradavelmente surpreendido, mas extremamente emocionado com o convite que desde logo naturalmente aceitei”.

“Vossa Excelência, com esse gesto, também dá um exemplo para o Brasil. Acho que é a primeira vez que isso acontece. Não só um exemplo para o Brasil, mas para todas as nações do mundo”, disse Temer em elogio a Bolsonaro.

Leia Também:  Do PSL para PP: Líder do governo na Câmara é substituído por nome do Centrão

“Tudo que afeta ao Líbano nos afeta como se fosse nosso próprio lar. Neste momento difícil, o Brasil não foge de sua responsabilidade”, afirmou Bolsonaro sobre a missão humanitária ao país que foi vítima de uma grande explosão na semana passada.

Confira a fala de Temer :


Veja o discurso de Bolsonaro :

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA