Estado

Bandes amplia serviços on-line

Publicados

em


.

O Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), seguindo todas as recomendações de saúde devido a pandemia do novo coranavírus (COVID-19), restringe o atendimento presencial ao mesmo tempo em que intensifica o atendimento remoto por tempo indeterminado.

No intuito de orientar clientes, potenciais ou efetivos, há disponível no website da instituição os canais de atendimento. Basta acessar bandes.com.br e buscar o serviço ou informação desejada.

Abaixo, listamos um passo a passo dos principais serviços on-line para acesso ao crédito ou relativos aos contratos vigentes, sem precisar sair de casa:

Crédito Emergencial

O atendimento aos empresários interessados na Linha de Crédito Emergencial Bandes/Banestes será feito de forma conjunta por um comitê com analistas dos dois bancos públicos estaduais. A iniciativa faz parte das medidas adotadas pelo Governo do Espírito Santo como reação ao impacto do Covid-19 na economia.

O empresário terá à disposição atendimento remoto personalizado da equipe do banco, via site no link bandes.com.br/emergencial ou pelo e-mail [email protected]. Em caso de outros esclarecimentos, o interessado pode entrar em contato pelo 0800 do Bandes (0800 283 4202) ou do Banestes (0800 727 0474).

No site do Bandes, inclusive, é possível baixar o roteiro para preenchimento e envio de propostas que, após concluídas, podem ser enviadas para o e-mail: [email protected].

Reconstrução ES

O financiamento da linha “Bandes Reconstrução ES” é direcionado para empreendedores formais que comprovadamente tiveram prejuízos e danos materiais causados pelas fortes chuvas e cheias de janeiro, tendo perda de estoque, máquinas, equipamentos ou avarias nas estruturas físicas dos empreendimentos situados nos municípios em situação de calamidade ou de emergência decretada.

Leia Também:  Governador presta contas ao Comitê de Desenvolvimento do ES pela última vez

O crédito será solicitado via e-mail: [email protected] e será liberado de acordo com a capacidade de pagamento de cada empresário. O empreendimento deve estar localizado em área de município em situação de emergência ou calamidade pública. A condição de enquadramento do empreendimento deverá ser atestada por laudo do Corpo de Bombeiros ou da Defesa Civil ou órgão público do município. Mais informações no site: www.bandes.com.br/reconstrucaoes

Outras linhas de financiamento

As demais linhas de financiamento do Bandes continuam com atendimento personalizado com os gerentes de Negócios de acordo com o quadro abaixo:

Região Metropolitana

Setores: Confecção, Têxtil e Calçados; MPE; Infraestrutura e

Logística; Economia Criativa

Adriana Pessotti Rangel

 (27) 99833-3286

E-mail: [email protected]

Região Norte

Setores: BNB/FNE, Findes, Indústria 4.0, Produtividade, etc;

Madeira e Móveis

 

Fernanda Vargas Emetério

 (27) 99891-8523

E-mail: [email protected]

Região Sul

Setores: Fundepar Investimento Sul, Findes, Indústria 4.0,

Produtividade, etc; Rochas Ornamentais;

Fundesul Presidente Kennedy

 

Raisa Peres Coelho dos Santos Fiório

(27) 99891-3058

E-mail: [email protected]

 

Setores: Economia Digital; Inovação (FINEP e outras fontes);

Projetos MPE (Self Bank); Renova (Desenvolve Rio Doce,

Fundo Compete)

 

Arthur da Silva Souza

(27) 99884-6988

E-mail: [email protected]

 

Setores: Projetos Especiais; Grandes Contas; Atração de Empresas;

Petróleo e Gás; Celulose e Papel

 

Ezequiel Loureiro Nascimento

(27) 99884-3489

E-mail: [email protected]

 

Setores: Energia; Turismo e Lazer; Construção

 

Mario Augusto Dalmaestro Jantorno

(27) 99875-0679

E-mail: [email protected]

 

Setores: Biotecnologia; Nanotecnologia; Agroalimentar; Projetos

Especiais

 

Ricardo Teixeira Mendes

(27) 99888-9032

E-mail: [email protected]

 

Setores: Desenvolvimento Regional; Projetos Especiais; Grandes

Contas; Metalmecânico; Saúde

 

Everaldo Colodetti

(27) 99979-2530

E-mail: [email protected]

Leia Também:  Secretaria da Saúde divulga 6º boletim de Covid-19

 

Assuntos Financeiros

Para demandas de atendimento relacionadas ao setor financeiro do banco, utilize os canais de atendimento abaixo:

Prorrogação de vencimento de contrato ou proposta de contratos ajuizados: [email protected].

Contratos firmados para crédito urbano ou antecipação de pagamentos devem ser enviados para o endereço [email protected].

Contratos firmados para crédito urbano do segmento rural devem ser enviadas para [email protected].

Renegociação de contratos

Renegociar seu contrato é simples e fácil. Acesse www.bandes.com.br/renegocia e faça sua proposta no link “Faça sua proposta”. Se preferir, envie sua proposta para [email protected], ou entre em contato pelo telefone (27) 99932-6241.

Boletos

Os boletos das parcelas dos financiamentos junto ao Bandes são enviados por e-mail para o endereço informado em nosso cadastro, mas também pode ser gerados diretamente no site.

Outros canais de informações e atendimento:

www.instagram.com/bandes_es

www.facebook.com/bandesonline

www.bandes.com.br

Informações à imprensa:
Gerência de Comunicação Institucional do Bandes
Bárbara Deps Bonato / Wilson Igreja Campos
(27) 3331-4352/ (27) 99774-4428 / (27) 3331-4424
[email protected]
www.facebook.com/bandesonline

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

COVID-19: Consumo de Pescados na Semana Santa não representa risco à população

Publicados

em


.

A Semana Santa é tradicionalmente o principal período de consumo de pescados no Brasil. No Espírito Santo, que tem mais de 400 km de costa e grande diversidade de peixes e crustáceos, a iguaria mais tradicional nessa época do ano é a torta capixaba, feita a base de frutos do mar.

Entretanto, a atual pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) tem gerado muitas dúvidas e incertezas da sociedade sobre eventuais riscos de infecção pelo vírus a partir do consumo de pescados.

A Superintendência Federal do Ministério da Agricultura no Espírito Santo esclarece que não há evidências ou casos que relacionem a doença com o consumo de nenhum alimento, incluindo os pescados.

“Assim como os demais vírus, o novo Coronavírus não tem capacidade para se multiplicar em nenhum produto alimentício e é eliminado a altas temperaturas, como as que são usadas em peixes cozidos ou fritos”, explicou o superintendente do Ministério da Agricultura no Espírito Santo, Aureliano Nogueira da Costa.

A Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (SEAG)  acrescenta que a atividade pesqueira e a venda de pescados, assim como a de demais alimentos, não têm nenhuma restrição diferente.

Leia Também:  Mulheres são maioria em cargos de gestão e no quadro de servidores do IPAJM

“Nesse momento todos nós devemos adotar as medidas de prevenção conforme orientam os serviços de saúde. É importante evitar, durante a comercialização, aglomeração de pessoas nos estabelecimentos. Também se fazem necessárias medidas como a demarcação de distanciamento de pessoas nas filas de pagamento e a higienização das máquinas eletrônicas, bem como manter as práticas de limpeza das mãos com água, sabão e álcool 70%, tanto pelos comerciantes, quanto pelos consumidores antes do preparo e do consumo. Além de fazer o descarte das sacolas que forem utilizadas para transporte dos produtos”, ressaltou o secretário de Agricultura, Paulo Foletto.

Foletto ainda destacou a importância de apoiar o setor pesqueiro. “A pesca artesanal é importante para as famílias que vivem nas comunidades litorâneas, pois além de ser uma atividade que gera emprego, também proporciona alimentos ricos em proteína para a população”, disse.

Texto: Vanessa Capucho

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Seag
Vanessa Capucho / Carlos Pereira
(27) 3636-3700 / 3651
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA