Estado

BOLETIM SALA DE SITUAÇÃO – 29/05/2020

Publicados

em


.

A Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública se reuniu, nessa sexta-feira (29), por meio de videoconferência, para apresentar o novo Mapa de Risco, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (1º) até o domingo (07). Agora são 12 municípios enquadrados no Risco Alto, 52 em Risco Moderado e 14 em Risco Baixo. A portaria com a nova classificação será publicada em edição extra do Diário Oficial do Estado.

O município de Piúma faz parte agora do grupo de Risco Alto e terá que adotar medidas mais restritivas à circulação de pessoas, assim como as cidades de Boa Esperança, Cariacica, Fundão, Marataízes, Marechal Floriano, Presidente Kennedy, Santa Teresa, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória.

A Matriz de Risco, que está em sua terceira fase, leva em consideração como critérios de classificação o Coeficiente de Incidência de casos confirmados nos municípios, a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), os índices de isolamento social e de letalidade da doença, além do percentual da população acima dos 60 anos – considerado como grupo de risco.

Leia Também:  Governo do Espírito Santo divulga 11º Mapa de Risco Covid-19

Suspensão de aulas e reabertura de shopping centers

Também foi decidida a prorrogação do prazo de suspensão das atividades presenciais em instituições públicas e privadas de ensino. A restrição segue até o fim do mês de junho. Os shoppings centers localizados em municípios classificados de Risco Alto poderão atender o público a partir de segunda-feira com a adoção de um protocolo rigoroso de higiene e distanciamento social. As regras serão publicada em decreto ainda neste fim de semana.

 

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Secretaria da Saúde apresenta resultados da quarta etapa do Inquérito Sorológico

Publicados

em

 

.

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, apresentou, neste sábado (27), os resultados estatísticos da quarta etapa do “Inquérito Sorológico”, realizada entre os dias 22 e 24 de junho em 27 municípios capixabas. Nesta etapa, foram realizadas 5.989 testagens entre a população sorteada, pessoas que têm contato com o sorteado positivo e de pesquisadores. O estudo aponta uma prevalência de 9,61% da população infectada, o que representa uma estimativa populacional de 386.193 pessoas no Espírito Santo que tiveram contato com o novo Coronavírus (Covid-19).

A estimativa populacional mais que triplicou comparada aos resultados da primeira etapa do Inquérito Sorológico, realizada entre os dias 13 e 15 de maio, que apontou a prevalência de 2,1% da população infectada – uma estimativa de 84.391 pessoas no Espírito Santo. Na terceira etapa a prevalência foi de foi de 7,36% da população infectada e uma estimativa de 295.773 pessoas.

O secretário da Saúde destacou sua preocupação com a velocidade de transmissão da Covid-19 e os riscos que ela impõe principalmente em pessoas que possuem algum tipo de comorbidade. “O que nos preocupa com a Covid-19 é a quantidade de pacientes que se infectam tão rapidamente com essa doença e o número de óbitos, principalmente para quem tem comorbidades e mais de 45 anos. O comportamento da Covid-19 surpreende e desfia os serviços de saúde, os projetos de políticas nacionais e sistemas econômicos, impondo esse conjunto de desafios, pois estamos conhecendo como essa doença se comporta nos diversos países e nas diversas regiões”, disse Nésio Fernandes.

Leia Também:  A campanha educativa ressalta a importância da empatia com a vida do próximo na hora da tomada de decisões nas vias

Também participou da entrevista coletiva o gerente de Vigilância em Saúde da Sesa, Orlei Amaral Cardoso, que coordena o Inquérito Sorológico.

Perfil da população testada positivamente

O estudo de prevalência desta quarta etapa aponta que do total dos testes com resultados positivos, 66,3% eram do sexo feminino e 33,7% masculino, e que a faixa etária com mais casos positivos foi a de 41 a 60 anos, com 35,1% dos casos.

Confira a apresentação da quarta etapa do Inquérito Sorológico: Download

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes
[email protected]

 

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA